PUBLICIDADE

segunda-feira, 29 de julho de 2013

Suplementação Vitamina C – Benefícios, Como tomar

Essenciais para o bom funcionamento do nosso organismo, as vitaminas podem ser naturalmente adquiridas através da alimentação. Entretanto, a maioria das pessoas mantém hábitos alimentares nada saudáveis, em que alimentos calóricos, rico em gorduras saturadas e açucares, são consumidos em detrimento a frutas e verduras. A deficiência ocorre em todos os tipos de vitaminas, principalmente daquelas que podem ser encontradas em abundância na natureza como a vitamina C, potente antioxidante.

Suas principais fontes naturais são frutas como: Kiwi, laranja, melão, grapefruit, morango, melancia, uva, framboesa, legumes e verduras como: pimentão verde, couve-flor, brócolis, couve de bruxelas, couve, batata, tomate, batata-doce e pimenta vermelha. Quando não ingerimos tais alimentos, a alternativa para fornecer ao organismo a vitamina C é a suplementação. Nutricionistas recomendam que o suplemento seja usado conforme orientação do fabricante, uma vez que as composições variam entre os mesmos. Em todo caso, vale ressaltar que a dose diária recomendada para a vitamina C é de 60 mg. Além disso, o suplemento deve sempre ser tomado com as refeições, nunca com o estômago vazio.

Suplementação vitamina C - Benefícios, melhor horário

Além de atuar com antioxidante, a vitamina hidrosssolúvel já foi correlacionada à redução do surgimento de doenças cardíacas e câncer. A vitamina C também possui diversas outras funções, como por exemplo, seu papel essencial na formação do colágeno, que por sua vez é indispensável para o crescimento e reparação de células formadoras de tecidos importantes do organismo, da gengiva, vasos sanguíneos, ossos e dentes.

Sua atuação na síntese de proteínas também merece destaque. Para quem possui deficiência em ferro, a vitamina contribui alterando a carga do nutriente para que ele possa ser absorvido melhor. Para quem pratica atividades físicas, ao promover uma maior união das células do tecido conjuntivo, através do colágeno, esportistas podem recorrer a suplementação de vitamina C para evitar contusões e a manter os ligamentos e tendões fortes e saudáveis. Em todo caso, é preciso tomar cuidado com os excessos, uma vez que em grandes quantidades, a vitamina pode contribuir para a formação de cálculos renais, bem como de distúrbios gastrintestinais.

Óxido Nítrico – O que é, Como age

Com ação direta sobre a dilatação dos vasos sanguíneos, transporte de oxigênio, equilíbrio da glicose, produção de energia e crescimento muscular, o óxido nítrico (NO2) tem sido bastante utilizado como suplemento entre praticantes de atividades físicas. O que acontece fisiologicamente não é uma substituição da molécula natural, mas sim uma maior estimulação para produção da mesma. Assim, a suplementação mantém os níveis do óxido nítrico no organismo de forma a prolongar os efeitos benéficos do mesmo. Estruturalmente, o NO2 é um gás que atua como um neurotransmissor para promover a vasodilatação e transmitindo nutrientes a todo o corpo.

Dessa forma, com os vasos sanguíneos mais dilatados, mais nutrientes irão circular e chegar a todas as partes do corpo. Durante os exercícios, há naturalmente um maior fluxo sanguíneo para os músculos que estão sendo trabalhados. Assim, quando associado à prática de atividades físicas localizadas, como a musculação, o uso do suplemento potencializa o ganho de massa muscular. Há evidências de que o óxido nítrico é capaz de aumentar o fluxo sanguíneo tanto durante os exercícios, quanto em repouso, atuando ainda na redução ou retardo do processo de atrofia muscular.

Óxido nítrico - O que é, como age

Entre outros benefícios proporcionados pelo óxido nítrico, podemos citar ainda, o aumento da circulação de nitrogênio e de oxigênio, o que auxilia na recuperação de células danificadas e no período de recuperação entre exercícios. Os suplementos de óxido nítrico naturais são feitos a base de substâncias como a Citrulina e a L-arginina, que são precursores da molécula gasosa. Fisiologicamente, o nosso organismo já utiliza tais substratos para produzir o NO2. Quanto à forma de consumo do suplemento, recomenda-se o uso conforme orientação do fabricante, que geralmente é de 3 a 9 gramas por dia, preferencialmente antes dos treinos.  Além disso, também recomenda-se o uso deste em conjunto com outros suplementos, como a creatina e proteínas isoladas.

Batata doce – Benefícios

Além de ser bastante saborosa, a batata doce é um alimento muito nutritivo. Rica em calorias, hidratos de carbono, vitaminas A, B1 e B5, e sais minerais como: cálcio, ferro, fósforo, sódio e potássio, a espécie traz uma série de benefícios à nossa saúde.

Para termos uma ideia de como o alimento age em prol do bom funcionamento do nosso organismo, basta lembrarmos que a vitamina A é importante para visão, a vitamina C é um poderoso antioxidante, auxilia no crescimento e ajuda a evitar infecções, as vitaminas B1 e B5 previnem o aparecimento de problemas de pele, além de ajudar na regularização do sistema nervoso e do sistema digestivo, os minerais contribuem para a formação dos ossos e dos dentes e as fibras agem no bom funcionamento do intestino. Pois é, a batata doce é rica em todos esses nutrientes e também é capaz de nos proporcionar esses benefícios.

Batata doce - Quantidade, benefícios

Existem basicamente quatro tipos de batata doce, que se diferenciam pela cor e pelo sabor. A intensidade da cor é determinada de acordo com a quantidade de beta-caroteno, substância utilizada pelo organismo para produzir a vitamina A. Assim, temos a batata branca, mais seca e menos adocicada; a batata amarela, que é mais doce que a branca; a roxa, consagrada como a mais agradável por ter um sabor mais doce e a avermelhada, menos comum.

Por ter um baixo índice glicêmico, o alimento garante que a energia consumida seja liberada aos poucos para o organismo, o que mantém o corpo bem disposto por mais tempo. Quanto ao consumo, recomenda-se que em dietas normais, o alimento esteja presente no cardápio três vezes por semana, para os praticantes de atividades físicas o consumo pode ser diário e preferencialmente antes dos treinos. De acordo com nutricionistas, para aqueles que buscam ganho de massa magra, o ideal é consumi-la nos dois lanches entre as refeições, junto com uma proteína animal como peixe ou frango.

Frutas para comer antes e depois do treino

Os alimentos ingeridos antes e depois dos treinos fazem bastante diferença na performance durante a prática das atividades, bem como nos resultados alcançados. Pois é, de acordo com nutricionistas é possível incrementar os treinos apenas com frutas que possuem as características essenciais para garantir um bom desempenho. A explicação para isso está no índice glicêmico dos alimentos consumidos.

Esse índice representa a qualidade e a quantidade de carboidrato que cada alimento possui. A saber, todo carboidrato que ingerimos, entra na corrente sanguínea com diferentes velocidades, assim a entrada da glicose na corrente sanguínea é proporcional ao índice glicêmico. Levando esses conceitos para o treino, concluímos que quando ingerimos uma fruta ou um alimento muito doce antes dos treinos, corremos grande risco de termos uma queda significativa no desempenho durante a atividade. Ao contrário dessa situação, quando consumimos a fruta ideal, há mais estímulo e uma melhor performance com a chegada de energia de forma mais ou menos ágil para os músculos.

Frutas para antes e depois do treino

A recomendação é que seja dada preferência às frutas que possuem um baixo índice glicêmico antes dos treinos. Pêra, laranja, damasco seco e maçã, são algumas delas. Evite as frutas muito doces, pois estas poderão provocar uma hipoglicemia, pois a concentração de açúcar no sangue sobe rapidamente, mas também cai com a mesma velocidade. Os principais sintomas são fadiga mental e física momentânea, que diminuem consideravelmente o rendimento.

Depois dos treinos o ideal é dar preferência às frutas de alto índice glicêmico, como banana, manga, mamão, uva, caqui ou abacaxi. Nesse momento os músculos precisam se recuperar e repor as reservas de glicogênio.  Da mesma forma, é importante consumir alimentos ricos em antioxidantes, que vão impedir a ação dos radicais livres que são formados durante o exercício. Por isso, inclua no seu cardápio pós-treino, alimentos com vitamina E, como: óleos, sementes, gérmen de trigo e ovos; vitamina C, como: acerola, goiaba, caju, brócolis, morango, kiwi, espinafre; com carotenoides, como: abóbora, cenoura, melancia, tomate, mamão; com Zinco, como: mariscos, carne vermelha e fígado; com selênio, como: castanha do pará, aves, carne vermelha, grãos de aveia e arroz integral; e com ômega-3, como: salmão, atum, óleo de linhaça.

Diuréticos naturais

Quem sofre com a retenção de líquidos pode encontrar nos alimentos diuréticos um excelente aliado para acabar com o inchaço e todos os desconfortos proporcionados por ele. Pois é, alguns alimentos possuem propriedades diuréticas, ou seja, estimulam a função renal, fazendo com que o corpo elimine mais água e impurezas com uma maior facilidade.

A retenção de líquido é um problema comum e sua causa está associada a fatores como: excesso de sal no preparo dos alimentos, consumo frequente de alimentos processados e com alto teor de sódio, doenças renais, hipertensão, entre outros. Além do inchaço, mais concentrado nas pernas e nos pés, são sintomas comuns o ganho de peso e cansaço.

Frutas, verduras, legumes e ervas já possuem naturalmente propriedades diuréticas, mas alguns se destacam entre eles. Em todo caso, nutricionistas recomendam que tais alimentos sejam consumidos crus, na forma de sucos ou chás, que permitem que todas as suas propriedades sejam aproveitadas.

Diuréticos naturais 

Entre os alimentos e bebidas indicados para aumentar a diurese estão: melão, melancia, maracujá, abacaxi, limão, morango, alface, agrião, aspargo, salsa, coentro, abóbora, beterraba, chuchu, tomate, rúcula, repolho, tomate, salsinha, alcachofra, broto de feijão, pepino, almeirão, aipo e berinjela. Além desses, algumas ervas como a alfafa, boldo, urtiga, cabelo de milho, chapéu de couro, erva doce, hibiscus, hortelã e salsaparrilha são potentes diuréticos naturais, especialmente quando preparados como chá. Os chás de cavalinha, de carqueja e de centelha asiática também entram nessa lista, o ideal é tomar duas xícaras por dia.

Alguns  de serem potentes diuréticos, esses alimentos são excelentes fontes de fibras e também ajudam no bom funcionamento do intestino, contribuindo ainda mais para a eliminação das toxinas do nosso organismo. Vale lembrar que o consumo dos alimentos diuréticos não vão substituir a ação dos medicamentos em uso, mas agir associados a estes para otimizar os resultados.

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Lista pronta chá de panela

Vai casar e ainda não montou a lista do seu chá de panela? Selecionamos uma lista pronta que traz alguns dos principais itens pedidos pelo casal. Mas, antes de distribuir a lista entre amigos e parentes, algumas dicas devem ser observadas. Inicialmente, é preciso saber que a lista do chá de panela não se confunde com a lista de presentes do casamento, pois é um evento geralmente organizado pelas madrinhas ou mesmo pela noiva,  em que todos os convidados se encontram e geralmente é servido um lanche ou refeição. No chá de panela, o casal é presenteado com itens simples de culinária, para o banheiro ou quarto. Confira a lista abaixo, adeque definindo quantidades e conforme as suas necessidades.

Lista pronta para chá de panela

Lista pronta chá de panela

Abridor de lata
Abridor de garrafa
Açucareiro
Avental
Bacias de tamanhos diferentes
Baldes de tamanho diferentes
Bandejas de tamanhos diferentes
Batedor de carne
Batedor de ovos
Bule de café
Cabides
Canecas ou conjunto de xícaras
Cestas para pães
Cestos de lixo
Cestos para roupa suja
Coadores e peneiras
Colheres de cozinha
Conchas
Concha para sorvete
Copo de medidas
Copos diversos
Cortadores de queijos e de pizza
Chaleira
Descansos de talheres panelas
Descaroçador de azeitonas
Desentupidor de pia
Escorredor de arroz
Escorredor de macarrão
Escorredor de louças
Escumadeira
Espátulas
Espremedor de alho
Espremedor de batata
Espremedor de frutas
Facas de cozinha
Formas e assadeiras
Frigideiras
Conjunto para sal, pimenta, vinagre e azeite
Garrafa para geladeira
Garrafa térmica
Jarras
Jogos americanos
Lava-copos
Pá de lixo
Paliteiro
Panelas de tamanhos diferentes
Panos de prato
Pegador de gelo
Petisqueira
Porta-copos
Porta-guardanapos
Porta-temperos
Porta-rolos de papel-toalha
Potes de plástico de tamanhos diferentes
Prendedores de embalagem
Ralador multi-uso
Rolo de abrir massas
Rodinho de pia
Rodo e vassouras
Saleiro
Saca rolhas
Tábuas de carne e de frios
Talheres
Timer
Toalhas de mesa

Receitas de microondas práticas e fáceis

Para você que não tem muito tempo para se dedicar a arte de cozinhar, o microondas é uma grande ajuda, facilitando o preparo de diversos alimentos e ideal para receitas rápidase fáceis. Confira abaixo, algumas receitas básicas do dia a dia, que podem ser feitas no microondas e que te ajudarão a manter uma boa alimentação, mesmo nos dias de correria.

Receitas de microondas

Receitas de microondas simples de fazer

- Almôndegas

Ingredientes: 1 1/2 xícara de chá de molho de tomate pronto; 2 colheres de sopa de farinha de trigo; 1 ovo; 1 colher de sopa de tempero da sua preferência; 1/2  kg de carne moída.
Em um recipiente misture a carne, o ovo, a farinha de trigo e o tempero até formar uma massa homogênea. Em seguida, utilize duas colheres de chá para moldar a massa de carne e fazer as almôndegas. Feito isso, leve-as ao microondas por seis minutos em um refratário, na potência alta. Acrescente o molho de tomate e leve novamente ao forno por mais um minuto com o refratário coberto.

- Fritada

Ingredientes: 1 colher de sopa de azeite de oliva; 1 batata média cozida e picada; 1 abobrinha cortada em rodelas finas; 1/2 pimentão verde, sem sementes e picado; 3 ovos levemente batidos; sal e pimenta.
Inicialmente, cozinhe por três minutos, a batata, o azeite, a abobrinha e o pimentão. As hortaliças devem estar firmes por fora e macias por dentro. Em seguida, tempere os ovos com sal e pimenta e despeje a mistura na travessa. Feito isso, leve ao forno por três ou quatro minutos em potência baixa, até cozinhar.

- Torta de Atum

Ingredientes: Para a massa – 1 xícara de leite; 1/2 xícara de óleo; 1 xícara de maisena; 3 ovos; 1 colher de chá de sal; 1 colher de sopa de fermento químico em pó e 2 xícaras de farinha de trigo. Para o recheio – 1 lata de atum amassado; 1/2 cebola ralada; 1/2 xícara de azeitonas verdes picadas; 3 colheres de sopa de salsa picada; 2 tomates grandes fatiados e 1/4 xícara de queijo parmesão ralado.
Bata todos os ingredientes da massa no liquidificador e coloque num pirex. Em seguida, cubra-a com os ingredientes do recheio pela ordem, se preferir, misture-os antes em outro recipiente. Leve ao microondas por 15 a 20 minutos, na potência máxima.

- Arroz branco

Ingredientes: 2 xícaras de chá de arroz lavado; 1 cebola pequena picada; 2 colheres de sopa de azeite de oliva; sal a gosto e 4 xícaras de chá de água.
Misture em um recipiente o arroz, a cebola, o azeite e o sal. Coloque a água por último e leve ao microondas por 20 minutos na potência média.

Bruxismo – Sintomas, tratamento

Caracterizado pelo ranger ou apertar dos dentes durante o sono, o bruxismo é uma desordem funcional que atinge homens e mulheres e pode ter como causa principal, fatores emocionais. De acordo com especialistas, esse distúrbio também pode se manifestar durante o dia, recebendo o nome de briquismo nesse caso. O diagnóstico precoce é difícil, uma vez que a pessoa manifesta os sintomas enquanto dorme, na maioria das vezes é alguém que a observa dormindo e nota o ranger dos dentes. Em avaliações realizadas por médicos ou dentistas, há suspeita quando os sintomas já estão instalados e em uma fase mais avançada. O diagnóstico é confirmado com a polissonografia, exame que identifica o grau do distúrbio e orienta o melhor tratamento.

A pressão que é exercida entre os dentes provoca o desgaste e o amolecimento dessas estruturas, que nos casos mais avançados podem evoluir para problemas ósseos, na gengiva e na articulação têmporo mandibular. Além disso, dor de cabeça também é um sintoma comum, gerado pela isquemia dos vasos que entram no ápice da raiz, decorrente da compressão exagerada dos dentes, que posteriormente também poderá levar à necrose dos vasos, dos nervos e da polpa dentária.

Bruxismo - Sintomas, tratamento

Com o tempo, os pacientes também começam a apresentar dor e zumbido no ouvido, dor no pescoço, na mandíbula e nos músculos da face, que ficam fadigados. As causas podem estar ligadas a fatores genéticos, situações de estresse, tensão e ansiedade. A causa primária também poderá ser proveniente de problemas físicos de oclusão ou fechamento inadequado da boca. Os tratamentos disponíveis incluem medicamentos ansiolíticos, quando o quadro tem origem em situações de estresse, ou o uso de placas interoclusais flexíveis de silicone ou as placas rígidas de acrílico, que são moldadas de acordo o formato da arcada dentária do paciente e diminuem o atrito que leva ao desgaste dos dentes.

Melhores corretivos maquiagem

Item indispensável em qualquer make, o corretivo, quando utilizado de forma correta elimina imperfeições da pele, sejam espinhas, vasinhos, manchas ou olheiras. Disponível no mercado de cosméticos em basicamente três versões, que variam entre as marcas: líquido, cremoso ou em pó. Em qualquer opção, o produto ameniza ou elimina apenas as pequenas manchas. Quanto a forma de aplicação, maquiadores profissionais explicam que a depender da versão, o produto pode ser aplicado com pincel, ponta dos dedos ou esponja.

Na hora de comprar o corretivo, a dica é escolher a tonalidade que mais se aproxima do seu tom de pele. Além disso, antes de levar para casa, teste o produto na zona C da face, testa, embaixo dos olhos e no queixo, até encontrar o tom ideal. É importante ainda escolher a versão de acordo com o seu tipo de pele, quem possui a pele seca deve optar pelos corretivos cremosos, já quem a tem mais oleosa, deve dar preferência aos corretivos em bastão, que são mais compactos.

Melhores corretivos maquiagem

Os corretivos coloridos devem ser utilizados com bastante cautela, as cores devem neutralizar com a cor da pele ou com a mistura dos produtos. A dica é usar o alaranjado para cobrir olheiras intensas como as arroxeadas e azuladas; o verde pode ser usado para disfarçar áreas com acne inflamada e manchas de sol; o vermelho é ideal para as manchas brancas que surgem com o envelhecimento ou melasmas claros;  já o amarelo disfarça bem olheiras arroxeadas e avermelhadas.

Quanto às melhores marcas disponíveis no mercado, usuárias e maquiadores mencionam os seguintes produtos e marcas: Pro Longwear, Select Moisturecover ou Studio Finish da MAC; Effacernes da Lancôme; Yellow da Mary Kay; Una da Natura; Tracta e Duda Molinos. Em todo caso, vale a pena aproveitar as dicas de escolha de textura para cada tipo de pele, independente de marca.

Tabela Molicar 2013

A Tabela Molicar, atualizada semanalmente, disponibiliza os valores comerciais de todos os veículos da frota circulante aqui no país, com base em pesquisas e em consultas a fontes confiáveis nos principais centros econômicos regionais. Pois é, a Molicar faz pesquisas de mercado, utilizando também os principais jornais, lojistas, concessionárias das marcas, feiras, bem como profissionais que trabalham no comércio de veículos.

Com um banco de dados confiável, a tabela Molicar possui uma variedade de clientes, desde lojistas e revendedoras, a bancos, seguradoras, financeiras, montadoras, advogados e profissionais do setor de automóveis, que confiam nos critérios de pesquisa e avaliação. As pesquisas são realizadas em doze regiões do país, portanto os valores informados também variam a depender do estado em que se encontre. Os preços de motocicletas, caminhões e ônibus são montados de uma forma diferenciada, uma vez que fatores como: estado de conservação, condições de uso e especificações técnicas, são considerados ainda mais importantes que o tempo de uso do veículo.
Tabela Molicar
Vale lembrar que a Molicar não é associada a nenhum segmento de compra, venda, seguro ou financiamento de veículos, o que poderia comprometer a fidelidade dos dados apresentados. Para ter acesso aos preços dos veículos apresentados na Tabela Molicar, o interessado deverá fazer um cadastro inicial, através do qual uma senha e um login pessoais serão gerados. Depois de confirmado o cadastro, o usuário será orientado a voltar a página da Molicar, informar o login e a senha nos campos e acessar a opção de planos de assinatura. Nesta seção, o mesmo poderá conhecer melhor todos os serviços, planos e valores ofertados.

Em resumo, são cinco opções de assinatura, cujos valores partem de R$ 110,00 por mês. Os planos limitam as consultas realizadas mensalmente em 250, 500, 1000, 2000 e Sem Limite. Acesse o site disponível a seguir, faça o seu cadastro e consulte a tabela Molicar.

Site Tabela Molicar 2013

http://www.molicar.com.br/default.aspx


Simular financiamento imobiliário e parcelas online

Financiar um imóvel é uma decisão que lhe trará repercussões econômicas por muitos anos, por isso é que é tão importante planejar bem as contas pessoais antes de assumir essa despesa. A melhor forma de fazer isso é utilizando os simuladores de financiamento imobiliário, em que o valor das parcelas é gerado com base em dados informados pelo usuário. A maioria dos bancos que oferece opções de financiamento também disponibiliza simuladores online, caso ainda não tenha uma instituição financeira em vista, fique atento as informações abaixo e saiba como simular a compra do seu imóvel.

Após a simulação o consumidor saberá o valor dos juros e o total previsto para o financiamento, podendo assim avaliar os custos benefícios da compra para o seu orçamento financeiro. Em todo caso, para fazer a simulação, o interessado precisará informar determinados valores, um deles é o total que deseja financiar. Geralmente, o total financiado é até 80% do imóvel, em grande parte das instituições financeiras, a não ser em casos de moradia de baixa renda, em que 100% do valor do imóvel poderá ser financiado. A taxa de juros anual também deverá ser informada. A taxa varia entre os bancos, levando em consideração ainda o percentual financiado e a faixa de renda. A taxa atual varia de 9% a 11% ao ano. No programa Minha Casa, Minha Vida, o percentual é bem menor, variando entre 6,5% a 8% ao ano, além do subsídio que é dado ao futuro proprietário do imóvel.

Simular financiamento imobiliário e parcelas online

O prazo de financiamento também influencia o valor da taxa, em geral os prazos variam entre 60 e 360 meses. O ideal é que o usuário faça um planejamento para um menor tempo possível, com base no valor que pode pagar mensalmente. Em alguns simuladores, o método de amortização também é questionado. No financiamento imobiliário são usados dois: o SAC, em que as prestações vão diminuindo com o tempo, sendo ideal para quem já prevê um aumento significativo nos gastos e assim poderão reduzir os gastos com parcelas decrescentes. Outra opção é a tabela Price, com parcelas fixas ou equivalentes a até 30% do salário, a desvantagem é que há correção monetária e o valor sobe gradativamente.

Simular financiamento imobiliário e valor das parcelas :

http://www8.caixa.gov.br/siopiinternet/simulacao
http://www.imoveissjc.com/simulador-financiamento-imobiliario.php

Livros que ensinam como investir

Investir bem vai além de aproveitar as oportunidades do mercado, é preciso entender como funcional o complexo mundo das aplicações financeiras. Para quem está começando a lidar com os mais diversos tipos de investimentos, mas não possui o entendimento indispensável para fugir dos prejuízos, vale a pena conferir a lista de livros indicadas por quem entende do assunto.

Em “A Cabeça do Investidor“, o leitor será convidado a entender e evitar vícios e bloqueios comuns entre investidores, alertando aos que estão começando agora como não ser atraído por falácias que normalmente aparecem no mercado financeiro. Quem busca por algo mais objetivo, indica-se uma espécie de dicionário de investimentos, o “500 perguntas (e respostas) básicas de finanças“. O livro é básico, mas ajudará bastante os iniciantes que não ainda não possuem conhecimento sobre os termos do mercado financeiro, bem como os seus principais indicadores.

Livros ensina como investir

A obra “Salve-se quem puder” é indicado para deseja conhecer mais sobre as grandes crises econômicas que afetaram o mercado financeiro internacional. Apesar de o conteúdo parecer exaustivo, o livro é divertido e traz detalhes importantes em uma narrativa agradável, mostrando aos investidores como todos podemos ser influenciados por bolhas e manipulados facilmente. Em “Manias, Pânico e Crashes”, o leitor também encontrará muito sobre as crises e bolhas financeiras. À medida em que avança na sua leitura, fica claro que a frequência e dimensão das crises econômicas aumentam na mesma proporção em que o sistema econômico baseado no capital vai se ampliando pelo mundo.

Já em “O Mercado das Crenças”, os leitores conhecerão os desafios das estimativas econômicas, bem como a repercussão que as mesmas têm sobre os investimentos. “Os Exuberantes Anos 90” volta a visão do leitor para a construção da crise atual, mostrando desde o seu início com a desregulamentação do mercado americano e como a bolha.

quarta-feira, 24 de julho de 2013

Programa vigilantes do peso – Participar, Dieta

O grupo Vigilantes do Peso oferece a proposta ideal para quem não consegue seguir uma dieta de forma satisfatória. O objetivo principal é fazer com que os participantes percam peso de forma gradativa e sustentável, estimulados com as trocas de experiências que ocorrem nas reuniões. Os associados ao grupo não possuem uma dieta restritiva ou pré-determinada, com alimentos definidos para cada uma das refeições, ao contrário, podem comer tudo, desde que sigam uma tabela de pontos, indicadas de acordo com as escolhas nutricionais e não ultrapassem o número de pontos.

Todos os alimentos consumidos recebem uma pontuação, baseada em uma fórmula patenteada pela instituição responsável pelo grupo. Essa pontuação leva em consideração a contagem de calorias, bem como o consumo de fibras e gorduras. Os participantes são orientados quanto à melhor distribuição dos pontos, devendo sempre diversificar a alimentação, uma vez que todos tendem a “gastar” mais pontos com os alimentos preferidos, mesmo que estes sejam os mais saudáveis.

Programa vigilantes do peso - Participar, dieta
Através desse controle de calorias, os associados escolhem o que querem comer, mas vão descontando os pontos em sua cota diária. Nas reuniões os participantes recebem um pequeno livro com as devidas orientações para cada semana. Em geral, eles precisam variar os cardápios e adotar quatro refeições diárias: café da manhã, almoço, jantar e um lanche, feitas nos momentos de maior necessidade, pela manhã, à tarde ou à noite. Apesar de poderem escolher o que quiserem, os participantes também são orientados a dar preferência a alimentos mais saudáveis como as carnes brancas e as vermelhas sem gordura, vegetais, fibras, cereais e frutas.

Para dinamizar a proposta, o participante terá além da cota diária de pontos, o mais 35 PontosFlex semanais, que podem ser usados do jeito que o associado quiser. Para participar, basta acessar o site indicado a seguir, não há nenhuma contraindicação, uma vez que a orientação principal é apenas alimentar-se de forma balanceada e saudável, sem priorizar ou deixar de consumir nenhum grupo alimentar.

Dieta do programa vigilantes do peso: www.vigilantesdopeso.com.br

Lista pronta para chá de bebê

O chá de bebê é um dos eventos tradicionais que antecedem a chegada de uma a criança na família, além de ser a melhor oportunidade para reunir parentes e amigos para coloborar com os futuros papai e mamãe a se equipar e melhor receber o bebê.  O ideal é realizar o chá durante o sétimo mês de gestação, quando a mulher já está mais preparada emocionalmente para ser mãe, mesmo que não seja o seu primeiro filho, e o enxoval já está quase pronto.

Lista pronta para chá de bebê

Na hora de preparar a lista, o casal deve lembrar que durante os primeiros meses de vida, a criança cresce muito rápido, portanto o ideal é incluir peças e fraldas de tamanhos variados. Além disso, vale indicar preferências de cores e modelos ou no caso das fraldas, marcas variadas, pois o bebê pode ter alergia o uso de uma determinada marca.

A lista do chá de bebê é bastante pessoal, selecionamos uma abaixo com os principais itens que devem constar na mesma, mas o casal deve acrescentar pode e deve acrescentar suas preferências.

Chá de Bebê – Lista pronta

Algodão de bolinhas
Babador
Bonézinho ou chapéuzinho de tecido
Calça enxuta
Calça com pé de malha
Calça sem pé de malha
Camisa pagão de malha
Chupeta ortodôntica
Chuquinha
Cobertor
Colcha de piquê
Cortador de unha
Cotonetes
Creme para prevenção de assaduras
Escova de cabelo para bebê
Fita crepe
Fraldas de pano
Fraldas descartáveis
Gorrinho de lã
Lençol de berço com fronha
Lençol avulso
Lenços umedecidos
Lixeirinha
Luvinha de malha
Macacão banho de sol, de malha
Macacão manga comprida
Macacão manga curta
Mamadeira para água
Mamadeira para suco
Mamadeira para leite
Manta de linha
Manta de lã
Meia
Mordedor de borracha
Óleo para bebês
Pente
Pratinho para frutinha
Sabonete neutro
Saboneteira
Sapatinho de linha
Sapatinho de lã
Tesourinha de unha
Termômetro para água
Termômetro comum
Toalha de banho com capuz
Toalha de fralda
Travesseiro

Como fazer geleia de frutas caseira – Receita

Ideais para os mais diversos momentos do dia, as geleias podem ser consumidas com torradas, doces, sorvetes e até combinadas com pratos salgados, como carnes, queijos e panquecas. Quando preparadas em casa podem ficar ainda mais saborosas que as industrializadas, basta estar atento a algumas dicas e armazená-la corretamente.

As geleias de frutas já possuem um conservante natural, o próprio açúcar presente nas frutas faz com que o preparo não estrague tão rápido. Além disso, pode-se aumentar o tempo de validade da geleia caseira guardando-as sempre tampadas, não utilizando talheres sujos para retirá-la do recipiente e evitando retirá-la da geladeira toda hora, pois a variação de temperatura prejudica os ingredientes.
A receita caseira selecionada e disponível a seguir, é simples e fácil de preparar, mas caso queira acrescentar outras frutas à receita, vale lembrar alguns detalhes. Frutas mais consistentes como maçã ou melão, devem ser cortadas em pedaços pequenos que facilitarão o cozimento. Outras como: morango, amora, pêra e laranja podem ser dissolvidas com mais facilidade.

Por fim, para saber se a sua geleia está no ponto, retire uma colher de sopa de geleia da panela e coloque sobre um prato limpo, em seguida, passe o dedo fazendo um risco ao meio e se a mistura depois de separada não voltar a se juntar, o doce está pronto.

Receita de Geleia de Frutas

Como fazer geleia de frutas caseira

Ingredientes: 500 g de maçãs em cubos, sem pele e sem caroço; 250 g de peras secas; 50 g de pêssegos secos; 360 ml de suco de maçã; ½ colher de chá de uma mistura de condimentos variados, como: cravo, canela, pimenta, noz-moscada, entre outros; 1½ colher de chá de suco de limão.

Leve ao fogo as maçãs, as peras, os pêssegos, o suco de maçã e os condimentos em uma panela com 120 ml de água. Leve ao fogo alto até começar a ferver. Em seguida, reduza o fogo e deixe cozinhar, com a panela destampada, até que a mistura adquira a consistência de uma polpa, sem líquido visível na superfície. Depois desse ponto, retire a panela do fogo e deixe a massa esfriar. Prove e caso esteja muito doce, adicione o suco de limão. Feito isso, bata a massa no liquidificador até formar um creme grosso. Deixe esfriar e conserve sempre coberta na geladeira.

Como fazer pasta de amendoim caseira – Receita

Além de ser ideal para acompanhar lanches, café da manhã, sobremesas, entre outras ocasiões, a pasta de amendoim é simples e fácil de preparar. Confira a receita abaixo e em apenas alguns minutos, você poderá ter em casa uma deliciosa pasta caseira para servir nas mais diversas situações.

Antes de aprender a preparar a pasta de amendoim, vale a pena se informar sobre os princípios benefícios proporcionados pelo amendoim à nossa saúde. A saber, apesar de ser conhecido como um alimento bastante calórico, o amendoim é um aliado da boa forma e por ter uma grande concentração de fibras também promove uma maior sensação de saciedade, uma vez que essas demoram mais para serem digeridas.

Estudos mostram que o amendoim também é um protetor do coração, pois possui nutrientes fundamentais capazes de diminuir o LDL, mais conhecido como “colesterol ruim”. O amendoim também fornece arginina para o organismo, aminoácido que se transforma em óxido nítrico e relaxa as artérias, aumentando o fluxo sanguíneo e diminuindo a pressão arterial. Assim como as demais oleaginosas, o amendoim também é fonte de ácidos graxos monoinsaturados, quem inclui o ômega-3, e nos fornece boas quantidades de potássio, magnésio e vitamina E.

Como fazer pasta de amendoim caseira

Receita de pasta de amendoim caseira

Ingredientes: ½ kg de amendoim sem casca e sem pele torrado; 1 ½ xícaras de chá de açúcar; Óleo de amendoim ou vegetal e 1 colher de chá rasa de sal.
Triture o amendoim em um processador de alimentos ou no liquidificador até que adquira a consistência de farelo bem homogêneo. Adicione o sal, metade da quantidade indicada de açúcar e 3 colheres de sopa de óleo. Misture bem e bata no liquidificador novamente. Adicione o restante do açúcar e misture com a colher, observando a consistência, acrescente óleo caso seja necessário. Prove a mistura e se estiver ao seu gosto, coloque em um vidro ou pote com tampa e deixe descansar na geladeira por 24 horas para apurar o sabor.

Evitar e tratar gripe de cão

Assim como nos seres humanos, a gripe também pode atingir os cães e nos casos mais graves levar ao desenvolvimento de uma pneumonia. Durante o inverno a gripe canina, comumente causada pelo agente infeccioso Bordetella bronchiseptica, pode se proliferar com facilidade, principalmente em locais em que há um número maior de cães. Os principais sintomas são tosse, coriza e febre.

De acordo com médicos veterinários, a gripe canina pode agravar com a uma série de fatores associados, como o estado nutricional do animal, portanto, a melhor alternativa é sempre a prevenção. Para evitar a doença, o ideal é estar atento a cuidados básicos com o cão, que incluem: dar banho nos horários mais quentes do dia e com água morna se possível, enxaguá-lo com bastante água corrente e remover todo o sabão, secá-lo bem com uma toalha e usar um jato morno ou frio de secador e manter o animal agasalhado nos dias frios, principalmente os que possuem um pelo curto.

Evitar e tratar gripe de cão

Estar com a vacinação em dia é primordial. Fique atento aos períodos em que o seu cachorro deve ser vacinado, ainda filhote, a partir da oitava semana de vida, a primeira dose deve ser aplicada e de duas a quatro semanas depois, a segunda. A proteção deve ser reforçada todos os anos, mas em dose única. Lembrando que nos locais em que há muitos cães o risco de transmissão da gripe é bem maior e por isso os cuidados devem ser redobrados, principalmente em cidades de clima frio e seco.

Se o animal já estiver gripado e começar a apresentar sintomas indicadores de agravo da doença como: tosse seca constante, coriza, febre e secreção nos olhos, além de mudanças comportamentais comoredução do apetite e apatia, os donos devem levá-lo a um veterinário. Em geral, para os casos de gripe e pneumonia, o tratamento é feito com o uso de antibióticos.

Pulgas em cachorros – Tratamento, Como evitar

Para você que já não sabe mais o que fazer para acabar com as pulgas do seu animal de estimação, confira as orientações dadas a seguir e aprenda a eliminar de uma vez por todos esses parasitas. Antes de saber como eliminá-las, vale informar que o ciclo de vida das pulgas vai variar conforme o ambiente e as condições climáticas em que as mesmas se reproduzem, assim determinado tratamento pode não ser tão eficaz na região em que você vive.

Em todo caso, o ideal é prevenir o aparecimento das pulgas e para isso o cachorro deve sempre estar em ambientes arejados, totalmente limpos e livres da umidade excessiva, que facilita a proliferação.  Por esse motivo, ao mesmo tempo em que é realizado um tratamento no animal, os espaços onde o mesmo transita também devem ser lavado com produtos especiais e pulverizadores.

Pulgas em cachorros - Tratamento, como evitar

Um dos tratamentos mais simples e fáceis de ser utilizado é o xampu antipulgas. Bem semelhantes aos xampus comuns, os antipulgas são aplicados da mesma forma, mas com o devido cuidado, uma vez que o produto não pode entrar em contato com os olhos do animal. Caso isso aconteça, lave-os abundantemente com água e se o mesmo apresentar algum tipo de reação alérgica leve-o a um veterinário. Os talcos antipulgas podem ser utilizados após o uso do xampu, seus efeitos duram de dois a três dias e não podem ser aplicados diretamente sobre a pele do cachorro. O produto também deve ser usado no ambiente em que o animal vive, incluindo cobertas, almofadas e tapetes.

As coleiras antipulgas também dão um bom resultado, pois vão liberando continuamente o princípio ativo antiparasitário até a data de validade expressa na embalagem, que geralmente é de trinta dias. Vale ressaltar que a coleira é ideal para os animais que ainda possuem poucas pulgas, no caso de infestação outros tratamentos serão mais eficazes. As pipetas e bisnagas disponíveis no mercado são alguns métodos mais eficazes e também de simples utilização. O produto deve ser aplicado na nuca do animal, diretamente sobre a pele, sendo necessário afastar bem os pelos para isso.

segunda-feira, 22 de julho de 2013

Usar tintura ou tonalizante

Tonalizante ou tintura? Conheça agora as principais diferenças entre esses produtos e quais são as indicações de cada um deles. O primeiro passo é entender como funciona cada uma dessas colorações, fique atenta as informações abaixo.

Livre de amônia e com baixa concentração de água oxigenada, os tonalizantes são colorações semipermanentes que deposita pigmentos de cor na cutícula do fio. Como as cutículas ficam pouco abertas, a coloração não penetre, mas apenas se mantém superficialmente e sai durante as lavagens. De acordo com cabeleireiros, os tonalizantes são vantojosos por possuírem fórmulas mais suaves, que não agridem e nem ressecam muito os fios, mas mesmo assim não dispensa o uso de hidratações regulares após o uso.

Os tonalizantes são indicados para quem quer apenas uma mudança temporária na cor dos cabelos ou quer tingir os poucos cabelos brancos que começaram a nascer. Indica-se o uso de tonalizante ao invés da tinta, nos casos em que o cabelo foi tratado com uma escova progressiva ou definitiva, uma vez que o produto compromete a selagem dos fios.

Usar tintura ou tonalizante

Por outro lado, as tinturas agem por toda a estrutura do cabelo e modificam a tonalidade de maneira permanente, devendo ser retocada periodicamente, a medida que a raiz vai crescendo. O produto é capaz de abrir bem as cutículas dos fios para que a coloração penetre bem no fio. Além disso, por possuir uma elevada concentração de água oxigenada em sua composição, os fios são descoloridos, o que já representa uma desvantagem em relação aos tonalizantes, pois os fios ficam ressecados.

Indica-se o uso da tinta para quem deseja cobrir totalmente os fios brancos, que já estão em grande quantidade, ou para quem quer fazer uma mudança radical e deseja uma coloração permanente. Com a tintura, os cuidados pós-coloração devem ser mais intensos, exigindo o uso de uma boa hidratação semanalmente.

Misturar cores na decoração da casa

Usar as cores para renovar e dar mais vida a um ambiente pode ser uma das alternativas mais econômicas para quem deseja decorar sem investir muito nos detalhes. Pois é, modificar a cor de uma parede ou das cortinas pode fazer uma grande diferença, principalmente nos lugares em que as cores neutras, como branco, bege, salmão, cinza e outras, são predominantes.

Para os decoradores, o medo de errar é o principal fator limitante na hora de optar por cores mais vivas para decorar um ambiente. Mas, é possível começar aos poucos para evitar que a surpresa seja total. A dica é iniciar por objetos de enfeite como as almofadas. Para estas, existem várias combinações possíveis, começando pela mistura de estampas diferentes: xadrez, folhagem, bolinhas ou listras, desde que tenham uma cor em comum. Misturar tecido liso com estampas em tonalidades semelhantes também é válido e bastante utilizado para deixar os ambientes mais coloridos, porém sem exageros.

Misturar cores na decoração da casa

Algumas combinações de cores são recomendadas: Marrom, verde em tom pastel e azul em tom pastel; Vermelho-tomate e azul claro; Laranja com azul turquesa e Pink com vermelho e roxo.  Além das cores, os decoradores indicam algumas misturas de estampas que dão muito certo, as mais usadas são: estampas florais; listras com xadrez; estampas de bichos com folhagens tropicais; xadrez ou listras com tecidos lisos ou flores com listras ou com xadrez.

Outra dica para quem não quer começar com uma mudança radical é reservar o colorido para o revestimento de uma poltrona, pufe ou sofá, que irá contrastar com as cores neutras do ambiente. Quem optar por tonalizar uma parede, a dica é optar por cores mais vivas, uma das que vem sendo mais utilizadas é o laranja-escuro, que quase alcança a cor de abóbora, capaz de reavivar o ambiente, dispensando até o uso de muitos enfeites.

Como ensinar cão a fazer xixi e cocô no lugar certo

A melhor hora de começar a ensinar o seu cachorro onde é o local certo de fazer cocô e xixi é quando o mesmo ainda for filhote, pois uma rotina poderá começar a ser criada e facilitar o aprendizado do seu animal de estimação. De acordo com especialistas, o processo de aprendizagem dos cães, assim como muito animais, é baseado nas associações com erros e acertos. Isto quer dizer que, se toda vez que o animal fizer as necessidades fisiológicas no local indicado pelo dono receber uma recompensa, como um petisco, ficará mais prazeroso para ele fazer deste ato um hábito.

Para quem não possui espaço em casa para reservar para o animal, o ideal é estabelecer uma rotina de passeios, no mínimo três vezes por dia, sempre nos horários que o dono observar que o cão faz cocô e xixi. Já para quem possui espaço em casa para isso, a recomendação é que este lugar seja reservado exclusivamente para isso, para ter a certeza de que estará sempre disponível para quando o cão precisar. Além disso, esse espaço deverá estar o mais longe possível de onde o cão dorme, brinca, come, ou bebe água.

Como ensinar cão a fazer xixi e cocô no lugar certo

Outra dica importante é nunca prender o animal no local reservado até que o mesmo faça cocô ou xixi, isso só irá deixá-lo com medo de voltar ali para não correr o risco de ficar preso por horas. No início será difícil e todas as vezes que o cão fizer as necessidades no local errado, o dono deverá limpar bem para retirar o cheiro do lugar, pois o animal marca o lugar com o odor da urina ou das fezes. Por outro lado, o dono poderá tirar vantagem dessa característica, utilizando determinados produtos à base de amônia que imitam o odor da urina dos cães no espaço reservado.

Alta da taxa Selic e maior rendimento da poupança

Quem possui dinheiro guardado na poupança será beneficiado com a elevação da taxa Selic para 8% ao ano. Pois é, desde o ano passado a remuneração da caderneta de poupança está atrelada aos juros básicos da economia e agora subirá de 5,25% para 5,6% ao ano. De acordo com a análise feita por institutos de investimentos, o aumento da taxa Selic fez com que a poupança se tornasse mais rentável que a maioria dos fundos de investimento. Mas, a caderneta ainda pode render menos que os fundos quando a taxa de administração destes corresponderem a 0,5% ao ano e se o dinheiro permanecer na aplicação por pelo menos dois anos.

Alta da taxa Selic e maior rendimento da poupança

Assim, somente nos casos em que os fundos cobram taxas de administração baixas e o dinheiro fica aplicado por um maior período de tempo, a poupança assume a posição menos vantajosa. Vale lembrar que toda essa vantagem da poupança atrelada a taxa Selic só é válida para todo o capital depositado na poupança a partir do dia 4 de Maio de 2012. Por outro lado, tudo o que estiver depositado na poupança antes dessa data, a regra antiga é a que vale. Nesses casos, a poupança renderá 5% ao mês mais a taxa referencial. Em todo caso, são válidos os direitos comuns de quem aplica na caderneta, como isenção de taxas administrativas e impostos.

A regra atual é clara, quando a taxa Selic está maior que 8,5% ao ano, a poupança rende 0,5% ao mês (6,17% ao ano) mais a taxa referencial, que é um tipo de taxa variável. Dessa forma, se os juros básicos da economia, Selic, estiverem iguais ou menores que 8,5% ao ano, a caderneta rende 70% da taxa Selic mais a taxa referida anteriormente. Entretanto, se essa taxa referencial for igual a zero quando a Selic atinge a porcentagem mencionada, o rendimento será totalmente associado aos juros básicos.

Diferenças entre MDF e MDP

Para você que sempre fica em dúvida na hora de optar pelo MDF ou pelo MDP, saiba agora quais são as principais diferenças entre esses tipos de materiais, bem como as indicações de uso. Para começar a ter uma ideia, você deve saber que as siglas MDF e MDP vêm do inglês: Medium Density Fiberboard e Medium Density Particleboard, respectivamente.

A primeira significa placa de fibra de média densidade e é feita basicamente de madeira reconstituída, produzida por meio da aglutinação de fibras de madeira, em placas sobrepostas, com resinas sintéticas e outros aditivos, fixados por pressão. A qualidade das chapas de MDF varia de acordo com o uso, possuem boa estabilidade, grande capacidade de absorção de tintas e uma excelente resistência. Por possibilitar um maior uso da criatividade na criação das peças, o MDF é a madeira mais utilizada na parte aparente dos móveis, onde serão feitos os acabamentos, partes arredondadas e contornos.

Diferenças entre MDF e MDP

Já o MDP é um aglomerado formado por partículas de madeira aglutinadas com resinas ureicas e outros compostos, através de temperatura e alta pressão. Também possui uma boa estabilidade e grande capacidade de absorção de tinta, o que garante que os acabamentos feitos com pinturas e revestimentos fiquem ótimos. Além disso, outra vantagem do MDP é que por ter excelentes características mecânicas, conferem maior resistência no arrancamento de parafusos, reduzindo assim os empenamentos.

Assim, podemos dizer que uma das principais diferenças entre os materiais é a maleabilidade, uma vez que enquanto o MDF permite a formação de curvas, o MDP oferece limitações e por isso são mais usados em peças de linha reta, como portas, prateleiras, gavetas, entre outras. Além dessa, a capacidade de absorção de tinta nos acabamentos também é diferenciada, sendo maior no MDP. Quanto ao custo benefício, é indiscutível que o MDP oferecerá mais vantagens se usada nas partes internas.

Diferença TVs LED, LCD, Plasma, SmartTV e 3D

Diante de tantos modelos de TV’s lançados no mercado, os consumidores ficam em dúvida sobre a qual levar pra casa pois não sabem quais são as principais diferenças entre elas. Se você é um desses consumidores, que pensa em adquirir uma TV de Plasma, LED, LCD, 3D ou uma SmartTV, fique atento as informações que vamos dar agora e fique por dentro dos detalhes que não são mostrados nos comerciais.
As TV’s de Plasma possuem a primeira tecnologia lançada com o advento dos modelos de alta resolução. Esses aparelhos produzem as imagens através do plasma, quarto estado da matéria, uma espécie de gás em que os elétrons são dissociados dos núcleos atômicos. São as mais baratas, possuem uma elevada taxa de renovação da imagem da tela, possibilitando que os movimentos sejam visualizados de uma forma mais natural. No entanto, são telas mais sensíveis e que consomem mais energia que todas as demais.

Diferença TVs LED, LCD, Plasma, SmartTV e 3D

As TV’s LCD utilizam a tecnologia de cristal líquido, a mesma dos monitores de computador, porém com aperfeiçoamentos que conferem maior contraste, brilho e taxa de atualização de imagem.  Mesmo assim, ainda não são capazes de oferecer brilho e contraste semelhante às lançadas mais recentemente. Já as de LED, possuem diodos de emissão de luz e são as mais finas do mercado, há modelos de cerca de 3 cm. O brilho e toda a qualidade da imagem são superiores as LCD.

Os aparelhos com a tecnologia 3D, que possibilita a viasualização de imagens em três dimensões, estão entre as mais avançadas do mercado. Já existem modelos que dispensam o uso dos óculos, apenas exige que o usuário não se mova diante da tela. Por fim, as SmartTV’s, que representam o futuro dos televisores nos próximos anos, possuem um sistema operacional embutido que permite o uso de diversos aplicativos, acesso a internet e muito mais.

segunda-feira, 8 de julho de 2013

Panelas inox, metal, cerâmica e antiaderente – Vantagens e desvantagens

Quem cozinha, sabe que ter uma boa panela para preparar os alimentos faz toda a diferença. Mas, além de tê-las em casa, o ideal é saber quando e com quais alimentos usá-la, uma vez que a depender do objetivo do cozinheiro a panela feita de um determinado material pode trazer resultados diferentes. Para quem não sabe as qualidades dos tipos de panelas mais vendidas no mercado, aí vão algumas dicas.
Menores e mais práticas em relação ao manuseio, as panelas de metal são as que promovem o cozimento dos alimentos em menor tempo, mesmo em temperaturas mais baixas, o que já representa uma vantagem: economia do gás. Além disso, as de metal costumam ter uma excelente durabilidade, sendo indicadas para quem cozinha bastante. O mesmo acontece com as panelas de ferro, que se conservam por muito tempo e são indicadas para assados, ensopados e cozidos, podendo ser usadas no fogo ou no forno.

Vantagens e desvantagens das panelas inox, metal, cerâmica e antiaderente

As mais vendidas no mercado são as panelas de inox, além de serem resistentes e fáceis de limpar, de acordo com a opinião de muitos cozinheiros, são as mais bonitas. Apesar de demorarem mais para esquentar, as panelas de inox possuem um fundo triplo, com camadas de cobre e alumínio, que ajudam a conservar a temperatura por um período de tempo maior, já ajudando na economia do gás. Vale lembrar ainda que as panelas de inox possuem a vantagem de não enferrujar, tampouco passar cheiro ou gosto diferentes para os alimentos.

As antiaderentes são indicadas para quem se preocupa muito com a limpeza, são as mais fáceis de limpar entre todas as disponíveis no mercado. Por não suportarem bem altas temperaturas, as panelas antiaderentes são indicadas para o uso doméstico. Quem prefere cozer sem óleo e quer preparar alimentos mais lights, as panelas antiaderentes são as mais recomendadas. As panelas de cerâmica ainda são bastante encontradas, mais em setores de artesanato e indicadas para cozidos, ensopados e sopas.

Suplementação de colágeno para mulheres – Como tomar

O colágeno, proteína produzida naturalmente pelo organismo desde o nascimento, é responsável, entre outras funções, por dar firmeza à pele e a manter as estruturas formadas por tecido conjuntivo. No entanto, a partir dos trinta anos o nível de colágeno vai diminuindo gradualmente e como conseqüência disso, a pele pode ficar mais flácida em algumas regiões do corpo, bem como ocorrer um maior desgaste das cartilagens e articulações.

Pois é, por isso que ao alcançar uma determinada idade, fica muito mais difícil reverter a flacidez, mesmo com atividades de musculações e tratamentos mais específicos. A recomendação é que, principalmente as mulheres que se preocupam mais com o problema, comecem a investir em uma alimentação rica em substratos que estimulem a produção do colágeno e em suplementos, se for o caso.

Suplementação de colágeno para mulheres - Como tomar

Quanto à alimentação natural, sabe-se que as proteínas animais, presentes na carne vermelha, no frango, peixe e ovos, são as principais fontes de colágeno. Além desses, alimentos que são fontes de vitamina C, como: acerola, caju, limão, abacaxi, kiwi, morango e pêssego, folhas verdes escuras e fontes de vitamina E, selênio e zinco, contribuem significativamente para o aumento da produção de colágeno.
Quanto à suplementação, o colágeno está disponível no mercado em cápsulas, em pó, em barras de cereais, shakes e outros. Médicos, nutricionistas e dermatologistas recomendam a suplementação a partir dos trinta anos, sendo essencial depois dos cinqüenta. A composição varia de acordo com a forma. Em pó, uma das mais utilizadas, o colágeno é extraído do osso e da cartilagem do boi, depois é submetido a um processo de hidrólise para ser absorvido facilmente pelo organismo. Em todo caso, o ideal é procurar orientação com um nutricionista para que o mesmo avalie a sua alimentação e defina a quantidade de colágeno que o seu corpo necessitará, conforme os seus objetivos.

Alopecia – Sintomas, Causas, Tratamento

Clinicamente caracterizada por perda de cabelo ou de pelos em áreas delimitadas e geralmente arredondadas ou ovais do couro cabeludo ou de outras partes do corpo, a alopecia atinge homens e mulheres e pode surgir em qualquer idade. Não há uma causa bem definida na literatura científica, mas em grande parte dos casos, o fator hereditário é predominante e pode ser potencializado por fatores ambientais, como o estresse ou a presença de microorganismos que lesam a estrutura capilar.

Entre outras causas, a alopecia também pode estar associada a disfunções com base imunológica como lúpus, vitiligo, além de outras como tireoidites, diabetes e condições alérgicas como as rinites. Apesar de ser assintomática e muitas vezes imperceptível nos estágios iniciais, a queda de cabelo pode vir acompanhada de prurido ou queimação que antecedem o aparecimento de placas bem delimitadas. A condição apresenta variações sendo chamada de alopecia areata quando a queda dos fios capilares acontece de forma bem delimitada e esparsa pelo couro cabeludo. Ao assumir áreas confluentes e atingir totalmente a região capilar, é chamada de alopecia totalis.

Alopecia - Sintomas, causas, tratamento

Em alguns casos a queda capilar é irreversível, em outros o cabelo volta a crescer, mas inicialmente é branco e fino, adquirindo depois a cor e a consistência normal. De acordo com especialistas no assunto, em até um ano o cabelo pode atingir um crescimento parcial ou completo, com ou sem tratamento. Vale lembrar que, independente do tipo de tratamento que seja realizado, o mesmo não é capaz de prevenir novas recidivas.

A saber, os tratamentos utilizados incluem injeções locais de derivados da cortisona, aplicação tópica de cremes que possuem corticosteróides em sua composição, além de soluções e cremes a base de Minoxidil, capaz de estimular a síntese de DNA diretamente no folículo piloso, e Antralina, que possui propriedades antiproliferativas, e também podem tem apresentado bons resultados.

Mastectomia – O que é, quando é necessário

A mastectomia, cirurgia de retirada das mamas, ganhou bastante enfoque nas últimas semanas, pois começou a ser analisada como uma técnica preventiva, mesmo que ainda não seja bem vista neste sentido por muitos profissionais médicos. O que acontece é que, clinicamente esse procedimento cirúrgico era indicado na forma preventiva apenas para mulheres já tiveram um câncer em uma das mamas e para reduzir os riscos de reincidência, faz a cirurgia na outra. Para mulheres que ainda não desenvolveram a doença, mas apresentam um elevado risco de apresentá-la ao longo da vida, essa é uma alternativa que ainda gera polêmica, uma vez que não há 100% de chances de estar livre do aparecimento do câncer.

Aqui no Brasil, pouco se pode fazer, com o objetivo único de prevenção, para quem não possui condições de encarar um tratamento particular. O Sistema Único de Saúde – SUS não cobre nem o exame de seqüenciamento genético, necessário para detectar alterações em genes como o BRCA1 e BRCA2, que mostram o elevado risco de desenvolvimento do câncer. Em hospitais e clínicas particulares, o exame pode chegar a custar R$ 7 mil.

Mastectomia - O que é, quando é necessário

É importante destacar que apenas 10% dos cânceres de mama são de origem hereditária, os demais são decorrentes de múltiplos fatores que surgem ao longo da vida. Tem maior chance de desenvolver a doença como “herança” da família, aqueles que já possuem um histórico familiar significativo com múltiplos cânceres desenvolvidos por parentes próximos. Mas, é preciso fazer o exame citado anteriormente para identificar ou não a mutação genética.

As técnicas de mastectomia variam entre o procedimento simples, em que preserva-se o tecido muscular e os linfonodos axilares, até a mastectomia radical, cirurgia que não vem sendo muito utilizada, apenas nos casos em que o câncer já comprometeu toda a mama e parte do tecido muscular subjacente. Após a cirurgia, as mulheres podem ser submetidas a reconstrução mamária com próteses de silicone.