PUBLICIDADE

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Gravata borboleta – Quando e como usar ?

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, a gravata borboleta não é mais aquele acessório utilizado apenas em ocasiões formais, na tendência atual você poderá aproveitar para usá-la mesmo em ocasiões mais com uma camisa social de gola pólo com um cardigã, jaqueta ou sweater. E, para completar o visual esporte, basta usar uma calça jeans skinny e de preferência em uma cor escura.
De acordo com a orientação de estilistas, a gravata borboleta deve ficar entre a linha lateral e externa dos olhos, até o limite final do rosto e nunca exceder esses limites. Apesar de poder ser usada para compor visuais esportivos, o ideal é apenas usar a gravata borboleta de camisa social, ou variações modernas do modelo tradicional, pois ela foi feita para se prender à gola e não deixar a camisa cair. Por isso, precisa-se de uma gola para usar a gravata e a camisa tem que estar fechada até o último botão.

Gravata borboleta - Quando e como usar

Na hora de escolher a sua gravata, você poderá escolher entre as variações: modelo cardo com o formato de borboleta, modelo asa de morcego com as pontas como um bastão de criquet ou o modelo já pronto e amarrado. Este último modelo apesar de ser mais simples e fácil de usar, consultores de moda não o indicam pois elas dão a impressão de “enfeite barato”. Outra dica é evitar usá-las em eventos formais, à noite, pois elas combinam muito mais com looks esportivos, paletós de tweed e calças de veludo, no inverno, e ternos leves no verão. À noite, só use-as se for acompanhanda de smokings e quando o evento for black tie. Por fim, para dá o nó na sua gravata borboleta, siga os passos a seguir.
Primeiro coloque ambas as partes, uma mais baixa do que a outra; à volta do pescoço, cruze a parte larga na parte mais curta e deslize a parte longa para cima sob a borboleta. Em seguida, forme as duas asas da borboleta dobrando horizontalmente a parte mais curta. Feito isso, passe a parte longa para frente do nó em formação e depois esconda a parte longa por baixo da parte dobrada e ajuste a borboleta puxando pelas duas asas.

Controlar medo de avião

O medo de voar não é exclusividade de quem nunca viajou de avião, especialistas afirmam que essa fobia afeta de forma indiscriminada passageiros novatos e veteranos. Pois é, esse pânico que na maioria das vezes surge de forma inexplicável, pode se manifestar de diversas formas, em algumas pessoas as mãos suam e ficam geladas antes mesmo de o avião começar a se mover no pátio do aeroporto, outras sofrem de palpitações, tonturas e náuseas. Daí surgem milhares de superstições: viajar apenas na primeira fileira para sair mais rápido em caso de pouso forçado, levar santinhos, benzer-se antes, durante e após o vôo ou ainda só embarcar com o pé direito.
Nestes casos, nem adianta explicar que apenas um entre milhões de vôos acabará em desastre e que as estatísticas apontam maior probabilidade de acidente em viagens de carro ou de ônibus. Segundo a explicação de psicanalistas, a origem do medo de avião está no próprio subconsciente humano, que automaticamente nos passa certa insegurança quando não estamos com os pés sobre a superfície terrestre.

Controlar medo de avião

Uma forma de driblar o medo é conhecer o funcionamento da aeronave, saber que se algum equipamento falhar, nos aviões modernos há dois ou três sistemas de reserva para corrigir o problema, que os motores podem diminuir e aumentar, e que o avião muda de velocidade e altitude várias vezes, tudo isso faz parte do seu funcionamento normal.
Outra dica importante é não sentar-se à janela, evite ver a ponta da asa chacoalhar e prefira ficar sentado na poltrona do corredor, pois aí você terá mais mobilidade, poderá esticar as pernas, balançar os pés e levantar-se sem ter que incomodar os outros passageiros. Se a pessoa do seu lado parecer receptiva, converse com ela e se distraia com assuntos diversos, para quem tem medo não há nada melhor do que a solidariedade a bordo.

Pele oleosa – Cuidados, Dicas de tratamento

Caracterizada clinicamente por ter orifícios dos folículos pilosos mais dilatados, secreções sebáceas e sudoríparas abundantes e a superfície cutânea untuosa e brilhante, a pele oleosa também é mais susceptível a apresentar cravos e espinhas. Quando não é tratada da maneira correta este tipo de pele pode ser constantemente irritada devido as reações inflamatórias que são desencadeadas pelas espinhas. Em geral, a oleosidade é causada pela produção excessiva de sebo pelas glândulas sebáceas e atinge entre 80% e 90% das mulheres jovens.
Em geral, a principal causa da oleosidade na pele é proveniente de herança genética, mas alterações hormonais, excesso de sol, variações climáticas, stress e alimentação inadequada também podem influenciar no aumento da atividade das glândulas sebáceas. De acordo com dermatologistas, a limpeza de peles oleosas não deve ser feita mais do que duas vezes ao dia, e sempre com água fria, para não estimular ainda mais a produção de sebo. Além disso, vale a pena usar sabonetes neutros ou formulados especialmente para este tipo de pele, com bactericista e anti-sépticos.

Pele oleosa - Cuidados, dicas

O uso de produtos adstringentes, que não contenham álcool na fórmula, também são indicados, pois estes irão fechar os poros e equilibrar o pH, acalmando e refrescando a pele. Para hidratar, use sempre produtos em gel, fluido, loção ou sérum, que não contenham óleo em sua formulação. Caso este hidratante facial não possua filtro solar, o ideal é usar um protetor na forma de gel.
Pós-faciais e compactos são itens do seu kit de maquiagem que devem ser evitados, assim como bases bem densas que também podem obstruir os poros, acentuando ainda mais a oleosidade e causar acne. A dica para a maquiagem é buscar por produtos matificantes que apenas absorvem o óleo da pele e proporcionam uma sensação de pele menos oleosa e ainda prolongam a duração da maquiagem na pele.

Combinar meia com sapato

Para você que sempre fica na dúvida se deve combinar a cor da meia com o sapato ou com a calça, preste atenção nas dicas que vamos dar agora e saiba como combinar essas peças do vestuário. Em geral, a cor das meias sempre acompanha pelo menos o tom da calça ou do sapato, no seu uso social, deve ser o mais discreta possível, dando uma idéia de continuidade na linha visual da perna e jamais competir com a cor da calça ou do sapato. Assim, o modelo ideal é a 3/4 longa, que evita que apareça o seu tornozelo ao cruzar as pernas.
Quando se trata de ocasiões mais formais a escolha da meia é mais simples, pois com ternos preto, azul e tons de cinza, o ideal é usar sapatos pretos com meias da mesma cor da calça. Da mesma forma, com ternos marrom, bege ou esverdeado, a melhor opção é usar sapatos marrons em tonalidades mais escuras com meias da mesma tonalidade da calça. Já no caso de looks mais casuais, a dica é usar meias na mesma cor do tênis ou do sapato, pois fica mais difícil combinar com a tonalidade do jeans.

Combinar meia com sapato

Em dias frios, você poderá optar ainda pelas meias com padrão “argyle” (com losangos), que ficam ótimas com abotinados de couro ou camurça. Já nos dias quentes, usar uma de algodão, que permita que seu pé respire melhor é a melhor recomendação. Meias brancas só devem ser usadas com tênis, acompanhando peças de estilo esportivo, a não ser nos casos de profissionais da saúde que costumam usar calça e sapato branco.
Outras situações também devem ser avaliadas, se você trabalha muito tempo de pé ou sentado, viaja constantemente ou tem propensão a ficar comos pés e pernas inchados, a meia elástica com diferentes tipos de compressão certamente será a sua melhor escolha.

Alimentação a noite – O que comer para não engordar ?

A fome noturna é um dos maiores inimigos da dieta e da boa forma. Pois é, mesmo para quem se alimenta bem nas outras refeições, antes de dormir sempre dá vontade de comer alguma coisa. De acordo com nutricionistas, o problema e comer antes de dormir está no alimento escolhido, pois além de ajudarem no ganho de peso, diminuem significativamente a qualidade do sono.
Isso acontece porque durante o sono o nosso metabolismo é reduzido, tornando-se bastante lento pelo simples fato de também estarmos em um ritmo mais lento, com menor atividade. Além disso,  o nosso corpo e mente já estão “psicologicamente” condicionados a diminuírem o ritmo ao escurecer do dia. No entanto, isso não significa que não devemos comer a noite, uma vez que o alimento é nossa fonte de energia e nosso metabolismo necessita de estímulo para manter-se em atividade.

Alimentação a noite - O que comer para não engordar

Assim, é indicado para o final do dia alimentos com menor valor calórico, sem gordura, de fácil digestão e com menor teor de sódio e açúcar. Em relação a hora em que devemos comer, o ideal é que o jantar seja até às 20h 30min, pois pesquisas mostram que é por volta deste horário o nosso organismo ainda está com uma atividade relativamente alta. Entretanto, isso depende do ritmo de vida individual, para quem trabalha a noite, viaja constantemente  ou que por diversos motivos mantêm um padrão com horários diferenciados para dormir e acordar, o recomendado é que seja realizada a última refeição no mínimo 3 horas antes de dormir, tempo que nosso organismo leva para uma digestão completa.
Alguns lanchinhos leves podem ajudar a matar a fome noturna e ir para a cama sem colocar a dieta nem o descanso em risco. Chá de camomila com 1 biscoito integral e uma fatia fina de queijo magro é o primeiro da lista. Outras indicações incluem: Uma xícara de chá de leite morno batido com uma colher de sobremesa de aveia, canela e adoçante; 1 pote de iogurte desnatado batido com uma colher de sopa de gelatina diet pronta e 5 morangos; 2 damascos recheados com duas colheres de chá de requeijão light e 2 nozes.

Alimentação ideal para músculos

Uma alimentação saudável, balanceada e rica em nutrientes que potencializam a ação dos exercícios, é o grande segredo para conseguir músculos mais fortes e definidos. Os alimentos considerados “construtores” musculares são mais saudáveis que os suplementos artificiais e oferecem porções maiores de vitaminas, fibras e nutrientes que são essenciais para o nosso organismo.
Pois é, para aumentar a sua massa muscular e perder gordura, além de praticar atividade física de forma regular ou fazer academia, é preciso ingerir uma variedade de alimentos com propriedades indispensáveis para auxiliar no fortalecimento e recuperação do músculo. As proteínas possuem são as grandes estrelas de um cardápio preparado para o fortalecimento dos músculos. Além de serem formadas por blocos de aminoácidos, que garantem a força do tecido muscular, as proteínas também são as responsáveis pela energia, recuperação, ganhos de músculos e perda de gordura, assim como as demais funções do cérebro.
Mas, além delas também devem estar presentes na sua refeição os carboidratos, as gorduras benéficas e os vegetais. Confira agora alguns dos alimentos que devem compor o seu cardápio e saiba como eles ajudam a manter o tecido muscular forte e em constante crescimento.

Alimentação ideal para músculos


Com elevado valor protéico e ricos em vitamina B12, os ovos estimulam a formação e fortalecimento das fibras musculares, na renovação de pele e ossos e na recuperação pós-treino, sem prejudicar a sua dieta. Por isso pode comer sem medo os ovos mexidos, cozidos ou omeletes. O iogurte também possui alta porcentagem de proteínas, além de uma boa parcela de carboidratos, garantindo assim uma execlente ajuda no fortalecimento muscular. O ideal é consumir de um a dois potes por dia, sem açúcar ou adoçante.
A carne vermelha é a maior fonte de creatina, aminoácido essencial para a energia do corpo e construção da massa muscular, além de nutrientes como zinco, ferro, niacina (vitamina B3) e vitamina B12. Graças as suas grandes quantidades de ômega 3, o salmão é um dos mais importantes alimentos para a construção dos músculos. A dica para inserir o peixe na sua alimentação é consumir uma posta ou filé médio três vezes por semana, cozido, grelhado ou assado sem gordura e em baixa temperatura.
Além destes, entram na lista dos alimentos que são ideais para os músculos: azeite de oliva, amêndoas, banana, frutos silvestres como a framboesa, a amora e o mirtilo, espinafre, carboidratos integrais encontrados em grãos e cereais, café e água.

Refeições Pré-treino

Quando bem preparada e rica em todos os nutrientes necessários ao organismo para enfrentar a demanda que lhe é imposta pelo treino, a refeição que o antecede irá garantir o máximo de força e energia, além de evitar que a sua massa seja usada como combustível para erguer os pesos. Pois é, a refeição pré-treino tem como objetivos: maximizar o potencial de força, garantir um fluxo constante e balanceado de energia e minimizar a quebra de tecido muscular. Mas, para que esses objetivos sejam alcançados deve-se comer entre 45 minutos até 1 hora antes do treino.
Antes de preparar a sua refeição, é preciso ter em mente que serão necessários alguns componentes essenciais como a proteína e os carboidratos.  A proteína fará com que o seu corpo mantenha um estado anabólico durante o treino, evitando que massa muscular seja utilizada como energia. Portanto, é recomendada a ingestão de 30 a 40 gramas de proteína nessa refeição, de preferência utilizando uma proteína de lenta absorção como a albumina, a caseína, as proteínas presentes no frango, em ovos, leite e atum.

Refeições Pré-treino

Quanto aos carboidratos, faz-se necessária a ingestão daqueles que possuem baixo índice glicêmico, uma vez que estes são ideais para o pré-treino pois são digeridos de forma lenta gerando um fluxo constante de energia que também irão auxiliar no potencial de força. Os carboidratos de alto índice glicêmico provocam um pico muito grande de insulina seguido de uma queda drástica da mesma, isto fará com que você fique com preguiça, sono e ainda se sinta fraco, o que é totalmente contraindicado em treinos. Neste sentido, dê preferência a alimentos como: aveia, pão integral, arroz integral e batata doce. Caso você não tenha tempo de fazer uma refeição caprichada com os nutrientes recomendados, uma opção bastante utilizada é o famoso batido feito com Whey protein (1 scoop), aveia (100g) e  cerca de 250ml de água, que é simples e fácil de preparar.

Alimentação e Shakes pós-treino

Shakes pós-treino

A refeição que é feita após os treinos é de grande importância, pois é ela quem fornecerá o suporte de nutrientes essenciais para a recuperaçãoa do corpo. Pois é, aqueles famosos shakes pós-treinos  indicados para quem frequenta academia  podem suprir as reais necessidades corpóreas, desde que possua proteínas e carboidratos nas quantidades corretas e necessárias ao corpo.
Quando ingerimos apenas carboidratos após os treinos, a quebra de proteínas diminui, mas em contrapartida a síntese não aumenta. Por outro lado, se ingerimos apenas proteínas, a síntese protéica pode até aumentar, mas a quebra continua alta. Daí a importância de consumir um misto de proteína e carboidrato para diminuir a quebra e aumentar a síntese protéica.
De acordo com a recomendação de nutricionistas e educadores físicos, no pós-treino podem ser ingeridos uma quantidade significativa de carboidratos como a dextrose e uma proteína de rápida absorção, como a Whey Protein, podendo ainda adicionar creatina e de 350 a 500ml de leite desnatado.  A indicação da dextrose se deve ao fato de que a mesma fará com que haja um pico de insulina, hormônio extremamente anabolizante, permitindo assim que os nutrientes sejam enviados às células musculares mais rapidamente.
Que treina pesado pode investir na glutamina que também representa um importante papel na reparação muscular, além de manter o seu sistema imunológico funcionando em capacidade máxima nos próximos treinos.
Para iniciantes, um bom shake pós-treino pode ser preparado com 30g de maltodextrina ou dextrose, 30g de Whey Protein concentrado ou isolado e 1g de Vitamina C. Para quem já está em um nível avançado, o shake pode ser preparado com: 60g de maltodextrina ou dextrose, 30g de Whey Protein hidrolizado, 1g de Vitamina C, 15g de L-Glutamina, 1g de L-Leucina, 1 HMB, 7g de Creatina e um comprimido de complexo B. No entanto, é importante destacar que esses shakes não devem substituir uma alimentação saudável e balanceada.

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Como usar roupas xadrez – Mulheres

A estampa xadrez voltou como uma tendência que veio para ficar, independente da estação é possível adequar desde os pequenos quadradinhos e mais discretos até os maiores e em cores mais vivas. O melhor de tudo é que você poderá usar as mais diferentes peças para todas as ocasiões: trabalho, balada, festas, saída com as amigas, entre outras. Outra vantagem é que também fica fácil na hora de escolher sapatos e acessórios para combinar, podendo ainda apostar naqueles mais coloridos e chamativos para destacar o visual.
As camisas podem ser usadas em ocasiões mais casuais e podem ser usadas para compor um estilo mais despojado e descontraído. Já as saias e vestidos mais curtos dão um toque de descontração e podem ser usados até para ir a balada, quando as peças forem mais sofisticadas, em tecidos como seda, shantung e cetim, é possível usá-las até para ir à festas. A calça xadrez pode ser usadas com blusinhas ou camisetas mais básicas, não sendo indicado peças da mesma estampa.

Como usar roupas xadrez

Para quem é mais gordinha, a dica é preferir camisas xadrez com quadrados menores e com menos cor possível, usar uma camisa xadrez com quadrados mais amplos dará a impressão de que você é ainda mais cheinha. Para todas as peças, a dica é escolher aquelas que possuem modelos e cortes mais atuais, casaquinhos em modelo e cor da moda, camisas e vestidos bem modelados e acinturados, com amarrações são altamente indicados. Outra recomendação importante é não usar mais de uma peça com a estampa xadrez para não deixar o visual carregado.
Caso não queira parecer que está indo para uma festa de rodeio, evite usar camisa xadrez, com bota de cowboy e calça, se quiser usar blusa e calça, escolha uma camisa com um modelo mais atual e uma calça de jeans mais escurecido. Aproveite as dicas e saiba como usar a estampa sem pagar micos.

Garganta inflamada – O que fazer para aliviar ?

A inflamação na garganta é um dos primeiros sinais do resfriado e da gripe, e na maioria das vezes é acompanhada de infecção das amígdalas e dos órgãos linfáticos situados na garganta. Mas, ainda assim, garganta inflamada pode ser um sintoma de várias patatologias, incluindo início de amigdalite, gripe e até mesmo uma simples constipação.
O principal microorganismo causador dessa inflamação é um vírus, mas além dele também há uma bactéria chamada Streptococcus que costuma provocar dores e febre. Apesar de ser mais comum em crianças, a inflamação também acomete adultos, principalmente quando os mesmos têm uma má alimentação, com excesso de hidratos de carbono refinados e com baixos teores de micronutrientes como as vitaminas que são muito importantes para um bom funcionamento das defesas do nosso organismo.

Garganta inflamada - O que fazer, aliviar

Para aliviar a irritação presente na garganta as receitas e chás naturais são altamente indicados. Um chá de tomilho e alecrim pode ser preparado colocando em uma panela água para ferver, cerca de 500 ml de água com 1 colher de sopa de tomilho e outra de alecrim. Adoce com duas colheres de mel e beba-o bem quente. Outra receita que é eficaz no combate a inflamação da garganta é obtida misturando sumo de um limão, com uma colher de sopa de mel e um copo de água quente. Nos casos mais avançados, em que a febre é frequente, é aconselhável procurar um médico para que o mesmo receite antibióticos adequados e com ação mais rápida.
Em todo caso, uma boa dieta rica em vitaminas D, E, C e ácidos graxos essenciais dos óleos vegetais e do peixe, evitam a inflamação na garganta, contribuem para o bom funcionamento do sistema imunitário, evitando infecções. Os legumes e frutas também são ótimas fontes de vitaminas e de ferro, um dos elementos mais importantes para a formação de anticorpos protetores do nosso organismo.

Assaduras em bebê – O que fazer, como prevenir ?

As assaduras são um dos problemas mais comuns em bebês e que incomodam os pequeninos e os pais que muitas vezes não sabem como evitar essa irritação nos primeiros meses de vida. Para os pais de primeira viagem e que lidam com o problema pela primeira vez, a assadura é uma forma de reação inflamatória da pele causada pelo contato constante com substâncias irritantes produzidas por urina e fezes, que ficam retidas na fralda.
Inúmeros fatores contribuem para o desenvolvimento das temidas assaduras, cujos sinais iniciais que são a vermelhidão e a irritação na pele. Esses sinais podem evoluir para descamações, erupções e até sangramentos, nos casos mais graves. Tudo isso é provocado pela umidade da fralda suja que favorece a absorção das toxinas irritantes pela pele do bebê,  a fricção ajuda a esfolá-la e tanto a falta da luz solar quanto o calor contribuem para a proliferação de alguns fungos intestinais, que também podem provocar ou piorar as assaduras.

Assaduras em bebê - O que fazer, prevenir

De acordo com pediatras, um dos agravantes das assaduras e que é desconhecido pela maioria dos pais, é o uso de lenços umedecidos para limpar o bebê, o ideal é usar água morna e algodão. Por isso, pelo menos até os 9 meses, vale a pena deixar uma garrafinha térmica com água e um pote com algodão junto ao trocador. Já em relação aos cremes e pomadas utilizadas para prevenir e tratar as assaduras, o melhor é utilizar aqueles aqueles a base de óxido de zinco, pois funcionam como uma barreira mecânica as substâncias causadoras da irritação.
A recomendação é passar a pomada em cada dobrinha sempre que trocar a criança, o que deve ser feito de oito a dez vezes por dia, nos bebês mais novos.  Outra dica importante é deixar o bebê sem fralda alguns minutos do dia e para aqueles que ainda mamam, a mãe deve evitar alimentos muito ácidos ou condimentados. Já para os bebês que já consomem alimentos sólidos, deve-se evitar frutas ácidas, como o abacaxi, o morango, a laranja e a pêra, pois estes podem favorecer as assaduras.

Como trocar a fralda do bebê ?

A troca de fraldas faz parte da rotina diária dos cuidados com um bebê, além de ser fundamental e indispensável para a higienização da criança, evita o aparecimento de assaduras pois o acúmulo de urina e a presença das bactérias nas fezes irritam a pele e favorece o aparecimento de fungos. De acordo com a recomendação de pediatras, A regra geral é fazer a troca a cada mamada, antes ou depois dela, dependendo do que funcionar melhor para vocês, e sempre que o bebê tiver feito cocô.
Entretanto, para os bebês que regurgitam bastante ou que possuem refluxo gastroesofágico, o melhor a fazer é não trocar a fralda logo depois da mamada, uma vez que toda a movimentação pode aumentar a regurgitação. Nesses casos, capriche bem na pomada antiassadura e espere mais um pouco antes de trocá-lo, mesmo que ele tenha feito cocô. Além disso, esse esquema de trocar a fralda depois da mamada, também não vale durante a noite, quando é melhor deixar o bebê dormir.

Como trocar a fralda do bebê

Para fazer a troca as mamães irão precisar de: uma fralda limpa, um saco ou lixo próximo para jogar a fralda suja, algodão e água morna, pomada contra assaduras, uma troca de roupa limpa à mão para o caso de a fralda ter vazado, um brinquedinho para atrair a atenção do bebê e de um lugar tranquilo, seguro e com um trocador impermeável de fácil limpeza.
O primeiro passo para trocar a fralda do bebê é soltar as fitas adesivas da fralda e dobrá-las sobre si mesmas, em seguida levante as pernas do bebê e dobre a fralda para debaixo dele. Feito isso, limpe a parte da frente do bebê com um algodão embebido em água morna, lembrando que se o seu bebê for uma menina, limpe sempre da frente para trás, para não deixar as bactérias das fezes entrarem na vagina. Levante as pernas do bebê e limpe bem o bumbum, tire a fralda suja debaixo dele e coloque a limpa. Passe o creme antiassaduras, feche a fralda, vista o bebê e lave bem as mãos.



Suco verde instantâneo

Quer saber a receita ideal para combater o inchaço, queimar gordura, saciar a fome e ainda diminuir a retenção de líquido? Pois é, o suco verde instantâneo preparado com couve, espinafre, salsa, gengibre, maçã e clorofila, não deve ser usado unicamento como receita emgrecedora, uma vez que não possui propriedades potenciais para esse fim, mas elimina aquele grande incômodo causado pelo excesso de líquido e, assim, ajuda a reduzir medidas.
De acordo com a recomendação de nutricionistas, deve-se beber um copo todos os dias em jejum, ou ainda, substituir a bebida pelo lanche da manhã ou pelo da tarde. O suco custa menos de vinte reais em lojas de produtos naturais, mas fique atento a composição e certifique-se de que estará o produto certo.

Suco verde instantâneo

Bebidas em pó deste tipo ajudam a manter a alimentação em dia, pois fornece nutrientes que são essenciais para o bom funcionamento do organismo, trazendo ainda mais benefícios para quem quer emagrecer, mas tem uma rotina agitada. Devido a determinadas substâncias presentes no suco é possível aproveitar todos os benefícios do suco verde, a começar pela clorofila que é uma substância que melhora a oxigenação do sangue, além de ser muito rica em antioxidantes. Já a presença do couve e do espinafre enriquece o suco pois são fontes de antioxidante e combatem o envelhecimento precoce.
A maçã por ser rica em fibras que melhoram o funcionamento do intestino, é diurética e colabora na eliminação do inchaço. Já o gengibre é um alimento termogênico e atua no metabolismo das gorduras, ajudando na eliminação do excesso de peso e de medidas.
No entanto, apesar de todos esses benefícios, nutricionistas recomendam a manutenção de uma alimentação saudável, praticar exercícios de forma regular e beber ao menos dois litros e meio de água por dia.

Musculação e Diabetes

Todas as doenças que acometem o nosso organismo não surgem de forma repentina, mas culminam a partir de uma série de compensações geradas naturalmente para tentar suprir as necessidades ocasionadas quando um órgão começa a apresentar sinais de falência, por exemplo. Com o Diabetes não é diferente, antes de o pâncreas falir e de o nível de açúcar no sangue chegar a taxas exorbitantes, o corpo já apresenta problemas quese não tratados levam a doença. Mas, o que muita gente não sabe é que pesquisas recentes mostram que um bom desenvolvimento muscular auxilia na redução dos efeitos causados pelo aumento de glicose sanguínea.
Pois é, a pesquisa da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, mostrou que a musculação não deve ser praticada apenas com o objetivo de reduzir peso, pois os benefícios vão mais além. A atividade funciona como um remédio para controlar a glicemia ao promover uma queda na resistência à insulina, condição esta que dificulta a entrada de glicose na célula e dá início a todas as alterações ocasionadas pela Diabetes.

Musculação e Diabetes

Os pesquisadores explicam que tais efeitos benéficos são garantidos pois para realizar as contrações durante uma sessão de musculação, as fibras musculares utilizam a glicose disponível no organismo ecom isso, a concentração dessa molécula nos vasos reduz, evitando assim aqueles picos do açúcar que prejudicam significativamente a circulação. Além disso, parte da glicose fica amarzenada nos músculos, na forma de glicogênio, por isso quanto mais desenvolvidos forem o bíceps, o tríceps e outros grupos musculares, maior será esta reserva pois haverá mais espaço para estocar tal fonte de energia e o risco de aumentar a sua taxa no sangue também diminui. Agora que você já sabe que a musculação auxilia na redução de inúmeros fatores que podem causar a Diabetes, procure uma academia e comece a cuidar da sua saúde e proteger o seu corpo de várias doenças.

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Dicas de iluminação para casa

A iluminação é parte fundamental na decoração de qualquer ambiente, além de dar mais personalidade ao espaço, deixando-o mais atraente e bonito, é possível realizar suas atividades com mais facilidade, a mobília é realçada e um ar de aconchego é dado ao local. Com as técnicas corretas de iluminação você poderá desviar atenção de alguma parte da casa e focar em objetos de decoração, obras de arte ou qualquer outra área que desejar.
Outra forma de planejar a iluminação do ambiente em que você vive é personalizá-la de acordo com o seu estilo de vida ou com a rotina de quem mora na casa. Para isso, aproveite as inúmeras opções disponíveis no mercado: luminárias, lustres, plafons, pendentes, lâmpadas dicroicas e até luzes de LED, e ilumine a sua sala, quarto, escritório na medida certa.  No entanto, não esqueça que além das luzes artificiais, a luz natural também deve ser aproveitada ao máximo para que durante todo o dia você possa desfrutar de um ambiente bem iluminado.

Dicas de iluminação para casa

Por isso, invista em grandes janelas, portas de correr e claraboias que deixam a luz exterior invadir o ambiente, proporcionando uma maior sensação de bem-estar ao local. Quem mora em apartamento ou casa pequena, a dica para realçar e aproveitar ao máximo os efeitos da iluminação é pintar as paredes com cores claras, optando por tons  que vão do branco ao pastel bem suave. Os espelhos grandes também são ótimos aliados no planejamento de iluminação, uma vez que deixam o espaço ainda mais claro e amplo. Outra dica importante é evitar móveis muito escuros, pois estes deixam o ambiente mais pesado. Para diminuir esse efeito, dê mais luminosidade com artigos de decoração de tons mais claros, como os tapetes e as cortinas.
Por fim, lembre-se de que a iluminação poderá lhe trazer custos maiores que os previsíveis, por isso opte por lâmpadas mais econômicas, como as compactas fluorescentes e as opções de LED, que podem deixar a iluminação decorativa ainda mais interessante e moderna.

Tratamentos estéticos de rejuvenescimento para o rosto

Os novos tratamentos estéticos para rejuvenescimento, além de combater os sinais da idade, também clareiam, eliminam manchas, devolvem a elasticidade e a vitalidade à pele. Pois é, mesmo para quem cuida bem da pele, a apartir de uma determinada idade alguns sinais já começam a se tornar evidentes, sendo necessário buscar tratamentos específicos, que estão cada vez mais aprimoradas e menos invasivos. Conheça agora algumas das opções disponíveis nas melhores clínicas estéticas e saiba qual deles atende melhor as suas necessidades.
O ácido hialurônico é um tratamento que utiliza uma molécula mais densa do ácido hialurônico, para fazer preenchimentos em várias partes do rosto e com o objetivo de substituir a intervenção cirúrgica. A substância é eficaz no tratamento flacidez de pele, principalmente na região das maçãs e contorno do rosto, pescoço, sulcos entre boca e nariz e depressão facial.  O tratamento é caro, custa entre R$ 2,5 mil e R$ 3 mil a sessão, sendo necessária uma ou duas sessões de 15 em 15 dias.

Tratamentos estéticos de rejuvenescimento  para o rosto

A Tecnologia de Plasma também é altamente indicada para rejuvenescimento, flacidez, queimaduras e cicatrizes cirúrgicas de acne profunda. O tratamento é feito através do Portrait, um aparelho que consegue estimular ao mesmo tempo as fibras elásticas e colágenas. O tratamento completo custa em média R$ 3 mil e pode ser feito numa única sessão em potência máxima a cada trinta dias. O Peeling Melanin, é uma espécie de peeling com ativos que despigmentam, clareiam as manchas e rejuvenesce. O tratamento provoca uma leve descamação, mas permite voltar à rotina imediatamente, são necessárias de cinco a dez sessões quinzenais, sendo que um pacote com cinco sessões custa em média R$ 850.
O Ponteiras Accent também é outro tratamento de última geração que traz ótimos benefícios no combate a uma série de problemas estéticos, ao estimular as fibras colágenas e elásticas de uma forma mais potente. É indicado para rugas, linhas de expressão, celulite, gordura localizada, flacidez e também as cicatrizes de acne.

Tratamentos estéticos para gordura localizada, celulite e flacidez

Se você precisa de uma solução rápida para acabar com a gordurinha localizada e diminuir a flacidez e as celulites, preste bastante atenção nas informações que vamos dar agora e saiba quais são os tratamentos que podem te ajudar a resolver esses probleminas em pouco tempo. Atualmente, a maioria dos tratamentos estéticos utilizam aparelhos de alta tecnologia que reduzem medidas, quebram as células de gordura e melhoram a textura da pele, proporcionando assim os resultados esperados em poucas sessões.
O Manthus, equipamento é composto por um potente emissor de ultrassom e por uma corrente elétrica suave, promove uma desidratação das células adiposas, auxiliando na redução da celulite, diminuindo medidas no abdômen, culote, pernas, glúteos e braços. Para sentir os primeiros resultados são necessárias, no mínimo, dez sessões, que normalmente são realizadas de duas a três vezes por semana.  Já o Cellutec, possui um sistema de endermoterapia vibratória que usa diversas técnicas de pressão, percussão e massagem com vibração. Sua ação giratória que combina forças verticais e paralelas ao corpo, age diretamente na gordura localizada e celulite e elimina as reservas adiposas que vão se acumulando devido a má circulação. Também são necessárias dez sessões para alcançar os resultados esperados.

Tratamentos estéticos para gordura localizada, celulite e flacidez

Outro equipamento que também é utilizado para tais fins é o VelaShape, que funciona através de luz infravermelha, radiofrequência e massagem a vácuo. A eficácia deste aparelho é ainda maior quando utilizado em conjunto com o Accent XL, que possui uma ponteira unipolar emissora de radiofreqüência e que gera calor na profundidade de 20 milímetros a fim de aumentar a permeabilidade das células e gordura. Os resultados começam a aparecer em um mês, realizando duas vezes por semana.
O Ultrashape também age diretamente sobre as células de gordura através de ondas de ultrassom, as células adiposas são eliminadas pelo organismo, mas a diferença é que já e possível notar diferenças após a primeira sessão. Entre outros aparelhos utilizados para o tratamento da flacidez, celulite e gordura localizada estão o Phydias,  o Max Ultra Cavity e o Power Wrap, o Soprano XL-NIR, o Dermadeep, o Laserlipólise, o Freeze.

Lactobacilos vivos – Benefícios, Alimentos indicados

Os lactobacilos vivos ajudam a integrar e “povoar” a nossa flora intestinal, conjunto de microorganismos vivos que desempenham um papel fundamental no fncionamento do intestino, sendo responsáveis pela absorção dos nutrientes ingeridos através da alimentação. Além de melhorar significativamente a integridade da parede intestinal e assimilar alguns nutrientes importantes para o organismo, como o cálcio e o ferro, os lactobacilos equilibram o funcionamento intestinal, impedem a multiplicação de bactérias nocivas, inibem a produção de toxinas, melhoram a digestão, fortalecem o sistema imunológico e previnem o câncer de colón, região localizado no intestino grosso.
Pois é,  e todos esses benefícios odem ser conseguidos de uma forma simples e fácil, basta incluir alimentos que contenham lactobacilos vivos na sua alimentação diariamente. Leite, iogurte, queijo fresco e coalhada, são alguns dos alimentos que contêm uma quantidade excelente desses microorganismos fundamentais.

Lactobacilos vivos - Benefícios, alimentos

Apesar de já possuirmos lactobacilos na nossa flora intestinal, o consumo destes atraves da alimentação deve ser incentivado pois alguns fatores como: doenças intestinais, uso de antibióticos e envelhecimento, contribuem para a redução desses microorganismos benéficos. Quando isso acontece  o equilíbrio entre os lactobacilos bons e os ruins é quebrado, deixando o nosso corpo suceptível a doenças.  Neste sentido, quem toma antibióticos ou tomou por um longo período deve caprichar ainda mais no consumo dos lactobacilos, pois estes fortalecerão o sistema imunológico, minimizando os efeitos colaterais provocados pelos medicamentos, que certamente provocaram um tremendo desequilíbrio no intestino.
De acordo com nutricionistas, para aproveitar corretamente esses benefícios é preciso estar atento ao consumo ideal e não exagerar na quantidade diária de alimentos com lactobacilos. Assim, o recomendado é um frasco por dia de leite fermentado e o consumo de queijos frescos, iogurtes, coalhadas, na medida que não lhe provoque nenhum tipo de desconforto, isto já será suficiente para proteger o organismo contra os fatores que desequilibram a flora intestinal.

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Programa para declarar IR 2012 – Download do Software

Do dia primeiro de Março até o dia 30 de Abril, é o prazo estabelecido pela Receita Federal para o envio da declaração Anual do Imposto de Renda (IR), exercício 2012, ano calendário 2011. Pela primeira vez na história do sistema de arrecadação,  a Receita permitirá que seja feito o download do programa de declaração do IR, que estará disponível a partir do dia 24 de Fevereiro no seu site.
O órgão arrecadatório informou aos contribuintes ainda que a dedução no IR por dependente foi fixada em até R$ 1.889,64, enquanto que o limite de abatimento com gastos com educação é de R$ 2.958,23, já a dedução de gastos com empregada doméstica subiu de R$ 810,60 para R$ 866,60 este ano.  Quem optar pela declaração de IR simplificada, receberá um desconto de de 20%, limitado a R$ 13.916,36. Todos esses valores devem ser compatíveis com o que estará disposto no seu documento, para evitar complicações.

Software para declarar IR

No ano passado, o total de contribuintes que prestaram conta ao fisco passou da casa dos  24 milhões. Em 2012, são obrigados a entregar a declaração à Receita Federal os contribuintes com rendimentos em 2011 superiores a R$ 23.499,15, além daqueles que tiveram rendimentos isentos, não tributáveis, acima de R$ 40 mil ou bens que somem mais de R$ 300 mil.  Todas as declarações só poderão ser enviadas exclusivamente pela internet por meio do software citado que será disponibilizado na página da Receita, indicada em seguida. Estima-se que ao todo mais de 25 milhões de contribuintes entreguem a declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) de 2012, ano base 2011.

Na página indicada abaixo, os contribuintes poderão tirar dúvidas, conhecer um pouco mais do software usado para fazer a declaração anual, consultar declarações entregues em anos anteriores, solicitar cancelamento, entre outros serviços. Fique atento aos prazos divulgados e faça o download do programa da Receita Federal a partir do próximo dia 24.
Download do Software IR 2012: www.receita.fazenda.gov.br/software

Cremes anti-idade – Quando começar a usar, tipos de produtos

Diante de tantas opções oferecidas pelo mercado de cosméticos, não é difícil ficar em dúvida sobre qual creme anti-idade usar para retardar os efeitos que o passar dos anos traz para a nossa pele. Antes de começar a usar qualquer produto que você encontrar pela frente, é de fundamental importância saber a ação que cada um deles tem sobre o rosto, por isso fique atenta as informações que vamos dar agora e conheça todas as recomendações a respeito do uso de cremes anti-idade.
ara começar, você deve saber que existem basicamente duas linhas de produtos anti-idade, os que possuem prescrição médica e os cosméticos, estes últimos vendidos livremente e que não causam danos à pele.  Geralmente, estes cosméticos, de marcas diversas que estamos acostumados a ver nos comerciais, possuem como base um hidratante com grau variado de oleosidade, substâncias antioxidantes e uma pequena quantidade de substâncias rejuvenescedoras, entres as quais destacam-se a vitamina A, C e E.

Cremes anti-idade - Quando começar a usar, produtos

Essas vitaminas possuem propriedades de grande importância para a pele. Enquanto que  a  vitamina C estimula o colágeno a promover a formação de fibras novas e atua sobre pele reduzindo todos os efeitos do sol, a vitamina A ajuda na renovação celular da epiderme e a vitamina E atua como um poderoso antioxidante.
De acordo com a recomendação de dermatologistas, o ideal é começar a usar cremes anti-idade a partir dos 30 anos, no entanto, deve-se dar preferência aos hidratantes, a base de vitamna C e que possuem intensidade mais leve. A partir dos 40 anos pode-se começar a usar aqueles que possuem um maior efeito tensor e que por isso são mais adequados a essa faixa etária.  Em geral, não há restrições para o uso e taus cremes, mas as mulheres grávidas devem ficar atentas a composição do produto, uma vez que alguns princípios ativos, como o ácido retinóico, causam má formação do feto.

Chá-mate e benefícios para o corpo

A erva mate é considerada como um alimento quase completo, uma vez que contém quase todos os nutrientes necessários ao nosso organismo. Em sua composição, estão presentes: alcalóides (cafeína, metilxantina, teofilina e teobromina), taninos (ácidos fólico e cafeico), vitaminas (A, Bi, B2, C e E), sais minerais (alumínio, cálcio, fósforo, ferro, magnésio, manganês e potássio), proteínas (aminoácidos essenciais), glicídeos (frutose, glucose, rafinose e sacarose), lipídeos (óleos essenciais e substâncias ceráceas), além de celulose, dextrina e sacarina. Todos esses nutrientes conferem inúmeras propriedades nutritivas, fisiológicas e medicinais ao produto, proporcionando assim um grande potencial de aproveitamento.
Assim, o chá-mate nos oferece uma série de benefícios, a começar pelo seu efeito estimulante da atividade física e mental, beneficiando os nervos e músculos, eliminando estados depressivos, deixando o cérebro em alerta e ajudando a espantar a fadiga. Além disso, pesquisas mostram que o potencial de estimulação do mate é mais prolongada que o do café, sem deixar efeitos colaterais ou residuais como a insônia e irritabilidade. Entretanto, é importante deixar claro que o chá mate também não pode ser consumido em excesso.

Chá-mate e benefícios para o corpo

O chá também pode atuar sobre a circulação, acelerando o ritmo cardíaco e harmonizando o funcionamento bulbo-medular, sua ação sobre o tubo digestivo, facilitando a digestão e favorecendo a evacuação, também são notáveis. No Sul do país, onde é usada na preparação do famoso chimarrão, a erva é bastante consumida. Mas devido ao seu sabor amargo e adstringente que é apreciado por muita gente, o chá mate é também consumido em todas as partes do Brasil.
Entre outras vantagens, a erva-mate também é capaz de inibir o processo de oxidação do mau colesterol (LDL), prevenindo doenças cardiovasculares, câncer e o envelhecimento precoce, sendo utilizada ainda como um ótimo remédio para pele, por possuir um importante papel sobre a regeneração celular.

Exames ginecológicos e importância

A partir de uma certa idade, existem alguns exames ginecológicos que devem começar a fazer parte da rotina de todas as mulheres. De acordo com a recomendação de ginecologistas, tais exames precisam ser realizados, no mínimo, uma vez ao ano, a partir da primeira relação sexual. Portanto, fiquem atentas aos exames descritos em seguida e consulte um ginecologista de sua preferência, para que o mesmo possa prescrevê-los para você.
O papanicolau é um dos exames que devem ser feitos anualmente por mulheres saudáveis.  Este exame é fundamental na prevenção do câncer de colo do útero e consiste num raspado das células do colo e do canal cervical. Todo o procedimento é bastante simples e geralmente  é realizada durante um exame ginecológico de rotina. Além disso, o papanicolau também diagnostica infecções diversas e causadas pelo HPV, vírus que apresenta tipos potencialmente carcinogênicos.

Exames ginecológicos e importância

O ultrassom pélvico é importante para identicar alterações como pólipos, miomas, cistos e nódulos no útero e nos ovários. Já o rastreamento infeccioso, igualmente importante, detecta sífilis, hepatites e o HIV no organismo. A colposcopia é o exame que que permite visualizar a vagina e o colo do útero por meio de um aparelho chamado colposcópio, além disso também são usados produtos químicos e corantes para realce de áreas a serem examinadas. Através dele é possível diagnosticar diversas lesões, benignas ou malignas.
A citologia e microflora vaginais também devem fazer parte dessa rotina de exames, uma vez que são capazes de diagnosticar um eventual câncer antes de ele se instalar. Esses exames também são capazes de auxiliar na prevenção de tumores na mama, nos ovários, no útero e nas trompas. A mamografia é prescrita a cada dois anos para mulheres com mais de 35 anos e todos os anos para mulheres a partir dos 40, sendo de fundamental importância devido ao elevado número de mulheres com câncer de mama atualmente.
Todos esses exames devem fazer parte da vida de toda mulher, a maioria deles são cobertos pelo Sistema Único de Saúde (SUS), portanto se você está em falta com a sua própria saúde, procure um ginecologista e faça todos os exames ginecológicos necessários.

Como despertar na criança o interesse pela leitura ?

Tornar a leitura um hábito diário na vida das crianças pode ser uma tarefa difícil no começo, mas as vantagens que o aprendizado conseguido através de bons livros traz para o desempenho pessoal e educacional dos pequenos vale qualquer esforço. Apesar de muitos pais acharem que o que o filho lê na escola já é suficiente, profissionais especializados no assunto aconselham a inserção de leituras de assuntos diversos nas atividades do dia a dia das crianças, auxiliando assim na formação de uma mente ativa e atenta a tudo o que acontece no mundo que o cerca.

Como despertar na criança o interesse pela leitura

A primeira recomendação é dar às crianças livros simples e curtos, pois é comum vermos elas contando  as páginas do livro e desanimando em seguida ao pensar que a leitura pode lhes tomar muito tempo. Outra dica importante e que certamente ajudará a despertar o interesse pelas crianças é investir nos livros ilustrados, com letras grandes, e uma grande quantidade de figuras, que são ideais para que as crianças se iniciem na leitura. Geralmente, as crianças preferem livros com poucas narrativas e muitos diálogos, por isso compre livros de aventura, em que há muita ação, despertando o interesse da criança para o que está escrito nas próximas folhas.
Outra opção, é deixar que as próprias crianças escolham os assuntos que lhes interessam. Levá-las a uma biblioteca que tenham seção infantil ou a uma livraria, é a melhor forma de descobrir do que elas mais gostam. Boas livrarias certamente terão um espaço dedicado apenas a livros do gêneros com móveis especialmente desenhados e estantes com altura adequada, permitindo que as crianças escolham com mais liberdade o livro que desejam. Além disso, os pais poderão incentivar a leitura com histórias de personagens que as crianças já assistiram na televisão como os clássicos “A pequena sereia” e o “O gato de botas”.

Banco de doadores de medula óssea

O Registro Brasileiro de Doadores de Medula Óssea REDOME é o banco de dados que reúne todas as informações, incluindo nome, endereço, resultados de exames e características genéticas, de pessoas que se dispõem a doar medula para o transplante. O REDOME está instalado no Instituto Nacional de Câncer – INCA e é acionado sempre que uma pessoa precisa de uma medula óssea saudável, mas não há em sua família um doador compatível.
Atualmente, o banco de dados conta com mais de 2 milhões de doadores inscritos, número que classifica o Brasil como o terceiro maior do gênero no mundo, ficando atrás apenas dos registros dos Estados Unidos e da Alemanha. O aumento significativo no número de doadores deve-se aos investimentos e campanhas de sensibilização da população, promovidas pelo Ministério da Saúde e órgãos como o INCA, que mobilizam hemocentros, laboratórios, ONGs, instituições públicas, privadas e a sociedade em geral.

Banco de doadores de medula óssea - Registro, transplantes

O banco é um sistema totalmente informatizado e o acesso ao mesmo é feito quando o médico responsável inscreve as informações do paciente, incluindo o resultado do exame de histocompatibilidade, o HLA, que identifica as características genéticas de cada indivíduo, no sistema do Registro nacional de receptores de medula óssea – REREME. Depois disso, é iniciada a busca de possíveis doadores compatíveis. O resultado é transmitido ao médico, que junto com a equipe do REDOME, analisará os melhores doadores e após a escolha, dará início aos procedimentos de doação.
Em todo o Brasil, existem 70 centros para transplantes de medula óssea, destes apenas 20 são para transplantes com doadores não-aparentados, são eles: Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais, Real Hospital Português de Beneficência em Pernambuco, Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná, Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (UFRJ), INCA, Hospital das Clínicas Porto Alegre, Casa de Saúde Santa Marcelina, Boldrini, GRAAC, Escola Paulista de Medicina – Hospital São Paulo, Hospital de Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (USP), Hospital AC.

Tratamentos para infertilidade feminina

A infertiliade feminina pode ser causada por uma série de fatores que incluem: alterações da ovulação, que levam a ausência de menstruação ou ciclo irregular e endometriose, doença que é caracterizada pela fixação do tecido que reveste o interior do útero em outras partes do corpo. Aderências ou cicatrizes nas trompas e nos ovários, ocasionadas por endometriose, doenças sexualmente transmissíveis ou abortos,  também é outro fator comum que dificulta a gestação.
Além disso, tem se tornado cada vez mais comuns queixas de infertilidade que têm como base problemas relacionados a fatores imunológicos, quando há anticorpos contra o esperma ou contra o próprio ovário – que prejudica o desenvolvimento dos folículos. Em alguns casos, não há causa física, mas um problema psicológico ligado ao lado emocional que dificulta a mulher a desenvolver a gestação. Esta situação pode ser gerada por conflitos familiares, da rivalidade ou de problemas mal resolvidos com os pais, conflitos, medo do corpo e hipocondria, quando há obsessão com a própria saúde.

Tratamentos para infertilidade feminina

Atualmente existem alguns tratamentos que visam a fertilização assistida, a escolha de um método específico depende do tipo de problema de cada casal. A inseminação artificial é o mais simples deles, a técnica é feita após a identificação precisa, por ultra-sonografia, do momento da ovulação, seja ela natural ou induzida por hormônios. O esperma é recolhido por masturbação, os espermatozóides móveis e que possuam um formato normal são selecionados e introduzidos na trompa por meio de um cateter.
A injeção intracitoplasmática de esperma – ICSI é feita através da estimulação do ovário por hormônios, seguida da retirada dos óvulos. Neste método o esperma também é colhido por masturbação e são escolhidos os espermatozóides mais saudáveis. Cada óvulo receberá apenas um espermatozóide, que é injetado com uma agulha muito fina. Após a formação dos embriões, os mesmos são colocados no útero.
Outras técnicas utilizadas para fertilizar a mulher são a  transferência intrafalopiana de gameta – GIFT, com a colocação do óvulo estimulado e do espermatozóide colhido diretamente na trompa, facilitando assim a fecundação; e a fertilização em vitro, onde todas as fases até a formação do embrião são feitas em laboratório.

Celular roubado – O que fazer ?

Para você que perdeu ou teve o seu celular roubado e não sabe o que fazer para impedir que outra pesso o utilize, fique atento as dicas que vamos dar agora e saiba o que deve ser feito em situações desse tipo. Poucas pessoas sabem, mas todo aparelho de celular possui um número único de identidade no mundo, o IMEI – International Mobile Equipment Identity. Trata-se de uma série de 15 números que está geralmente atrás da bateria ou na nota fiscal de compra, outra forma de conseguir o IMEI é digitar no seu celular o código *#06#, a numeração aparecerá logo em seguida. Portanto, o ideal é que todos tenhamos esse número IMEI anotado em um local de fácil acesso.
Depois de localizar o IMEI do seu celular roubado, entre em contato com a operadora para fazer um bloqueio temporário. Para bloqueá-lo permanentemente, você deve comparecer a uma loja da operadora e assinar um termo de responsabilidade em até 48h do comunicado da perda, furto ou roubo ou, se preferir, encaminhar o Boletim de ocorrências à empresa. Se o seu aparelho era um smartphone com aplicativo de rastreamento, a dica pedir ajuda a polícia e utilizar esse recurso para recuperar o telefone.

Celular roubado - O que fazer

Além disso, o usuário deve bloquear  a linha do celular, para impedir que o ladrão gaste os créditos, no caso de aparelhos pré-pagos, ou que continuem contabilizando ligações na sua conta. O procedimento para bloqueio varia de acordo com cada operadora, mas em geral ele pode ser feito por telefone ou pelo serviço de atendimento ao consumidor.  Quem quiser permanecer com o mesmo número, poderá reativá-lo comprando um novo chip em uma loja da sua operadora. No entanto, é preciso prestar bastante atenção ao prazo estabelecido para reativação da linha bloqueada, que varia de 60 a 150 dias a depender da operadora.

Suplementos naturais para emagrecer

A melhor forma de perder peso é associar uma alimentação adequada, equilibrada e com as quantidades ideais dos nutrientes essenciais para o bom funcionamento do organismo, com a prática regular de atividades físicas. De acordo com nutricionistas, alguns suplementos que podem auxiliar na redução do peso, preste bastante atenção nas informações abaixo e saiba como utilizar as propriedades dos alimentos naturais a seu favor.

Suplementos naturais para emagrecer

O óleo de coco extra virgem é um dos alimentos que ajudam a eliminar a gordura, especialmente a localizada na região abdominal, além de aumentar a sensação de saciedade, fazendo com que você sinta menos vontade de comer e reduz as taxas de LDL, colesterol ruim, no sangue. Segundo o recomendado, o ideal é consumir de duas a quatro colheres de sopa do óleo de coco por dia. Já a Quitosana, derivada de crustáceo, auxilia na redução de absorção das gorduras pelo intestino, nutricionistas recomendam a ingestão de 2 a 6 gramas da substância por dia ou 1g a cada refeição, ao longo do dia.

Suplementos naturais para emagrecer

A Pholianegra, também conhecida como pholiamagra, possui extrato de ilex paraguariensis em sua composição, que faz com que a pessoa se sinta satisfeita com menos quantidade de comida. O óleo de cártamo, produzido a partir das sementes de carthamus tinctorius, ricas em ácidos graxos e ômega 6, inibe a ação da enzima lipase lipoproteica que é responsável pela transferência  da gordura da corrente sanguínea para o interior das células adiposa. Assim, o óleo pode fazer com que o organismo acumule menos gordura , além de ajudar a eliminar os famosos pneuzinhos.
O chá verde também está na lista dos alimentos que auxiliam na busca pela boa forma. Preparado atravésr da infusão da erva camellia sinensis, que é ricas em antioxidantes, polifenois, vitaminas e minerais, o chá tem a capacidade de inibir a proliferação das células de gordura. O consumo diário indicado é de 4 a 10 xícaras e de preferência nos intervalos das refeições.

Diabete gestacional – Risco e tratamento

A Diabetes Gestacional é uma condição que representa alto risco tanto para a mãe quanto para o bebê, no entanto, quando a situação é identificada precocemente  a gestação geralmente ocorre de forma tranqüila, o bebê nasce no momento adequado e em boas condições de saúde. Clinicamente, este distúrbio pode ser definido como uma alteração das taxas de açúcar no sangue que aparece ou é diagnosticada, pela primeira vez, durante a gravidez.
Entre os fatores de risco que podem estar relacionados ao aparecimento da diabetes gestacional , destacam-se: idade materna superior a 25 anos, baixa estatura, presença de hipertensão arterial, gordura abdominal localizada, história pessoal ou familiar de diabetes,  gestações anteriores com bebês muito grandes ou com má-formação, retardo de crescimento do feto, morte fetal ou neonatal sem causa aparente, aumento excessivo de peso na gravidez atual, altura uterina maior do que a esperada para a idade da gestação, crescimento acentuado do feto e presença de grande quantidade de líquido amniótico.

Diabete gestacional - Risco e tratamento

Pesquisas mostram que o quadro diabético que pode surgir na gravidez pode estar relacionado às várias mudanças metabólicas e hormonais que ocorrem nesse período. Assim, devido ao aumento da produção de hormônios, principalmente o hormônio lactogênio placentário, a ação da insulina materna pode ser prejudicada.
Em relação ao tratamento, após avaliação e diagnóstico médico, as gestantes deverão realizar uma dieta rigorosa própria para diabéticos, os níveis glicêmicos devem ser monitorados constantemente para que permaneçam dentro do padrão de normalidade. Além disso, também é recomendada a realização de exercícios físicos como hidroginástica, caminhadas e aulas de alongamento e relaxamento corporal, em que são respeitados os limites das gestantes.
Em casos em que um nível maior de atenção é preciso, pode ser necessário um tratamento com insulina, especificamente o tipo que não causa perigo para o bebê. Em todo caso, as taxas de açúcar no sangue da gestante devem ser acompanhados também após o parto, devido as maiores chances que a mesma apresenta de desenvolver a doença no futuro.

Peixes e Frutos do mar – Benefícios e Receitas

Peixes e frutos do mar trazem inúmeros benefícios à nossa saúde, por serem alimentos altamente nutritivos, saborosos e fáceis de preparar, nutricionistas recomendam o consumo desse tipo de carne branca pelo menos duas vezes por semana. Listamos algumas receitas fáceis de preparar com peixes e frutos do mar que possuem elevadas taxas de minerais e nutrientes essenciais para funções vitais do nosso organismo. Aproveite todas as dicas e prepare pratos deliciosos com sugestões dadas abaixo.
O Salmão, peixe de carne avermelhada, possui um alto teor de ômega 3, ácido graxo que combate o mau colesterol e o envelhecimento, além de ser essencial para construir ossos fortes e fortalecer o sistema imune. O peixe fica ainda mais saboroso com molhos cítricos ou de soja que valorizam o sabor proeminente do peixe e com vegetais ligeiramente ácidos, como espinafre. Um molho de laranja e mel pode ser preparado ao misturar ¼ de xícara de chá de suco de limão, 1 colher de sopa de mel, 1 colher de sopa de shoyu e ½ colher de chá de alho picado. Depois de pronto, despeje o molho sobre um filé de 100 g de salmão e deixe marinar por 15 minutos, em seguida grelhe por 8 a 10 minutos, virando na metade do tempo.

Peixes e Frutos do mar - Benefícios, receitas

Além de ser tão saudável quanto o salmão, a carne do caranguejo traz ainda outro beneficio: é uma boa aliada da boa forma, uma vez que 85 g contêm 73 calorias e 15 g de proteínas. Seu sabor adocicado e levemente salgado combina bem com frutas como o abacate, limão e condimentos picantes que dão um bom contraste culinário. Um aperitivo de abacate pode ser preparado para incrementar o prato, basta colocar 50 g de carne de caranguejo num copo de Martini, cobri-lo com ¼ de um abacate cortado em cubos e em seguida acrescentar mais 50 g de carne de caranguejo.
A tainha é outro peixe que também possui elevadas concentrações de ômega 3, o seu sabor delicado e levemente salgado vai bem com salada verde e legumes grelhados ou cozidos no vapor. Assá-la com ervas como salsinha, coentro, alecrim e tomilho também é outra forma de experimentar o sabor peculiar dese peixe. A sardinha, mesmo na versão enlatada, também é bastante nutritiva, além de ser um dos peixes com baixo teor de mercúrio. O seu sabor salgado e marcante combina bem com azeitonas, alcaparras, parmesão e vinagre de framboesa.

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Proteger casa contra a maresia

A grande maioria das pessoas deseja morar próximo do mar ou ter pelo menos uma casa de praia. Mas sempre vem aquela pergunta que não quer calar, casa perto do mar sempre sofre ameaças da maresia, o que faço para protegê-la contra ela. Por isso, vamos dar algumas dicas para vocês de como proteger sua casa contra aos efeitos da temida maresia.

Como manter a casa protegida da maresia

1 – Móveis: Para vocês protegerem seus móveis contra os danos que são causados pela maresia, é de fundamental importância que sempre passem óleos de peroba e ilustra móveis.
2 – Janelas: Para evitar ferrugem, prefira sempre janelas feitas com material inoxidável ou de aço. Passar verniz, também é uma excelente opção.
3 – Portões: Uma dica muito importante é sempre pintar os portões, com tinta antioxidante.
4- Pisos de madeira: Para vocês que planejam colocar pisos de madeira na casa de vocês, não esqueça que sempre terão a obrigação de passar verniz se quiserem proteger seu patrimônio da maresia.
5 – Tecidos: Prefiram revestir os móveis com tecidos poliéster, eles são mais os indicados para revestir os sofás. Quanto às cortinas, um ótimo tecido que vocês podem usar é o blecaute.
6 – Paredes externas: Como a parede é feita de concreto, o seu material é uma porta de entrada para a maresia, por isso, é interessante vocês pintarem as paredes com produtos impermeabilizantes.
7 – Paredes internas: Com o ar úmido e temperaturas altas, há uma grande chance de propagação de fungos nas paredes, desta forma, uma ótima alternativa para evitar esse tipo de aborrecimento é usar tintas especiais na qual, um de seus constituintes precisa ser os fungicidas.
8 – Eletrodomésticos: Não se tem muitas dicas de como proteger os eletrodomésticos contra a maresia, mas se por algum acaso ele se propagar pela casa de vocês e oxidar os eletrodomésticos, levem imediatamente para um eletricista, eles são os profissionais que mais entendem e podem resolver esse tipo de problema.

Alimentos que combatem o envelhecimento

As temíveis rugas da idade deixam a maioria das mulheres com os cabelos em pé, mas existe um excelente aliado para as mulheres que já começaram a notar a péssima presença de algumas pregas no rosto. Não estamos falando de plástica e dos produtos estéticos, e sim das substâncias antioxidantes encontradas na maioria dos alimentos. Essas substâncias protegem a pele contra os radicais livres, moléculas tóxicas formadas pelo corpo que atuam corroendo as membranas das células da pele e consequentemente provocam as famosas rugas. A seguir, serão dadas algumas dicas em quais alimentos vocês podem encontrar as substâncias antioxidantes contra envelhecimento.

Alimentos que combatem o envelhecimento

Alimentos que combatem o envelhecimento

Primeiro, uma alimentação saudável é de fundamental importância para o bem estar da pele de vocês, mas como a nossa ênfase são as terríveis rugas, é fundamental a ingestão de alimentos ricos em vitaminas A, C e E, zinco, selênio, bioflavonóides, carotenoides, licopeno, Ômega 3.
Alimentos ricos em vitamina A: alfafa, abóbora crua, brócolis crua, buriti – polpa, caju vermelho, cenoura, escarola, espinafre, mamão, manga, pêssego, pimentão vermelho, salsa, fígado de aves e outros animais, produtos derivados de óleo de fígado de peixe, leite e derivados, sardinha.
Alimentos ricos em vitamina C: abacate, abacaxi, abricó, acerola, banana, batata, brócolis, cantalupo, couve, couve-de-bruxelas, couve-flor, ervilhas, espinafre, grapefruit, kiwi, laranja, maçã, mamão, manga, melancia, melão, morango, papaia, pêra, pimentão vermelho ou verde, suco de Grapefruit, suco de laranja, tomate, uva.
Alimentos ricos em vitamina E: óleo de girassol, avelãs, amêndoas, óleo de milho, óleo de soja, amendoins, óleo de soja, azeite de oliva, margarina.
Alguns alimentos ricos em zinco: abacate, banana, framboesa, morango, laranja, pêssego, uvas, abóbora, brócolos, cebola, ervilha, feijão branco, nabo, pepino, repolho, tomate, arroz, centeio, farinha, pão de centeio e integral, grão-de-bico, lentilhas, soja, amendoins, castanha de caju nozes, tâmaras, uvas passas, camarão, lulas, mexilhões, carnes, chá verde, chocolate, fígado, leite e seus derivados (preferência à base de soja).
Alguns alimentos que contêm selênio: castanha do Pará, germe de trigo, farelo de trigo, cebola, tomate, brócolis.
Alguns alimentos que contêm bioflavonóides: chocolate amargo, vinho tinto, cebola, brócolis, tomate, amora, maçã, suco de uva concentrado, soja e derivados, alface, pimentão, frutas cítricas, pêra, chá preto, chá verde, lentilha, rabanete, feijão branco, cereja.
Alimentos rico em carotenoides: cenouras, batatas-doces, abóboras, alperces, meloas, papaias, mangas, carambolas, nectarinas, pêssegos, espinafres, brocolos, endívias, couve, chicória, escarole, agriões e as partes verdes de linho, nabos, mostarda, abóbora menina, aspargos, ervilhas, ginjas, ameixas.
Alimentos que contêm licopeno: tomate, melancia, goiaba, pitanga.
Alimentos ricos em ômega 3: peixe em geral, avelã,  germen de trigo, lino, alface,  soja, espinafre,  pepino, couve ,couve de Bruxelas,  abacaxi , almendras,  nozes , abóbora.

Carne Vermelha ou Carne Branca – Prós e Contras

Apesar de todas as questões contra o consumo de carne vermelha, a sua presença na alimentação humana faz-se necessária devido as grandes quantidades e variedades de nutrientes, sendo riquíssima em substâncias fundamentais para o nosso crescimento e desenvolvimento. Além disso, a carne vermelha é o alimento que contém a maior quantidade de ferro, sendo indispensável para prevenir a anemia, principalmente nos grupos de risco, que incluem crianças, gestantes e idosos em geral.
Entre outros benefícios à nossa saúde, a carne derivada dos bovinos, ovinos e caprinos é fundamental na formação do sangue e de algumas enzimas do sistema respiratório, é rica em proteínas de alto valor biológico, essenciais para o crescimento de músculos, órgãos e tecidos em geral. Outro mineral que também é encontrado em boa quantidade neste alimento é o zinco, componente que possui grande importância em muitas reações enzimáticas e que participa do crescimento e funcionamento do sistema imunológico.

Carne Vermelha x Carne Branca

Por outro lado, quando há um consumo excessivo da carne vermelha e dos cortes que possuem uma maior quantidade de gordura saturada e colesterol, esta pode trazer inúmeros malefícios. No entanto, quando o consumo é moderado e é feito em equilíbrio com demais tipos de alimentos, os benefícios são evidentes e contribuem para uma vida saudável.
Em relação às carnes brancas, estas apresentam basicamente os mesmos nutrientes da carne vermelha: proteínas de alto valor biológico, ferro, zinco, no entanto, há uma quantidade menor de gordura saturada e colesterol, além de ser mais fácil de digerir para algumas pessoas. O teor de ferro também é menor nas carnes brancas, quando comparado as taxas desse mineral presentes na carne vermelha. Mas, esses déficits são superados pelas excelentes fontes de ácidos graxos insaturados encontradas nos peixes, que trazem inúmeros benefícios à saúde.
Já em relação a carne suína, sabe-se que a composição nutricional da mesma é bem similar à carne vermelha, porém o seu teor de lipídeos é bem superior, portanto o seu consumo deve ser feito com bastante moderação.

Café da manhã ideal – Cardápio

Considerada por muitos a refeição mais importante do dia, o café da manhã é que repõe as energias gastas durante uma noite de sono, além de lhe dar disposição para realizar todas as tarefas que precisa durante as primeiras horas de trabalho ou estudo do dia.
De acordo com nutricionistas, o café da manhã ideal deve conter três elementos principais: uma porção de laticínio: leite, queijo ou iogurte, que fornecem proteínas e cálcio;  uma fruta ou um copo de suco de fruta, que fazem parte do grupo de vitaminas e minerais essenciais ao corpo; e duas fatias de pão de forma integral ou  uma caneca média de cereais ou aveia. Esses alimentos podem ser substituídos por semelhantes, desde que estes também sejam ricos em fibras e carboidratos, que demoram a ser queimados pelo corpo e por isso nos faz sentir saciados por mais tempo.

Café da manhã ideal

Para incrementar a refeição, você poderá colocar a mesa pães e geléias, biscoito e bolos, mas em quantidades menores devido a elevada taxa de açucares refinados que possuem. Quando não nos alimentamos bem ou de maneira desequilibrada no café da manhã, certamente sentiremos fraqueza e uma sensação de mal-estar, que restringe nossa capacidade de raciocínio e concentração, além de fazer com que sintamos mais fome na hora do almoço.
Outra dica para montar o seu café da manhã ideal é variar o tipo de proteína diariamente. As proteínas presentes no requeijão e nas carnes, como peito de peru e presunto são ideais para a construção dos músculos e contribuirá para tornar o seu dia mais produtivo. Confira o cardápio indicado em seguida e prepare um café da manhã ideal todos os dias para você e sua família.

Cardápio do Café da manhã ideal
- 1 fruta ou copo de suco
- 1 xícara de leite ou 1 fatia de queijo branco ou de soja (tofu)
- 1 ou 2 fatias de pão integral ou 1 pão francês com manteiga ou torradas com manteiga.


Destinos de viagem internacional baratos

Viajar para outro país já é uma realidade mesmo para quem não dispõe de muito dinheiro, alguns destinos internacionais são bastante econômicos e podem ser uma excelente opção para toda a família nas próximas férias. Praticamente todas as agências oferecem pacotes de viagem em promoção e além de permitirem que você gaste bem menos do que o esperado, os pacotes incluem hospedagem e alguns passeios locais, por isso, são mais vantajosos, principalmente para quem viajar para lugares totalmente desconhecidos.
Para os turistas brasileiros, uma das melhores opções para quem deseja sair do país gastando menos é capital argentina Buenos Aires, que possui inúmeros atrativos turísticos e uma vasta oferta cultural. Para quem busca por pacotes promocionais, a dica é ficar atento às ofertas para os Estados Unidos, República Dominicana, Caribe, Cuba ou México, para os quais há sempre promoções durante o ano.

Destinos de viagem internacional baratos

Entre outros destinos internacionais mais baratos e que oferecem diversas atrações para os turistas, estão: Austin, nos Estados Unidos; Nova Scotia, no Canadá; Oaxaca, no México; Granada, na Nicarágua; Cabarete, na República Dominicana; Varsóvia, na Polônia; Vientiane, no Laos; Cairo, no Egito; Cusco, no Peru e Rotorua, na Nova Zelândia. Se procurados em um período considerado como baixa estação, os preços podem ser menores ainda.
Todas as indicações fazem parte de pacotes que não são tão procurados pela maioria dos turistas de todo o mundo, por isso, o valor ofertado pelas agência é significativamente menor, uma vez que irá gastar menos com hospedagem, passagens e nos passeios locais. Outra forma de economizar na hora de planejar uma viagem interncaional é fazer o máximo para gastar o mínimo com as passagens. Para isso, a dica é prestar bastante atenção nas promoções relâmpago, dadas pelas companhias aéreas. Se você tem tempo disponível para viajar a qualquer momento, as passagem em “last minute” são uma boa escolha, pois visando preencher os últimos lugares vagos, as companhias lançam ofertas excelentes. Aproveite todas as dicas e consulte uma agência de viagem para programar a sua viagem internacional.

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Idiomas e Carreira – Influência do Inglês e Epanhol na carreira e salário

Além de enriquecer bastante o seu currículo, os cursos de idiomas abrem mais portas no mercado de trabalho e aumentam consideravelmente a remuneração na sua área. Pois é, de acordo com profissionais especializados no assunto, a soma de um inglês fluente, por exemplo, com as experiências necessárias faz com que a renda da pessoa chegue até mais que o dobro. No caso de profissionais como analistas da área de controladoria, cujo salário médio é de R$ 3.500, este valor poderá alcançar a faixa dos R$ 8 mil, o que representa um aumento de mais de 100%.

Idiomas e carreira - impacto no salário

A maioria das escolas de idiomas oferece turmas exclusivas para aperfeiçoamento profissional. Entre os idiomas mais procurados por quem almeja dar um salto na carreira estão o inglês, o espanhol e até o mandarim. Entretanto, é preciso ressaltar que aprender um novo idioma nos dias atuais, em que os compromissos profissionais e pessoais tomam praticamente todas as horas do dia, requer bastante disciplina e força de vontade. Além disso, antes de escolher a escola ou o curso, deve-se levar em consideração alguns fatores, tais como: tempo necessário para conclusão do curso, investimentos financeiros, horário disponível, e outros que podem dificultar a conclusão do curso mas que só são notados após o início das aulas, como por exemplo, o deslocamento do trabalho para a escola e vice-versa.
Alguns questionamentos são de fundamental importância e devem fazer parte da sua análise para escolher uma escola de idiomas. Para começar, você deve determinar um objetivo para a realização do curso, realização pessoal ou profissional. Assim, será muito mais fácil escolher um curso que se adeque as suas necessidades. Apesar de termos o mesmo grau de inteligência, sabemos que algumas pessoas aprendem mais rápido que outras, por isso a dica é que você faça uma autoavaliação e considere o seu grau de timidez e velocidade de aprendizado, pois tais características interferem diretamente no desenvolvimento de cada um.

Derrubar parede de apartamento com segurança – Como proceder

Antes de fazer uma reforma radical no seu apartamento, é preciso ter certeza de que o que será feita não irá afetar o projeto estrutural do imóvel. Atualmente, a maioria dos apartamentos possui estrutura de alvenaria, concreto armado ou alvenaria armada. No primeiro caso, as paredes limítrofes são as mais importantes, portanto a retirada cuidadosa das paredes divisórias centrais pode ser uma boa saída.
Para prédios feitos a base de concreto armado, sistema utilizado na maior parte dos edifícios no Brasil, há maior facilidade na remoção de paredes, uma vez que elas não possuem função estrutural, mas ainda assim é preciso ter atenção para nunca cortar ou abalar um pilar ou uma viga. Já os de alvenaria estrutural ou armada, as possibilidades de alterações de paredes são mínimas, praticamente nulas. É comum vermos este tipo de estrutura em sobrados financiados pelo poder público e em prédios até 10 andares.

Derrubar parede de apartamento - Como proceder

Na maioria dos casos, as paredes internas apenas separam os ambientes e não possuem função estrutural, podendo assim serem derrubadas com mais facilidade do que em casas, ou ainda serem substituídas por estruturas leves, como paredes de gesso acartonado. Antes de iniciar as obras procure um profissional experiente que identifique precisamente quais são as paredes onde estão as prumadas e os pilares, que não podem ser desviados de forma alguma.
As paredes da cozinha e do banheiro sempre merecem atenção especial, pois nessas regiões passam as tubulações para distribuição de água e coleta da água da chuva. Nestes casos, a dica é buscar o projeto do apartamento e ter a certeza de que dutos de abastecimento de água, energia, gás e cabos de televisão ou de telefone não serão atingidos. Outro detalhe importante, que também não deve ser esquecido, é avaliar os efeitos que  a obra terá no conforto térmico e acústico do imóvel após abrir ou derrubar uma parede. Após reformas mal elaboradas, os moradores costumas reclamar de aquecimento ou esfriamento de ambientes incidência de sol e de vento, ocorrência de eco, entre outros.

Revestimentos e papéis de parede na sala de estar – Dicas, Fotos

Além de serem extremamente práticos e versáteis, os revestimentos e os papéis de parede dão um toque a mais de beleza e sofisticação a qualquer ambiente. Outra vantagem é que você poderá modificar a decoração do ambiente com rapidez quando quiser e sem precisar de muito trabalho. Se você está pensando em usar um revestimento diferente para decorar a sua sala, fique atento as dicas que vamos dar agora e fique por dentro dos truques usados por decoradores arquitetos para criar e recriar novos ambientes.
De acordo com a recomendação dada por profissionais que entendem do assunto, na hora de escolher entre as inúmeras opções de padrões de cores, texturas, motivos, acabamentos e complementos existentes no mercado, deve-se dar preferência a uma composição que irá valorizar os móveis e objetos já existentes em sua residência. O ideal é escolher uma parede para se destacar das demais, em geral, a parede que dá suporte a televisão, a um grande quadro  ou que abriga a lareira é a mais valorizada.
Arquitetos explicam que no projeto estrutural é importante escolher materiais mais nobres e atemporais e deixar para ousar em itens pontuais como os móveis e as cortinas, que também podem ser renovados sem muito custo. Para quem vai começar do zero, a dica é optar pelos tons neutros ao compor os móveis da sala e liberar a criatividade para as poltronas e almofadas, que são peças coringa, pois se você simplesmente trocar os tecidos, fará uma boa diferença na decoração.
A tendência atual dos revestimentos para salas é usar a madeira, que também pode ser usada como painel. Em todo caso, as mais utilizadas são as mais rústicas, jateada com as tábuas unificadas ou a madeira de demolição. Observe as fotos abaixo e comece a planejar como será a decoração da sua sala.

Revestimento e papéis de parede para sala – Fotos de modelos decorados


Revestimentos e papéis de parede na sala - Dicas, fotos
Revestimentos e papéis de parede na sala - Dicas, fotos
Revestimentos e papéis de parede na sala - Dicas, fotos
Revestimentos e papéis de parede na sala - Dicas, fotos