PUBLICIDADE

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Flacidez – Como tratar

A flacidez, uma das grandes inimigas da beleza feminina, faz parte do processo natural de envelhecimento da pele, decorrente do desgaste das estruturas de colágeno e elastina. De acordo com especialistas a partir dos dezenove anos o corpo começa a envelhecer, mas é por volta dos 30 anos que os primeiros sinais dessa perda de elasticidade começam a aparecer, principalmente nas coxas e no bumbum.
Além dos fatores naturais, outros também colaboram para o aumento da flacidez, entre eles estão: maus hábitos alimentares, sedentarismo, estresse, poucas horas de sono, consumo de álcool e fumo. Nutricionistas explicam que tudo isso gera um desgaste maior do organismo, dificultando a reposição do colágeno na pele.
Pois é, mas ao contrário do que muitas pessoas pensam, para manter a saúde e a elasticidade da pele, não é preciso seguir uma dieta restritiva, pois o que dá “firmeza” e confere a elasticidade que a pele precisa combatendo a flacidez, são os nutrientes presentes em uma alimentação equilibrada e variada. Nutrientes como zinco, ômega-3 e vitaminas A, C, E e do complexo B, encontradas em frutas, verduras, leguminosas e também nos cereais integrais, além de aves e peixes, são essenciais. Além de manter a saúde, ajudam na manutenção da pele.

Flacidez - como tratar

Já para quem pratica atividades físicas, o ideal é montar um cardápio rico em proteínas, com alimentos como  leite, queijo, ovos, carnes magras e soja, entre outros, que devem ser consumidos após o exercício, pois auxiliam na recuperação muscular e garantem a construção adequada dos tecidos.
Por outro lado, devem ser evitados os refrigerantes, alimentos embutidos, como salame, mortadela, salsicha, além daqueles excessivamente doces ou gordurosos, especialmente os que possuem gordura saturada, inimigos número um da tonicidade da pele. Também deve-se considerar que não basta uma alimentação balanceada, para tratar a flacidez também é preciso abandonar o sedentarismo e investir pesado na malhação, ajudando assim a tonificar e delinear o corpo.

Hormônio do crescimento – Indicação

O GH, hormônio do crescimento, vem sendo alvo de inúmeras pesquisas principalmente as que relacionam a sua indicação a crianças que possuem altura inferior a média para a sua idade. O hormônio é produzido naturalmente por nosso organismo, mas também pode ser sintetizado em laboratório e prescrito por especialistas para aumentar a estatura das crianças.
Entretanto é preciso ter bastante cautela quanto a indicação deste hormônio, uma vez que especialistas nesse tipo de tratamento afirmam que nem todas as crianças podem ser submetidas à terapia com o GH. O uso o hormônio do crescimento não pode ser feito para atender questões estéticas, mas sim para casos específicos indicados por pediatras e endocrinologistas em conjunto.

Hormônio do crescimento - Indicação

Médicos explicam que o tratamento com o hormônio do crescimento só e feito quando constatado que o próprio organismo da criança não fabrica a quantidade suficiente dessa substância, o que leva a crescimento menor do que o esperado. Isso pode ocorrer por uma série de fatores, incluindo: falha na glândula hipófise, responsável pela produção do GH, decorrentes de tumores cerebrais, tratamentos com radioterapia e cirurgias cerebrais; problemas no hipotálamo, região do cérebro que regula a secreção do hormônio pela hipófise; e por causas desconhecidas.
Quanto mais cedo for diagnosticado o déficit no crescimento melhores serão os resultados apresentados pela terapia com o GH. O tratamento pode ser iniciado a partir dos dois anos de idade, mas ainda é indicado enquanto a cartilagem de crescimento estiver aberta, o que geralmente ocorre até os 14 anos para as meninas e os 15 anos e meio para os meninos.
O ideal é que os pais levem os seus filhos ao pediatra rotineiramente para que o mesmo avalie se a criança está se desenvolvendo normalmente e caso seja identificada alguma diferença, outros exames e análises são realizados para saber se o tratamento com o GH é realmente necessário.

Gravidez depois dos trinta – Riscos

O período ideal para a mulher engravidar é entre os 20 e 30 anos, mas de acordo com  ginecologistas a partir dos 35 anos os óvulos já estão em um processo avançado de envelhecimento, e as mulheres que desejam engravidar devem fazer um acompanhamento ainda mais rigoroso. O que acontece na maioria das vezes é que quando o casal não consegue  ter filhos de imediato, devido a correria do dia a dia, acaba deixando esses planos de lado e quando decidem procurar um médico, a mulher já passa dos 34.
Os médicos mandam um alerta para as mulheres que têm uma vida sexual ativa sem uso de preservativos e não conseguem engravidar no prazo de um ano, é preciso procurar um médico, pois quanto mais o tempo passa, mais difícil é a fertilização. Isso ocorre porque os óvulos, assim como uma célula como outra qualquer, vai envelhecendo e perdendo sua funcionalidade. Com isso, a dificuldade de engravidar aumenta e há maior incidência de patologias associadas à gravidez, como hipertensão e diabetes. Outros fatores que atrapalham bastante a implantação do embrião é a miomatose uterina e a endometriose, também comuns a partir dessa idade.

Gravidez depois dos trinta - riscos

Além disso, há um índice maior de prematuridade e aborto espontâneo em gestantes acima dos 35 anos, assim como uma restrição do crescimento do feto, por isso há uma maior incidência de doenças genéticas como a Síndrome de Down, a partir dessa fase.
Por outro lado, o que acontece na sociedade atual é que a mulher tem muito mais suporte para ter uma gravidez a partir dos 35 anos, quando atinge a maturidade financeira, pessoal e profissional. Mas, ao considerar esta opção, engravidar entre 35 e 40 anos, a mulher deve ter em mente que uma série de cuidados extra são necessários, começar o pré-natal cerca de seis meses antes de engravidar, fazer exames e tomar ácido fólico, são alguns deles.



Profissões em alta 2012

Para você que vai fazer vestibular esse ano ou está em dúvida sobre a área em que irá se especializar, e quer ficar por dentro do que o mercado reserva de bom para as profissões em alta, fique atento as informações que vamos dar agora. O ano de 2012 promete ser bastante decidisivo para algumas carreiras, sendo necessário bastante cautela, principalmente para quem pretende se espacializar em uma determinada área. De acordo com as perspectivas que vem sendo estudadas desde 2011, esse ano um dos setores com maior demanda será o financeiro, que reúne funções que podem gerar receita adicional.
Entre os cargos mais buscados nessa área estão o de gerente tributário, gerente contábil e business controller com suporte financeiro às áreas de negócio. A maior procura por esses profissionais se deve a capacidade que os mesmos possuem para fazer uma boa análise fiscal. Outro mercado que também deve crescer é o de tecnologia, sendo os cargos de arquiteto de tecnologia, gestor de serviços, programadores de J2ME – plataforma Java para dispositivos móveis, e gerente de Desenvolvimento de Sistemas, os mais buscados pelas empresas.

Profissões em alta 2012

Os engenheiros dos mercados de energias renováveis e meio ambiente também colherão bons frutos do mercado neste e nos próximos anos, o foco em sustentabilidade e o ritmo acelerado do pré-sal serão os destaques.
O setor do agronegócio também deverá continuar em alta, seguindo as perspectivas atuais o profissional especializado nessa área poderá aproveitar o crescimento de diversos setores incluindo a indústria de máquinas agrícolas, fertilizantes e rações, bem como desenvolvimento de incrementos para as próprias plantações.  Confira na lista abaixo todas as profissões que estarão em alta neste ano e saiba em que área investir.

Profissões 2012

Engenheiro de grandes obras de infraestrutura
Engenheiro mecânico ou do mercado de óleo e gás
Engenheiro de meio ambiente ou de mercado de energias renováveis
Gerente de auditoria ou compliance
Gerente de Recursos Humanos ou Business Partner (RH)
Gerente tributário/contábil/financeiro ou Business Controller
Gerente de marketing digital ou gerente de comunicação com ênfase em plataformas digitais
Gerente/coordenador/técnico de crédito ou de riscos
Gerente comercial de alta renda em bancos, luxo ou bens de consumo
Engenheiro mecânico ou do mercado de óleo e gás
Gerente de Desenvolvimento de Sistemas
Arquiteto de Tecnologia
Programadores de J2ME
Gerenciador de operações em e-commerce
Coordenador ou gerente de marketing

quinta-feira, 17 de maio de 2012

Esfoliação caseira – Como fazer a receita


Além de renovar as células da pele, prevenir o aparecimento de pelos encravados, cravos e espinhas, a esfoliação ajuda a manter a beleza e o brilho natural da derme. O método também pode ser realizado em casa, com receitas simples e fáceis de preparar, fique atento as dicas que vamos dar agora e saiba como fazer uma boa esfoliação caseira.
Independente do tipo de esfoliante que for usar, faça uma limpeza na pele do rosto ou do corpo com um sabonete neutro ou uma espuma de limpeza, adequados para o seu tipo de pele: seca, oleosa ou mista. Depois, seque bem a pele com uma toalha para que a mesma receba bem melhor o esfoliante.
Entre os esfoliantes caseiros, as receitas com açúcar são as mais populares, pois além de ser de fácil preparo e de baixo custo, dão excelentes resultados. A receita básica é preparada misturando-se 5 colheres de sopa de açúcar em 5 colheres de sopa de óleo de amêndoas. Misture bem e aplique sobre a pele com a ponta dos dedos, cuidadosamente, fazendo movimentos circulares. Repita a aplicação de duas a três vezes por semana, no rosto ou sobre todo o corpo.

Esfoliação caseira - Como fazer

Para quem a pele mais sensível e deseja inicialmente limpá-la e nutri-lo, os esfoliantes de aveia são os mais indicados. Prepare a receita misturando duas colheres de sopa de aveia em flocos com duas colheres de mel, passe em todo o rosto e faça movimentos circulares. Em seguida, retire com água e sinta de imediato os primeiros resultados.
Outros esfoliantes que também dão bons efeitos são o de fubá e o de abacaxi. O primeiro é reparado com a mistura de fubá com o mel, até ficar consistente e homogêneo. Feito isso, aplique sobre a pele, massageando com movimentos circulares e deixe agir por 5 minutos. Em seguida, lave o rosto com leite. Para o esfoliante de abacaxi, bata no liquidificador, a casca da fruta com água. Aplique essa mistura homogênea no rosto, pescoço e colo com movimentos circulares leves para não machucar a pele, e depois de 2 ou 3 minutos, enxágüe com bastante água.



Como ondular o cabelo


Cabelos ondulados é a nova tendência atual, mas se você não sabe o que fazer para ter e manter cachos bem definidos, bonitos e saudáveis, fique atenta as informações que vamos dar agora. O cuidado é diferente para quem possui cabelos lisos ou para quem já tem os fios ondulados, mas em todo caso, é preciso hidratar bem as madeixas para garantir que a maciez e o brilho permaneçam nos cachos.
Pois é, quem possui os fios lisos vai precisar de uma dose extra de dedicação para deixá-los ondulados. O baby liss pode ser um excelente aliado, juntamente com os bobes que podem ser usados durante as horas que você fica em casa. Uma dica para seguir a tendência atual é criar um estilo despojado e usar penteados desalinhados. Para isso, depois de caprichar no baby liss, não deixe o cabelo totalmente arrumado para não perder a intenção original do penteado. Outro truque que otimiza ainda mais o resultado é  optar por cortes repicados, principalmente aqueles que começam abaixo do queixo, deixando para trás os cortes retos que não dão movimento aos fios.

Como ondular o cabelo

Outra maneira de ganhar cachos é usando géis e mousses hidratantes que ajudam a fixar penteados, mas cuidado, dê preferência aos produtos que possuem hidratantes em sua fórmula. Depois de lavar os cabelos, aplique o gel ou o mousse com os fios ainda úmidos, com uma toalha amasse os cabelos do sentido das pontas até a raiz. Em seguida, use apenas o difusor do secador de cabelo em velocidade baixa para finalizar o visual. Outra técnica bastante utilizada é enrolar só as pontas com baby-liss ou bobes largos, e depois usar um fixador e deixar secar durante a noite.
Para quem já possui os fios ondulados, a dica é evitar usar pentes e escovas, usando apenas os dedos para desembaraçar os fios. Para finaliizar, use produtos fixadores ou finalizadores para ajudar a manter os fios eletrizados em ordem.

Como preparar marmita saudável – Alimentos, Cardápio


Levar marmita para o trabalho ou para a faculdade  é uma prática cada vez mais comum, mas é preciso tomar cuidado deixar a sua refeição o mais saudável possível, associando saúde e praticidade. Confira as dicas dadas por nutricionistas e saiba como deixar a sua marmita mais completa e rica em vitaminas e todos os nutrientes essenciais.
A salada deve ser um item indispensável da sua marmita, além de contribuírem para o bom funcionamento do intestino, ajudar na digestão e na absorção do colesterol e da glicose, as verduras são ricas em fibras e vitaminas essenciais para a nossa saúde. Para não correr o risco de as verduras e folhas murcharem, coloque-as em outro recipiente ou use marmitas com divisórias, pois a separação dos alimentos melhora inclusive a conservação. Outra dica é só deixar para temperar na hora da refeição, leve os temperos em sachês individuais ou em pequenos potes.
Tente completar a sua marmita com pelo menos uma porção de cada grupo alimentar. Além das vitaminas e nutrientes essenciais presentes nas verduras, é de fundamental importância que a sua refeição contenha carboidratos e proteínas.  Nutricionistas explicam que a versão frita de qualquer alimento acaba é sempre a opção mais calórica e menos saudável de um alimento, uma vez que qualquer processo de fritura faz com que o óleo seja incorporado ao alimento, o que implica em um grande aumento calórico. Por isso, dê preferência aos alimentos cozidos ou grelhados.

Como preparar marmita saudável

Para quem quer perder peso, a marmita pode ser uma cilada, pois o recipiente comporta mais alimento que um prato comum.  A dica é colocar quatro colheres de sopa de arroz, uma concha de feijão, uma de legumes e um grelhado pequeno, ou ainda, se preferir colocar tudo em um prato antes e só depois passar para a marmita.
A bebida que acompanha a marmita também é parte importante da refeição, pois de nada adianta investir em um prato saudável e beber refrigerante. O ideal é preparar em casa um bom suco, evitando sempre as frutas que amargam mesmo quando são conservadas na geladeira, como melancia, abacaxi e limão.


Como remover vírus do MSN


O Messenger é o programa de bate papo mais utilizado em todo o mundo, devido a sua grande popularidade o aplicativo é alvo freqüente de novos vírus e outras ameaças virtuais. O grande problema é que os vírus de MSN não são tão fáceis de ser identificados, poucos programas anti-vírus são capazes de removê-los do computador.
Pois é, quem é que nunca recebeu links para acessar um site legal ou visualizar fotos que tirou com a galera, enviados por um dos seus contatos do MSN. Esses links são, em sua maioria, vírus que apenas ao serem clicados, já se instalam no seu computador e são reenviados para toda a sua lista de contatos, que receberá o tal link com o vírus. Selecionamos alguns aplicativos que removem os vírus de MSN, confira as indicações e aprenda a elminar de uma vez esse tipo de ameaça do seu computador.

Como remover vírus do Messenger

O MSNFix é um dos programas que detectam e removem vírus de MSN. O aplicativo é em francês, para usá-lo basta baixar e descompactar o arquivo zipado, em seguida, execute o arquivo MSNFix.bat e escolha a opção R para iniciar a pesquisa.  O MSNCleaner também executa a mesma função, o programa é da empresa InfoSpyware para detecção e eliminação de todos tipos de malwares que infectam o MSN Messenger e Windows Live Messenger. Não é necessário instalação, está disponível em diversos idiomas e é totalmente gratuito.
O Clean Virus MSN é um dos aplicativos mais utilizados, capaz de remover até 3900 variantes de vírus que atacam o MSN.  Depois de instalar o programa no seu computador, abra-o e clique em “Scan” para que o programa possa verificar os vírus que estão no mensageiro. Acessando “List of virus variants detected”, o programa listará quais são os vírus que, geralmente, são encontrados no MSN. Caso o programa detecte algum vírus, ele exibirá uma lista de resultados com o nome do arquivo e seu tipo na área “Infected files found”. Neste caso, clique no botão “Clear”.

Parto natural – Tire suas dúvidas


O parto normal ou natural é a forma mais saudável de trazer ao mundo uma criança. As vantagens são inúmeras, tanto para a mãe quanto para o bebê, e a dor que antes era o que impedia a maioria das futuras mamães a optar pelo parto natural, hoje já pode ser aliviada com a anestesia. Os obstetras explicam que  a anestesia não faz com que as contrações cessem, por isso, a paciente continua a fazer a força necessária e indispensável para o nascimento do bebê.
Quando chega a hora do bebê nascer , hormônios como a ocitocina e o cortisol são liberados pela mãe, com o objetivo de melhorar a maturidade fetal e pulmonar da criança, além de facilitar a saída do bebê. Em alguns casos é necessário fazer um pequeno corte, chamado episiotomia, realizado períneo entre o ânus e a vagina. Esse procedimento é feito em mulheres que possuem um canal de parto muito restrito, ou ainda naquelas que estão na sua primeira gestação.  A recuperação é simples, os pontos são feitos com fios absorvíveis, a cicatrização se completa em uma semana e a mulher não precisará ir até o médico para retirar os pontos.

Parto natural - Dúvidas

Ao contrário do que muitas mulheres pensam, a vagina voltará sim a sua forma norma, pois possui a elasticidade necessária para isso. Além disso, outra vantagem é que com o parto normal, no mesmo dia a mulher já pode andar, já com a cesariana, será preciso esperar de uma semana a dez dias para se recuperar.
Para o bebê, os benefícios vão desde a sua saída pelo canal do parto, quando a compressão que é feita no seu corpo, auxilia a eliminação do líquido pulmonar, facilitando assim o amadurecimento pulmonar e o sistema respiratório do bebê e evitando inúmeras doenças. Quando há possibilidade de haver desvatangens para o bebê, como nos casos em que há sofrimento fetal agudo, ou seja, desaceleração dos batimentos cardíacos, o médico mudará os planos e a mulher será submetida a uma cesariana.

Poupança ou Tesouro Direto – Qual a melhor forma de aplicação?


Escolher entre títulos diretos e poupança é uma das maiores dúvidas entre os investidores que desejam fazer com que os seus investimentos rendam mais que o esperado. Pois é, depois que as novas regras começaram a valer, as aplicações no Tesouro  começam a ser revistas e a depender do contexto, podem não ser mais a melhor opção.
De acordo com economistas, o mercado brasileiro dispõe hoje de duas opções de investimentos em renda fixa pós-fixadas seguras, conservadoras e comparáveis à poupança quando o assunto é liquidez, são elas: as Letras Financeiras do Tesouro e os Certificados de Depósitos Bancários, CDBs, de grandes bancos. A poupança é a forma de investimento mais utilizada entre os brasileiros, tanto pela facilidade de acesso e de acompanhamento por parte dos investidores, como pelo valor mínimo necessário para manter uma caderneta de poupança nos bancos nacionais.

Poupança ou Tesouro Direto  - Qual o melhor

Mas, em relação à rentabilidade, a poupança é um bom investimento a curto prazo. Assim, caso você venda um bem hoje com o intuito de  usar o dinheiro para comprar outro bem daqui a seis meses, a poupança é a melhor opção para aplicar esse dinheiro.
Os títulos diretos tabém podem substitutuir a poupança, o grau de segurança e conservadorismo é bem semelhante e o investidor pode vender o título antes do término do prazo sem nenhum impacto na rentabilidade. Por outro lado, a liquidez não é diária, mas também é alta, todas as quartas-feira, o Tesouro faz leilão de títulos, e o investidor que estiver precisando do dinheiro pode vender seus papéis. Ao compararmos o acesso por parte dos investidores, os títulos são mais complexos, uma vez que é necessário escolher inicialmente em qual título investir, pois são mais de vinte opções de papéis, com diferentes formas de remuneração, estruturas de pagamento de juros e prazos de vencimento. Procure o gerente do seu banco e busque mais informações a respeito das formas de investimentos atuais, taxas e melhor rentabilidade de cada uma delas.


Cursos gratuitos em universidades


Várias universidades de diversos países já colocaram a disposição de estudantes de  todas as partes do mundo uma enorme variedade de cursos online.  A nova geração de cursos online ganhou um incremento especial de tecnologia e vem atraindo a atenção de milhares de pessoas que querem ter acesso ao conhecimento oferecido pelas melhores universidades do mundo. Os alunos podem assistir a vídeos produzidos por especialistas, contando com uma interface intuitiva, que melhora a interatividade, fornece um feedback imediato e interação entre os alunos.
As universidades de Stanford, Princeton, University of Pennsylvania e University of Michigan oferecem esse tipo de curso através da empresa Coursera, que oferece aulas gratuitas ministradas por professores voluntários. Assim como as disciplinas da faculdade, nestes os alunos também terão que assistir as aulas, no caso vídeo aulas, participar de exercícios práticos e fazer avaliações que quantificam o seu desempenho, podendo inclusive reprovar na matéria. No momento, há cerca de 40 disciplinas nas áreas de Biologia e Medicina, Matemática, Economia, Sociedade e Informação, Humanidades e Ciências da Computação. Em geral, a duração do curso é de 4 a 12 semanas.

Cursos gratuitos em universidades

O Udacity, criado por um professor Stanford oferece seis cursos na área de tecnologia, todos gratuitos. A FGV Online, da Fundação Getúlio Vargas, oferece módulos de cinco a até 30 horas nas áreas de Finanças Pessoais, Sustentabilidade, Empreendedorismo e Direito.  O site VEduca disponibiliza mais de 4.700 vídeos das melhores universidades dos Estados Unidos com legendas em português e totalmente gratuitos.
Nesta última semana, a Universidade Harvard e o MIT – Massachusetts Institute of Technology, ambos nos Estados Unidos, anunciaram essa semana a criação de uma plataforma online de educação que também oferecerá cursos gratuitos para estudantes de todo o mundo. Após concluir o curso, que será chamado de EdX, o estudante poderá pagar uma taxa, e receber um certificado. A previsão de início dos cursos é para o segundo semestre desse ano.  Acesse os sites abaixo e confira alguns dos melhores cursos online disponíveis na internet.

Sites de Cursos gratuitos em universidades


www.coursera.org/
www.udacity.com/
www5.fgv.br/fgvonline/CursosGratuitos.aspx
www.veduca.com.br/

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Frutas menos calóricas


As frutas vem estar presente na nossa alimentação diária, pois além de fornecer as vitaminas e nutrientes que são essenciais para a nossa saúde, são capazes de aumentar a saciedade e fornecendo uma quantidade mínima de calorias. Entre outros benefícios, as frutas promovem ainda um bom funcionamento intestinal, por possuir alto teor de água em sua composição, ajuda a repor líquidos que são perdidos durante o dia, e são fonte de minerais que desempenham funções essenciais em nosso organismo, contribuindo para  deixar a pele, o cabelo e até as unhas mais bonitas.
Na lista estão algumas das frutas com menor teor calórico e que podem ser consumidas diariamente sem restrições.  De acordo com nutricionistas, o ideal é intercalar o consumo das frutas em sua forma natural, com sucos e até mesmo sobremesas lights preparadas com as mesmas. Vale apostar em polpas congeladas, especialmentes aquelas que conservam as propriedades naturais das frutas, basta ficar atento as especificações expressas na embalagem do produto. Confira a lista, que traz as frutas as porções diárias indicadas e as respectivas quantidades de calorias, e mude a partir de hoje o seu cardápio.

Frutas com menos calorias

Frutas menos calóricas


Fruta: Framboesa  Porção: Dez unidades – Calorias: 22 kcal
Fruta: Pitanga – Porção: Dez unidades – Calorias: 26 kcal
Fruta: Jabuticaba – Porção: Dez unidades – Calorias: 30 kcal
Fruta: Morango – Porção: Cinco unidades – Calorias: 24 kcal
Fruta: Jaca – Porção: Três bagos – Calorias: 25 kcal
Fruta: Nêspera – Porção: Uma unidade – Calorias:13,2 kcal
Fruta: Umbu – Porção: Uma unidade – Calorias: 13,3 Kcal
Fruta: Ameixa – Porção: Uma unidade – Calorias: 19,2 kcal
Fruta: Melão –  Porção: Uma fatia – Calorias: 25,2 kcal
Fruta: Cajú –  Porção: Uma unidade – Calorias: 27,1 kcal
Fruta: Pêssego – Porção: Uma unidade – Calorias: 28,8 kcal
Fruta: Nectarina – Porção: Uma unidade – Calorias: 30 kcal
Fruta: Carambola – Porção: Uma unidade – Calorias: 33 kcal
Fruta: Figo – Porção: Uma unidade – Calorias: 37,9 kcal
Fruta: Abacaxi – Porção: Uma fatia – Calorias: 43,5 kcal
Fruta: Maracujá – Porção: Uma unidade – Calorias: 45 kcal
Fruta: Melancia – Porção: Uma fatia – Calorias: 48 kcal


Vacinação contra a gripe 2012

A campanha de vacinação contra a gripe, que também oferece imunização contra a influenza A (H1N1), conhecida popularmente como gripe suína. A campanha segue até o dia 25, a meta do governo é imunizar 24,1 milhões de pessoas, entre idosos com mais de 60 anos, crianças de 6 meses a menores de 2 anos, grávidas em qualquer período da gestação, indígenas e profissionais de saúde. No ano passado 84% do público-alvo definido recebeu a vacina, sendo registrada uma redução de 64% nas mortes provocados pelo vírus Influenza H1N1.
O vírus da gripe A é contraído apenas por via aérea, e os sintomas são bem parecidos com o da gripe comum, porém, mais agudos. O contágio acontece de pessoa para pessoa, principalmente através de tosse ou espirro e de contato com secreções respiratórias de infectados, especialmente em locais fechados. Apesar de haver variações, o quadro clínico é típico e geralmente o paciente infectado apresenta febre repentina acima de 38 graus, tosse, dor de cabeça, nos músculos e articulações e problemas respiratórios, de três a sete dias após o contato com o vírus.

Vacinação contra a gripe

Apesar de a Organização Mundial de Saúde ter anunciado uma pandemia do vírus em questão, as autoridades afirmam que a nova gripe tem baixa letalidade e, assim como a variação comum, as mortes são geralmente associadas a outras doenças ou à fragilidades da pessoa infectada. A gripe suína, nome pelo qual ficou popularmente conhecida, representa o rearranjo de quatro cêpas: duas suínas, uma aviária e uma humana e foi detectada inicialmente no México, espalhando-se em poucos dias para os Estados Unidos, Canadá, Espanha, Inglaterra e vários outros países, incluindo o Brasil. O tratamento prescritos aos pacientes é com o medicamento antiviral Tamiflu, que contém oseltamivir, substância já usada contra a gripe aviária. O medicamento já é oferecido pela rede pública, mas o seu uso é limitado a um protocolo definido.

Novas regras da poupança – O que Muda

As novas regras da poupança, que estabelecem uma remuneração dependente do valor da Selic, já estão sendo colocadas  em prática em todos os bancos, para os novos depósitos em poupança. Os depósitos feitos a partir do dia 4 de Maio já seguem as novas disposições, assim, o banco adotará duas formas de remuneração para a sua poupança: quando a Selic estiver acima de 8,5% ao ano, permanece a remuneração antiga, de 6% ao ano mais taxa referencial (TR). Por outro lado, sempre que a Selic estiver igual ou abaixo de 8,5%, a remuneração passa a ser de 70% da Selic, mais a taxa referencial.
É importante frisar que essas novas regras só serão aplicadas aos depósitos realizados a partir da data mencionada, para o o dinheiro que já estava lá depositado, a remuneração permanece pela regra antiga enquanto permanecer na poupança. Em outras palavras, isso quer dizer que mesmo se a Selic chegar a 3% ao ano, quem ainda tiver “dinheiro antigo” depositado vai ter essa quantia remunerada a 6% ao ano mais TR. Terá todo o dinheiro enquadrado na nova regra quem abrir uma nova conta poupança.

Novas regras da poupança - Mudanças

Esse ano a Selic ainda está em 9% ao ano, portanto,  nada muda, a poupança permanece com a mesma remuneração de 6% ao ano mais TR para os depósitos novos, assim como para o dinheiro antigo. Quando essa taxa chegar a 8,5% ao ano ou menos que isso, os depósitos estarão sujeitos à nova remuneração. Não haverá distinção, todos os valores serão depositados na mesma conta poupança, os extratos virão com o saldo total, o valor da poupança antiga, chamada Poupança Fácil, e o valor de acordo com as novas regras.
Com essas mudanças, a poupança fica mais vantajosa para investimentos a curto prazo, de até um ano, quando comparada a outras aplicações de renda fixa ligadas ao CDI – CDBs, Letras Financeiras do Tesouro (LFTs) e fundos DI . Caso a taxa de juros atinja níveis mais baixos, em torno de 5% ao ano ou menos, a poupança passa a figurar como um bom investimento tanto no curto quanto no longo prazo.

Acabar com pêlos encravados

Pelos encravados é um dos grandes inimigos de um pele bonita, saudável e depilada. Infelizmente é comum e está associado a todos as formas de depilação, que obstruem o canal por onde o pelo passa. De acordo com dermatologistas, as células mortas cobrem a saída e criam uma resistência à força dos folículos pilosos, os fios mais grossos, como os da virilha, podem voltar a nascer encurvados e penetrar de novo na pele.
Além disso, devido ao espessamento da pele, que acontece devido ao excesso de formação da sua proteína básica, a queratina, associado ao uso constante de roupas apertadas, a obesidade e outros fatores, contribui para agravar o problema e obstruir ainda mais a saída do pelo. A situação fica ainda pior, quando não uma higienização constante da área em que os pelos costumam encravar e isso, levar à foliculite, , infecção causada por bactérias.
O único tipo de depilação que garante uma pele livre dos pelos encravados é a depilação a Laser, mas devido ao custo esse tratamento se torna inviável para muitas mulheres. Nesses casos, o melhor a fazer é seguir algumas dicas e recomendações dadas por especialistas no assunto e prevenir esse problema.

Acabar com pêlos encravados

Os esfoliantes corporais são grandes aliados, devem ser usados semanalmente e todos os dias, durante três dias, antes da depilação. O produto vai auxiliar na remoção de células mortas, afinar a pele e facilitar a passagem do pelo. Para obter resultados melhores, dê preferência àqueles produtos que possuem agentes bactericidas em sua composição, como o triclosan. Além de esfoliar, ele ajudará também a combater possíveis inflamações. Depois da depilação, continue usando o esfoliante por mais cinco dias para ajudar a desobstruir os poros e facilitar a saída do pelo.
O ideal é não usar sempre o mesmo método depilatório, por isso se não for possível fazer a Laser, alterne períodos de uso de cera com uso de lâminas. Evite cutucar, espremer ou arrancar os pelos encravados, pois isso só deixará o pelo mais inflamado.

quinta-feira, 3 de maio de 2012

Como alimentar bebê

Uma alimentação saudável é a base do crescimento de toda criança. Estudos mostram que tanto o bom desenvolvimento físico quanto o mental estão ligados aos hábitos alimentares saudáveis, cultivados na crianças desde o momento em que ainda são bebês. O leite materno é o primeiro e único alimento que deve fazer parte do cardápio dos pequenos durante os seus primeiros meses de vida. A partir dos seis meses faz-se necessário a complementação alimentar, conforme a orientação do pediatra que acompanha o seu bebê.
É de fundamental importância que os alimentos sejam oferecidos ao bebê da forma adequada, na quantidade e consistência ideais para não desregular o ritmo de amadurecimento do sistema digestivo do bebê. A recomendação é que  sejam acrescentados cereais a dieta da criança, inicialmente os sem glúten (arroz e milho),  para evitar intolerância a essa substância, e a partir  do oitavo mês de vida, pode-se ir introduzindo outros cereais como: trigo, aveia e centeio.

Alimentar bebê

A partir dos 6 meses, a mãe já pode começar a dar papinhas de frutas aos seus filhos, de preferência preparada em casa com frutas frescas e variadas, como laranja, maçã, e pêra. Para educar o gosto da criança, deve-se ir mudando os ingredientes aos poucos, introduzindo  banana, uva, manga, entre outras. De acordo com a orientação de pediatras, as mães nunca devem adoçar as papinhas com açúcar ou acrescentar bolachas até os 7 meses. Além das frutas, também é preciso oferecer ao bebê verduras, o melhor é começar com batata amassada e ir acrescentando aos poucos cenoura, brócolis, cebola, tomate, abobrinha e outras.
Em relação às carnes, a recomendação é começar com o peito do  frango, fazendo pures  de verdura e frango, sendo suficientes cerca de 20 a 30g por dia. O peixe só deve ser acrescentado ao cardápio a partir dos nove meses, e ao final do primeiro ano,  a criança já poderá começar a comer todo tipo de alimento, inclusive mastigar  alimentos cortados.

Modelos de currículo: Básíco, Estágio, Currículo em Inglês, Desenvolvedores

Ter um currículo bem feito em mãos é o primeiro passo para quem deseja obter sucesso na busca por uma vaga de emprego. Selecionamos alguns modelos de currículos, disponíveis no site indicado a seguir.
Os modelos vão desde os mais simples, onde o profissional terá que preencher basicamente cinco campos: em “Objetivo”, descrever o cargo que deseja ocupar; em “Experiência”, contar as empresas e os cargos pelo qual passou; em “Formação”, descrever a escolaridade; em “Interesse”, mostrar a área na qual deseja trabalhar; e em “Dicas”, mostrar um pouco sobre suas habilidades profissionais. Este é o tipo de currículo objetivo, preparado para ser lido rapidamente e que agrada a maioria dos consultores de recursos humanos, ávidos por informações realmente relevantes.
Entre os modelos disponíveis, há um ideal para os estagiários. O estudante deverá informar no documento apenas os dados relevantes, preenchendo no modelo oito campos, entre os quais estão: Área de Interesse, Formação Acadêmica, Idiomas, Vivência Internacional, Conhecimentos de Informática, Cursos Complementares, Experiência Profissional e Informações Complementares.

Modelos de currículo

Para quem está em busca de melhores oportunidades de emprego fora do país, é imsprescindível a preparação de currículo em língua estrangeira, de preferência o inglês, que deve estar impecável, sem nenhum erro. Outro detalhe importante é que os recrutadores americanos não se interessam por dados pessoais, como idade e estado civil, nem esperam que o candidato anexe uma foto 3 x 4 no documento, mas valorizam sobretudo a formação acadêmica e os esforços de especialização realizados pelo mesmo. A experiência profissional também é bastante relevante, por isso vale a pena caprichar ao descrever os projetos que foram realizados em empregos anteriores.
Casos especiais como o de desenvolvedores, também merecem uma atenção especial. No modelo exclusivo para estes profissionais indicado abaixo, o candidato deverá colocar na primeira parte do currículo os dados pessoais e os objetivos profissionais. Na segunda, escrever um breve resumo da experiência profissional e projetos que participou. Já a formação acadêmica, idiomas e informações adicionais vão, respectivamente, na terceira, quarta e quinta parte do currículo.

Modelos de currículos para baixar

http://info.abril.com.br/basico
http://info.abril.com.br/estagio
http://info.abril.com.br/curriculo-em-ingles
http://info.abril.com.br/para-desenvolvedores

Acabar com mau cheiro nas axilas

O desodorante é parte fundamental para a nossa higienização diária, pois além de garantir um corpo refrescante mais horas durante o dia, protege as axilas do cheiro desconfortável do suor. Mas, muitas vezes mesmo usando desodorante e tomando banho três vezes ao dia, o odor característico surge e causa constrangimento em quem o possui. Confira as dicas que vamos dar agora e saiba como evitar esse tipo de problema.
Para começar, nunca escolha o desodorante pelo cheiro. Pois o que realmente faz a diferença é a produção potencial de suor de cada indivíduo, da sua propensão a atrair bactérias e da capacidade desodorante que o produto possui. É importante também optar por sabonetes antibacterianos ou loções de limpeza e usá-los pelo menos duas vezes ao dia. Outro cuidado essencial é manter as axilas depiladas, pois isso ajudará na evaporação do suor e a diminuir o odor causado pelas bactérias, uma vez que a proliferação das mesmas é favorecida pela umidade retida nos pêlos.

Mau cheiro nas axilas - dicas

Um truque que dá bons resultados é aplicar compressas com chá preto nas axilas para ajudar a diminuir o suor, pois graças à presença de ácido tânico, a produção da glândula sudorípara é reduzida. Desodorantes antiperspirantes també podem ajudar, uma vez que obstruem os ductos das glândulas sudoríparas, reduzindo a produção de suor, mas é preciso ter cuidado pois os poros da pele também podem ser obstruídos.
Dê preferência às roupas feitas de fibras naturais e se exercite usando roupas que sugam a umidade do corpo para manter a pele seca, o que ajuda a conter o crescimento das bactérias. Mantenha sempre as roupas limpas, e evite reutilizá-las entre as lavagens, especialmente aquelas que você utiliza para ir a academia. Outra dica é optar por roupas de cores claras, que não apertem as axilas e de tecidos leves.

Educação dos filhos – Dicas para os pais e quais erros evitar

Não há uma fórmula exata para educar os filhos, principalmente nesta nova era em que as crianças gritam, questionam os limites e desafiam os pais. De acordo com a orientação de psicólogos, o diálogo é sempre a melhor alternativa e os pais devem alguns erros básicos cometidos pela maioria deles na hora de educar os seus filhos. O primeiro deles é quando o pai ou a mãe desautoriza um ao outro na frente da criança, isso acaba criando uma confusão na cabeça dela, que entenderá que o limite imposto por um dos pais não é verdadeiro e essa ideia pode dificultar que a criança obedeça e cumpra regras.
Outro detalhe importante é que os pais devem entender que eles são a referência do filho e isto é notado desde quando os pequenos ainda são bêbes e tentam fazer as mesmas caras e sons dos pais. A medida que vai crescendo, a criança passará a questionar quando não pode ser igual a eles. A criança sabe que está comando quando os pais cedem diante do choro prolongado e das birras. Os psicólogos ensinam que as crianças estão buscando o limite todo o tempo, mas sem esse limite pode haver insegurança pois não fica claro o que é certo ou errado diante de situações da vida.

Educação dos filhos - dicas e erros

Quando os pais estabelecem muitas regras e não mostram ou explicam o porquê delas, simplesmente dizem: “não pode”, “você não vai”, isso deixa a criança ainda brava por não entender o motivo daquela proibição. Outra verdade na discussão da educação de filhos é que pais que mentem têm grande chances de criar filhos também mentirosos. Isso começa desde a história do bicho papão, contada pelos pais para amedrontar as crianças, mas no decorrer do tempo ela mesma percebe, pelas atitudes dos pais, que estas histórias eram mentiras e que pequenas mentirinhas não são proibidas.
Além disso, os especialistas também afirmam que mentiras, chantagens e ameaças não ajudam os filhos a lidar com as frustações, tampouco a amadurecer os valores e fazer uso de estratégias pró-ativas na vida.

Alimentos que diminuem a hipertensão

A hipertensão é agravada pela alimentação adequada, principalmente aquelas em que há elevação do teor de sal. De acordo com a recomendação de cardiologistas, tudo o que comemos pode afetar a composição química do nosso sangue e a pressão arterial de maneira significativa, por isso os hipertensos devem ter um cuidado redobrado e seguir a risca a orientação dada por especialistas.
O primeiro passo é reduzir o sódio e o sal da alimentação, considerando que 75% do sal que consumimos vem de alimentos processado, estes devem ser cortados do cardápio de quem possui pressão alta. O alho pode ser um excelente substituto do sal, pois além do sabor, a sua capacidade de reduzir a pressão do sangue é altamente benéfica.Pesquisas mostram que a medicação dos hipertensos pode levar a perda de potássio, gerando um desequilíbrio prejudicial ao paciente. Portanto, alimentos como banana, laranja, batata, tomate e leite, deve fazer parte da dieta diária, para reajustar o equilíbrio sódio e potássio.

Alimentos que diminuem a hipertensão

O nosso coração precisa de cálcio para manter o ritmo, bem como os rins também precisam para regular o equilíbrio sódio-água do corpo, assim, também faz-se necessário a ingestão diária de alimentos ricos neste mineral. Por isso, invista nos leites, iogurtes, queijos e peixes.
Outra dica é aumentar as porções diárias de frutas e vegetais gradativamente, adequando uma ou duas porções extras em cada refeição. Além de deixar o seu cardápio mais natural, você vai estar comendo menos gordura e sal, e em contrapartida,  mais fibras e potássio, o que auxilia na redução da pressão arterial. É importante deixar claro que a dieta não é a única maneira de controlar a pressão arterial, mudanças no estilo de vida também contribuem para a redução da pressão arterial. Aproveite as dicas dadas e consulte o seu médico antes de fazer qualquer mudança radical na sua alimentação.

Intolerância ao glúten – Alimentos proibidos e dieta

Diarréia ou prisão de ventre, anemia, osteopenia, rinite, sinusite, alterações na pele, doenças autoimunes, enxaqueca, depressão, sensação de inchaço e aumento da gordura abdominal ou emagrecimento, são alguns dos sintomas clássicos da intolerância ao glúten, também conhecida como doença celíaca. Esta doença crônica causa um déficit na absorção ao provocar uma alteração da mucosa do intestino delgado proximal, e apesar de estar comumente ligada a infância, também pode surgir na fase adulta.
O glúten, é uma mistura de proteínas contidas no trigo, centeio, aveia, cevada e triticale. Portadores da doença celíaca devem seguir uma dieta rigorosa com eliminação desses alimentos e de outros que contenham os referidos grãos ou alguns dos seus componentes. O mecanismo da doença celíaca é desencadeado pelo ataque ao sistema imunológico, que danifica a estrutura da mucosa do intestino delgado, impossibilitando a absorção de nutrientes vitais. O diagnóstico da doença é dado após a confirmação em resultados de exames específicos.

Intolerância ao glúten - Dicas,dieta

O uso generalizado de emulsificantes, espessantes e outros aditivos derivados de grãos que contêm glúten nos alimentos processados ??industrialmente, é um dos fatores que causam e agravam a doença. No contexto atual em que vivemos, o problema é resultado da substituição de uma dieta equilibrada  por alimentos de fáceis preparo, acesso e consumo.
O tratamento consiste basicamente em retirar esses alimentos do cardápio, o que já leva à melhora ou o desaparecimento dos sintomas. Neste sentido, seguir uma dieta variada e equilibrada é essencial para suprir possíveis carências nutricionais, ao mesmo tempo em que deve ser incentivado o consumo de alimentos naturais que não contêm glútem, tais como: milho, arroz e sorgo, legumes, frutas, leite e alguns derivados, carne, peixe e ovos. Para garantir uma ingestão adequada de carboidratos e calorias, alguns dos alimentos citados acima, especialmente o arroz, milho e a batata, são especialmente indicados. É importante ter atenção, ler os rótulos cuidadosamente e evitar os alimentos que devem ser expressamente evitados.