PUBLICIDADE

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Melhor treino para ganho de massa muscular

Programar corretamente o seus treinos de musculação é a melhor forma de alcançar os resultados desejados de uma forma mais rápida e objetiva. Em todos os tipos de atividades físicas vale a regra de que cada organismo reage de uma forma diferente a um mesmo estímulo, além disso, com o tempo o próprio corpo se adapta àquela atividade e começa a responder de uma forma mais lenta. Fique atento as informações que vamos dar agora e saiba quais são os tipos de treinamento recomendados para alguns dos objetivos mais buscados com a musculação.
Se o seu treinamento visa a hipertrofia muscular, ou seja, um aumento na secção transversa do músculo, que promove um aumento no seu tamanho e no número de filamentos de actina e miosina, além de adição de sarcômeros dentro das fibras musculares já existentes, são recomendadas de 6 a 12 repetições com carga entre 67% e 85% 1 RM. O programa compreende ainda mais de 3 séries por grupo muscular, com uma freqüência semanal  de de 1 a 3 dias para o mesmo grupo muscular, intervalo de 48 a 72 horas entre as seções, descanso menor que 1 minuto e 30 segundos entre as séries e os exercícios e velocidade lenta para execução dos exercícios.

Melhor treino para ganho de massa

Para aumentar a força muscular, deve-se seguir o seguintes programa: Menos de seis repetições, com carga superior a 85% de 1RM, isto é, cargas próximas a máxima, mais de 4 séries por grupo muscular, com uma freqüência semanal de 2 a 3 dias por semana, com intervalo de 48 a 72 horas entre as seções, descanso de em média 3 minutos entre as séries e os exercícios e velocidade lenta para execução dos exercícios.  Mas, se o seu objetivo é aumentar a potência dos músculos, o ideal é fazer uma combinação entre a velocidade e a força, montando um treinamento da seguinte forma: Menos de dez repetições utilizando pesos altos ou moderados, entre 30% e 90% de 1RM, a depender da modalidade escolhida, mais de 4 séries por grupo muscular, com uma freqüência semanal de 2 dias por semana, intervalo de  48 a 72 horas entre as seções, descanso maior que 3 minutos entre as séries e os exercícios e uma velocidade rápida de execução.

Cuidados com a pele masculina

Há muito tempo que os cuidados com a pele não fazem parte apenas do universo feminino. Apesar de ser naturalmente mais hidratada e de ter um ritmo de envelhecimento mais lento, devido à maior quantidade de produção de fibras de colágeno dérmico, a pele dos homens também precisa ser tratada e requer alguns cuidados especiais.
Os cuidados devem ser feitos diariamente, começando por uma limpeza mais profunda, duas vezes ao dia, de manhã e à noite, preferencialmente, para remover as células mortas, gordura e impurezas da pele. Para isso, o ideal é usar um sabonete específico para o rosto, elaborado com substâncias  específicas para desengordura a pele, sem irritá-la ou ressecá-la. Uma pele mais limpa é fundamental para melhorar a penetração do filtro solar e aumentar a eficácia de tratamento antienvelhecimento.

Cuidados com a pele masculina

Homens com a pele oleosa devem optar por produtos que regulam a produção sebácea, entre as opções mais recomendadas estão os géis,leites ou loções de limpeza sem óleo, evitando sempre aqueles que possuem excesso de álcool. Para os que possuem pele normal ou seca , deve-se dar preferência aos leites ou loções de limpeza, que ajudam a manter a aparência saudável da pele sem ressecá-la.
A dica para evitar irritações e aqueles pelos encravados que podem surgir no rosto depois do barbear é utilizar cremes pré-barba, que hidratam a pele e amolecem os pelos, facilitando assim a ação da lâmina.  O filtro solar também fazer parte do cuidado diário, principalmente para os homens que se expõem de forma intensa por praticar esportes ao ar livre de forma regular, que devem se proteger usando bloqueadores solares. Para evitar o aparecimento de cravos, espinhas e até cicatrizes decorrentes da acne, a recomendação dos dermatologistas inclui: evitar exposições exageradas ao sol e ter mais cuidado com a alimentação, dando preferência às frutas, verduras e legumes.

Carboidratos e Hipertrofia

Os carboidratos são parte fundamental do processo de hipertrofia, uma vez que fornecem a quantidade de calorias necessárias para o crescimento muscular, além de servirem como combustível para um treino pesado. Para aproveitar bem todas as propriedades dos carboidratos e alcançar os resultados esperados, dê preferência aos carboidratos de baixo índice glicêmico, como os encontrados em alimentos como batata doce, pão integral, arroz integral e aveia. Por possuírem uma cadeia longa de açucares, esses carboidratos levam muito mais tempo para serem absorvidos, permitindo que o nível de açúcar no sangue fique estável, controlando a insulina e mantendo um nível constante e gradativo de energia.
Segundo a recomendação de nutricionistas, deve-se dividir as refeições com carboidratos em seis refeições distintas durante o dia, desta forma, a insulina será estimulada de forma uniforme para criar um estado anabólico que propicie a hipertrofia muscular. Após os treinos, o ideal é consumir carboidratos simples como os encontrados no mel, açúcar mascavo e dextrose, que são digeridos de forma rápida e fácil.

Carboidratos e Hipertrofia

Além disso, no pós-treino a ingestão de carboidratos ajuda a prevenir perda de massa muscular, a recuperar o glicogênio perdido e impedir que o corpo use a proteína como fonte de energia. Outro momento ótimo para ingerir carboidratos é ao acordar, pois o nível de açúcar no sangue e o glicogênio também estão baixos por causa da noite inteira de sono. Assim, você estará ajudando ao seu organismo a recuperar mais rápido esta carência por carboidratos.
Alguns momentos, como antes de dormir, são péssimos para consumir carboidratos, pois o metabolismo está mais lento e os mesmos podem interferir na liberação do hormônio de crescimento e ajudar no acúmulo de gordura durante o sono. Outra dica importante é consumir carboidratos com proteína, pois juntos eles conseguem minimizar os riscos de armazenamento gordura, além de evitar que a próprias proteínas sejam utilizadas como fonte de energia.

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Retenção de líquido – Como evitar

É muito comum as mulheres se queixarem de inchaços em algumas partes do corpo durante o período menstrual. Elas chegam a ganhar até dois quilos rapidamente e os seus seios e abdômen ficam doloridos e maiores. Normalmente esse inchaço dura apenas alguns dias. É importante lembrar que a retenção de líquidos não tem relação apenas com a menstruação, pode ser causado também por consumo de alimentos com muito sal, a falta de exercícios físicos, excesso de peso, calor e TPM. .
Para descobrir se o seu corpo está ou não retendo líquidos, basta fazer uma pressão na região do tornozelo com o dedo indicador por cinco segundos e soltar em seguida. Se a pele demorar a voltar ao normal, as chances de haver a retenção de líquido são grandes. Mas antes de se assustar com o resultado, é preciso procurar o auxílio de um médico especialista. Confira abaixo, algumas dicas simples que você pode incorporar ao seu dia a dia para combater o inchaço.

Retenção de líquido-Como evitar

Como evitar a retenção de líquido

Ingerir muita água – Melhora a circulação;
Hidrate seu corpo – Massagens com hidratantes corporais relaxantes ativam a circulação;
Pratique exercícios – Faz bem para a circulação e ajuda a controlar o peso;
Reduza a quantidade de sal nas refeições
Fazer uso de meias compressivas – Facilita a drenagem;
Outro ponto bastante importante também é realizar uma alimentação saudável. A seguir, uma lista de alimentos que podem ajudar a prevenir a retenção de líquidos.
- Pepino, abobrinha, chuchu, alface, abacaxi, pêra, morango e melancia-Possuem um grande teor de água;
- Laranja, tomate, banana e manga-Ajuda no desaparecimento da inchação;
- Melão, salsão, aspargo, agrião, rúcula e almeirão- Facilitam a excreção de urina;
- Folhas verde-escuras – Ativam a circulação;
Alimentos que você deve evitar:
- Repolho, couve, couve-flor e batata-doce;
- Refrigerante;
- Embutidos, como salame e mortadela e carnes, como bacalhau e carne-seca;
- Frituras;
- Doces.

Combater mofo e evitar o mau cheiro na casa

Inoportuno, o mofo entra na sua casa sem pedir licença  e vai invadindo o seu guarda-roupa deixando-os esbranquiçados, as paredes com a pintura manchada, roupas com mau cheiro até se tornar um “mal feitor” na sua casa. O mofo, popularmente chamado de bolor, é um tipo de fungo que causa destruição e mau cheiro em casas, além de serem os responsáveis pelo desenvolvimento de diversas doenças respiratórias.
A disseminação do mofo acontece porque os donos das residências deixam as janelas fechadas para que a chuva não entre e, com o forte calor, criam o ambiente perfeito: abafado, úmido e pouco ventilado. A forma mais inteligente em se evitar a disseminação do bolor é abrir as janelas das casas de vocês. Desta forma, vocês acabam garantindo a troca de ar do ambiente e insolação para retirar a umidade. Se esta dica não é viável no seu dia-a-dia, anote as seguintes dicas caseiras para acabar com o mofo.

Combater mofo e evitar o mau cheiro na casa

Mofo no guarda-roupa

Coloque um litro de vinagre fervido dentro de um vaso e deixe no guarda-roupa por três horas.
Misture água sanitária e água e passe nos locais do guarda-roupa que estão manchados.
Deixe as gavetas e portas do guarda-roupa abertas para circular o ar.
Para evitar a umidade, coloque um pedaço de giz nas gavetas.

Mofo nas paredes

Cuide sempre das infiltrações que aparecerem nas paredes de sua casa, pois são elas que originam o mofo.
Misture água sanitária e água e passe nos locais da parede que estão manchados.
Mantenha uma distância entre os móveis e a parede.

Mofo nas roupas

Nunca guarde suas roupas em bolsas plásticas.
No caso de mofo em roupa branca, deixe no molho em água sanitária.
Para remover o mofo de roupa colorida, passe na peça suco de limão.
Para retirar o mofo de seda, lave a roupa com leite e enxague com água.

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Tênis de corrida – Como escolher o tênis apropriado

Escolher o tênis adequado é um dos detalhes mais importantes que devem ser observados por quem vai começar a fazer atividades físicas como corrida e caminhada. Para a maioria das pessoas o sistema de amortecimento é o mais importante, entretanto, é preciso estar atento a outras qualidades que também devem ser levadas em consideração, entre as quais estão estabilidade, flexibilidade, leveza, conforto e durabilidade.
Para garantir mais conforto deve-se seguir uma regra básica, mas que é ignorada por muita gente, por isso tenha mente que é o formato do tênis que deve se adequar ao do seu pé,  e não o contrário. Assim, se você tiver arco do pé muito baixo ou pé chato, encontre um tênis de corrida com a área logo abaixo da planilha em molde reto, se o arco do pé for de altura média, o ideal é um tênis de corrida semi-curvo, se o arco do pé for alto, um tênis curvado é a melhor opção. Além de ser desconfortável, escolher um tênis que tenha um formato contrário ao do seu pé irá lhe causar dor, bolhas e calos.

Tênis de corrida - Como escolher, dicas

As palmilhas também devem ser examinadas atentamente. Antes de comprar o tênis de corrida, retire as palmilhas e observe se o material de que são feitas são aquelas espumas frágeis de EVA que não oferecem nenhum conforto aos seus pés. Neste caso, só valerá a pena se o tênis tiver todas as demais qualidades e se você substituir as palmilhas posteriormente por outras com materiais mais macios e que ofereçam melhor suporte.
Observe ainda se o solado está adequado, a dica é optar pelos tênis que tenham a cor cinza na borda da parte de dentro do solado, pois esses são tênis de estabilidade desenvolvidos exclusivamente para manter seus pés alinhados quando você corre. Com base nestas informações, agora você já tem base para fazer uma compra mais técnica, avaliando a flexibilidade do calçado, o que pode ser feito observando a dobra na base do dedão, experimentando-o para ver se a forma se adequa ao formato do pé, estudando o cabedal, parte de cima do tênis, para ver a ventilação, o acabamento que deve ser sem costuras, se possível e a qualidade do material empregado.

Comer de 3 em 3 horas – Benefícios

De acordo com nutricionistas, comer de três em três horas ajuda a perder a barriga, a diminuir a ansiedade, além de melhorar a disposição para enfrentar a correria do dia a dia. Pois é, ao contrário do que muita gente pensa, fracionar a alimentação diária é importante para manter o metabolismo funcional, evitar fadigas, reduzir a lipogênese abdominal e diminuir aqueles súbitos aumentos de fome no meio da manhã ou da tarde. Mas, é preciso respeitar o intervalo máximo entre as refeições de 180 a 200 minutos, pois pode ocorrer uma maior redução da liberação do cortisol, o hormônio responsável pela manutenção da nossa produtividade energética diária.
Passar muito tempo sem comer, só fará com que você sinta mais fome, uma vez que o jejum prolongado faz com que se instale um quadro de hipoglicemia, devido ao aumento da produção de insulina, além de haver uma crescente liberação de uma substância conhecida como neuropeptídeo Y, que possui papel de aumentar a vontade de comer. Assim, quem se alimenta de forma saudável em períodos curtos, acaba tendo menos fome e uma sensação maior de saciedade, ao contrário de quem faz apenas duas ou três grandes refeições ao dia, que permite que o corpo estoque gordura favorecendo a redução das atividades metabólicas e o aumento de peso.

Comer de 3 em 3 horas - Benefícios

Outra vantagem de comer mais vezes ao dia é que sentindo menos fome, você poderá mastigar com mais calma e quando um alimento é bem mastigadoé bem mais fácil de ser digerido.  Longos períodos de jejum também podem trazer outras conseqüências, além de favorecer o ganho de peso,entre elas estão: desconfortos como dor de estômago, desânimo e mau humor. Agora que você já conhece os benefícios de se alimentar de três em três horas, reorganize o seu cardápio e aproveite todas as vantagens de uma alimentação fracionada.

Como melhorar o bronzeado no verão ?

A exposição ao sol traz uma série de benefícios a nossa saúde, é essencial para estimular a produção de vitamina D, ajudando a fortalecer os ossos, aumentar a imunidade e diminuir a chance de desenvolver diversos tipos de câncer, como o de mama, além de nos proporcionar uma maior sensação de bem estar, devido a liberação de endorfina no organismo. Entranto, quando essa exposição é prolongada e ocorre sem a devida proteção,os riscos tornam-se potencialmente maiores que os benefícios, podendo causar desde insolações e queimaduras na pele, até diferentes tipos de câncer. Para obter um bronzeado perfeito é preciso começar aos poucos e nem tentar conseguir o efeito buscado em apenas um dia, siga o esquema traçado a seguir e fique com a cor dourada do verão sem perder a hidratação e o brilho natural da pele.

Como melhorar o bronzeado

No primeiro dia use um bloqueador solar com um FPS – Fator de Proteção Solar mais alto do que o de costume, para as mais branquinhas, o ideal é usar um de 60, já as morenas podem começar com 45. Quanto ao tempo de permanência sob o sol, o recomendável é de apenas de 15 a 25 minutos.  No segundo dia continue mantendo o FPS mais alto e a exposição mais curta, de 15 a 25 minutos de sol, e lembre-se que os resultados não aparecerão logo nos primeiros dias, pois a melanina, substância que dá pigmentação a pele, pode demorar cerca de 72 horas para se manifestar.
A partir do terceiro dia, você já poderá diminuir um pouco o FPS, a melanina já começará a agir e você deverá começar a tomar cuidados especiais para manter o bronzeado uniforme, esfolie levemente as partes mais grossas da pele, como cotovelos e joelhos, para remover as células mortas e evitar que essas regiões fiquem mais escuras e capriche na hidratação.  No quarto dia, a sua pele já estará mais sensível à radição e por isso você poderá aumentar em 10 minutos a exposição direta ao sol, mas lembre-se de usar FPS 50 para rosto e áreas mais sensíveis do corpo. Nos próximos dias, diminua o FPS na meia hora de bronzeado diário e não esqueça de manter a pele bem hidrtada sempre.

Cuidados para não tomar prejuízo no seguro

Contratar um seguro para o seu veículo não é garantia total de tranqüilidade em relação a possíveis danos que possam acontecer com o seu meio de transporte. De acordo com especialistas no assunto, é preciso estar atento a uma série de detalhes importantes e fundamentais para evitar decepções e prejuízos na contratação ou renovação do seguro. Por conta das inúmeras reclamações e denúncias feitas por clientes insatiseitos com esses serviços, profissionais do PROCON listaram uma série de reomendações que devem ser seguidas por quem deseja contratar uma seguradora com maior confiança, fique atento as informações e evite preocupações futuras.
O primeiro cuidado é checar se o corretor e a seguradora possuem registro na Susep – Superintendência de Seguros Privados e antes de assinar qualquer documento, solicite a minuta da proposta e leia atentamente para conhecer as condições gerais do contrato. Se tiver dúvidas,  procure orientação em órgãos de defesa do consumidor e não concorde ou assine com nada antes de esclarecê-las.
Cuidados para não tomar prejuízo no seguro
Alguns detalhes são estabelecidos pela seguradora e caso você não concorde, o melhor a ser feito é procurar outra empresa que ofereça condições mais adequadas para você. A empresa é quem tem liberdade para decidir sobre o valor pago pelo seguro do bem e o valor da franquia, quantia não coberta pela apólice do seguro em caso de sinistro, e do bônus, desconto especial dado ao segurado no valor do prêmio.
A contratação dos seguros automotivos podem ser feitos basicamente de duas maneiras: através do valor de mercado referenciado, quantia determinada de acordo com a tabela de referência de cotação para o mercado, a Tabela Fipe, previamente fixada na proposta de seguro; ou por meio do valor determinado do bem, neste caso será fixada uma quantia, estipulada na proposta e que pode ser objeto de negociação entre as partes, nesta modalidade  o consumidor poderá solicitar que sejam segurados acessórios instalados, reformas, entre outros.
Entre outras recomendações, os consumidores deverão ficar atentos aos prazos de aceitação do seguro, ter cuidado com as promoções e dar respostas verdadeiras no questionário proposto pela seguradora.

Como pedir aumento de salário ao chefe

Salário é um assunto polêmico e delicado. Todo funcionário trabalha atrás de reconhecimento financeiro, mas qualquer um pagaria para não ter de pedir. Esperar o limite, ficar insatisfeito demais e desmotivado não é uma boa estratégia. O funcionário não dá resultado e a empresa não recompensa, o que vira uma bola de neve com um final nada feliz. Desta forma, a seguir, há algumas dicas de quando for argumentar aumento salarial para o seu chefe.

Como pedir aumento salarial na empresa

Saiba como argumentar para pedir aumento a seu chefe

1 – O tempo recomendado para o pedido de aumento salarial é após um ou dois anos na empresa ou no cargo e o trabalhador não deve estipular o percentual de aumento porque poderá até ser mais baixo do que receberia. Você pode mencionar que fez uma pesquisa e indicar a faixa salarial que encontrou, mas deixar em aberto para receber a proposta;
2 -É preciso escolher um momento oportuno. Jamais podemos deixar o chefe acuado.  Sempre é bom falar das conquistas profissionais em vez de colocar necessidades pessoais. Para ser objetivo, o melhor é preparar o que vai falar antes;
3 – Jamais chantagear o chefe, dizendo que recebeu o convite de outra empresa, além de ser sempre falho, é uma tentativa suicida, pois pode levar o funcionário realmente a perder seu emprego. A estratégia é se fazer necessário. Se você é necessário, você ficará na empresa a vida toda, vai ser promovido e como consequência terá o aumento tão desejado. Você tem que fazer bem a sua função e agregar à empresa;
4 -Outro ponto importante é que não adianta você ficar mais horas no seu trabalho, ele tem que ser produtivo, de qualidade;
5 – O funcionário não deve, em hipótese alguma, comparar o valor ou as qualificações de outro empregado para pedir o aumento. O aumento de salário deve ter como base os próprios méritos, uma vez que cada profissional é único;
Após seguir todas essas instruções e mesmo assim se o seu pedido de aumento for negado, você poderá demonstrar a sua insatisfação, mas não deve ameaçar ou dizer que ficou desmotivado e por consequência deixar desenvolver o mesmo trabalho de antes. Se não tiver perspectivas de uma reavaliação, o empregado deve se abrir para o mercado, onde aparecerão outras oportunidades.

Glutamina – O que é, como tomar, benefícios e riscos

A Glutamina,  aminoácido mais abundante no tecido muscular, é fonte de um dos mais poderosos suplemento alimentares ideal para prática de atividades físicas extenuantes ou para quem deseja aumentar a massa muscular. Em período de estresse físico, ou muscular mais especificamente, como acontece nos exercícios físicos intensos e treinamento com peso, os níveis de glutamina reduzem significativamente, o que pode levar a perda muscular e diminuição da função imunológica.
Neste sentido, o aminoácido tem sido bastante utilizado para auxiliar no aumento e na manutenção da massa muscular por proporcionar os seguintes benefícios:  Redução da quebra de tecido muscular e estímulo do crescimento dos músculos; Estímulo ao aumento de volume da célula, o que favorece o crescimento muscular e auxílio na entrada dos aminoácidos nas células musculares para melhorar a recuperação após atividades fisicas.  Todas essas vantagens trazidas pelo suplemento já foram comprovadas em pesquisas científicas que mostram que a glutamina ajuda os atletas a reduzir a deterioração dos músculos decorrente do maior uso da glutamina presente no tecido muscular.

Glutamina - O que é, benefícios, riscos

Os suplementos de glutamina estão dispostos em basicamente duas formas: L-Glutamina e em peptídeos. Por ser uma aminoácido presente naturalmente em nosso organismo, o seu uso não traz riscos para saúde se consumida da forma  correta. Entretanto, em doses excessivas a L-Glutamina  pode trazer pertubações estomacais, por isso é tão importante seguir os limites e doses diárias estabelecidas para cada caso.
De acordo com o recomendado por nutricionistas, a glutamina deve ser consumida regularmente ao longo do dia, contudo, alguns momentos como após a atividade física e antes de dormir, são mais importantes e necessários. Além disso, é preciso estar atento aos demais suplementos que também estão sendo consumidos, pois em alguns casos os efeitos isolados da glutamina podem ser diminuídos, uma vez que há indícios de que pode haver uma competição pela utilização deste com outros aminoácidos no organismo.

Petiscos descomplicados para fazer nos feriados e finais de semana

 

É muito bom receber os amigos em casa aos finais de semana e nos feriados, mas muitas vezes, a gente fica meio sem inspiração sobre o que servir. Que tal petiscos? É uma ótima opção, fácil, rápida e barata! Vamos mostrar agora algumas receitinhas que vão tirar você do sufoco na hora de oferecer algo aos convidados.

PIZZA PÃO

Ingredientes:
  • Pão de forma
  • Molho de tomate
  • Orégano
  • Mussarela
  • Presunto
  • Tomate
 Modo de Preparo: Prepare o molho de tomate a seu gosto e coloque-o sobre as fatias de pão, depois faça uma camada com 1 fatia de presunto, uma camada  com 1  fatia de mussarela, outra camada com 1 fatia de tomate e salpique orégano a gosto por cima de tudo. Depois é só levar ao forno pré aquecido até que o queijo derreta.


PROVOLONE A MILANESA

Ingredientes:
  • Provolone em cubos
  • Um ovo
  • Farinha de trigo
  • Farinha de rosca
  • Sal a gosto
Modo de Preparo: Passe os cubos de provolone no ovo batido com sal e depois passena farinha de trigo, em seguida passe novamente no ovo e em seguida na farinha de rosca. Depois é só fritar até dourar.

Vantagens da comida preparada no vapor


Preparar comidas no vapor é muito prático, rápido e saudável. Hoje em dia as pessoas andam tão preocupadas em se alimentar de uma forma mais saudável, mas sempre dão como desculpa a falta de tempo para preparar os pratos e etc. O cozimento a vapor é bem simples porque não precisa de equipamento específico para isso, pode ser preparado em qualquer panela adaptando um escorredor de macarrão. Nesse tipo de preparo, o tamanho, a forma e a composição nutricional dos alimentos sofrem pouca alteração, porque eles não ganham nem perdem água, como ocorre em outros tipos de cozimento, ou seja, a comida fica muito mais gostosa.
 Com esse processo você pode preparar até frutos do mar e conseguirá resultados como legumes mais crocantes e carnes macias e suculentas.
cozimento no vapor preserva 84% das vitaminas do brócolis, por exemplo, contra 40% do cozimento em água fervente. O mesmo acontece com a couve, a couve-flor, a batata, a cenoura, o espinafre e a beterraba. Portanto, se você consumir alimentos cozidos no vapor, estará ingerindo o dobro de nutrientes!
É muito importante respeitar o tempo de cozimento dos alimentos, 10 minutinhos para legumes e verduras e de 15 a 20 minutos para peixes e frutos do mar. Evite ficar abrindo a tampa pra não interromper a circulação do vapor. Corte os alimentos em pedaços não muito grandes, para que o cozimento seja rápido e uniforme.

Dica esperta
Jamais salgue os legumes antes de cozinhá-los. Isso pode tirar a cor e a umidade do alimento. Para temperar a água, use louro, alecrim, tomilho, alho e sal. Se o prato for peixe ou frutos do mar, prefira pimenta-do-reino, sal ou limão.

Dieta do Metabolismo – Como fazer

Para você que está com dificuldade para perder peso, sente-se cansado, sem energia e sem disposição, conheça a dieta do metabolismo e saiba como equilibrar seu organismo com um cardápio saudável e perder peso com mais facilidade. A dieta consiste em três fases: Remoção, Reestauração e Reequilíbrio. Confira todas as dicas e comece hoje mesmo a seguir esta dieta.
Na primeira fase, você deverá eliminar do seu cardápio diário todos os alimentos que estimulam o armazenamento de gordura, como por exemplo: os adoçantes artificiais, que faz com que a queima de calorias de doces não seja tão eficiente; os conservantes e colorantes artificiais, que prejudica o funcionamento da tireoide e do fígado; os glutamatos, encontrados em alimentos processados principalmente no caldo de carne, em molhos prontos, conservas e sorvete cremoso; nas gorduras hidrogenadas, presentes em salgadinhos, pães, tortas e bolachas frescos, entre outros.

Dieta do metabolismo - Como fazer

Na segunda fase, de restauração, você irá incluir em seu cardápio todos os alimentos que favorecem a perda de gordura. Por isso, esforce-se para complementar a sua alimentação com alho e cebola, que são desintoxicantes; carnes e ovos, que devido a presença de alguns aminoácidos, pode controlar o apetite e colaborar na redução da gordura; feijão, que aumenta a queima de gordura; as frutas vermelhas como os morangos, amoras e pitangas; frutas e vegetais coloridos; grãos integrais, nozes e sementes; alimentos lácteos, como  iogurte desnatado e algumas verduras como o espinafre, acelga e alface, que possuem altas concentrações de fibras e magnésio, benéficos para a tireóide e para o metabolismo.
A última fase, o reequilíbrio, você deverá colocar em prática  as regras para um emagrecimento duradouro e natural. Entre as recomendações a serem seguidas, estão: comer a cada quatro horas, ficar satisfeito na refeição, tentando sentir que comeu o suficiente e combinar os alimentos corretamente, incluindo incluir proteínas, gorduras e carboidratos em cada refeição.

Dicas para economizar na viagem de férias

Está planejando viajar com a família nesss férias? Saiba o que fazer para economizar e garantir um passeio tranquilo, sem precisar se endividar pelo resto do ano. Acertar todos os detalhes com antecedência é a melhor forma de planejar uma viagem, por isso o ideal é saber o preço das passagens, o valor do hotel, fazer uma previsão de quanto se gastará com alimentação e com passeios no local.
Especialistas em finanças pessoais afirmam que apostar em um pacote de viagem é sempre mais vantajoso, uma vez que os negócios para um grupo também traz mais benefícios para as operadoras, que por sua vez conseguem bons descontos em passagens aéreas e hospedagens. Por outro lado, é preciso estar atento as ofertas de um pacote de viagem, apesar de parecer mais barato e econômico, pagar a viagem em inúmeras parcelas com juros elevados não é uma boa alternativa. Por isso, planeje as férias com atecedência e pague o pacote turístico à vista.

Dicas para economizar na viagem de férias

Para quem não sabe nada do local que irá visitar, a dica é buscar informações na internet, em fóruns de discussão ou em blogs, pois nesses grupos virtuais há dicas de pechinchas em hotéis ou reclamações de quem pagou caro por serviço ruim. Além disso, se você preferir comprar a passsagem pela internet, opte pela sexta-feira, pois devido as desistências de última hora as empresas disponibilizam passagens a preços baixíssimos para não ficarem no prejuízo.
Para quem vai para o litoral, vale a pena levar junto a bagagem do carro a maior parte possível dos alimentos que serão necessários durante o período de férias, uma vez que tudo é mais barato na cidade e nas grandes redes de supermercado no litoral costumam ter preço mais altos.  Outra recomendação é fazer uma pesquisa e buscar informações sobre a distância entre os pontos turísticos da cidade e decidir se você economizará mais com táxi ou se será melhor fechar um pacote com uma empresa de locação de carros.

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Sucos para Bebês – Refrescante, para dormir e aumentar imunidade

A partir dos seis meses de vida, as crianças já podem começar a experimentar sabores diferentes do leite materno, é a partir desta fase que os primeiros sucos podem começar a incluídos no cardápio delas. Além de ter um sabor agradável para o bebê, os sucos devem ser nutritivos e conter alguns dos nutrientes que são essenciais para o bom desenvolvimento de toda criança. Confira as receitas abaixo e aprenda a preparar sucos nutritivos e deliciosos para o seu bebê. Lembre-se de usar sempre frutas frescas e de evitar usar adoçantes artificiais ou açúcar branco.

Receitas de Sucos para bebês



Suco refrescante
Ingredientes: Meia fatia de melancia; Meia pêra; 1 colher de sopa de folhas de hortelã (12 g); Meio copo de água.
Modo de preparo: Lave, corte, coloque as frutas no liquidificador e bata tudo.
Suco bom para dormir
Ingredientes: Meia pêra pequena; 1 xícara de chá de camomila frio; 1 colher de açúcar mascavo.
Modo de preparo: Faça o chá e espere esfriar. Em seguida, limpe a pêra, corte, e coloque junto com o açúcar e a camomila para bater no liquidificador.
Suco de uva enriquecida
Uva enriquecida
Ingredientes: Meio copo pequeno de suco de uva orgânico; Meia pêra pequena; 1 colher de sopa de quinua em flocos; Meio copo de água.
Modo de preparo: limpe bem a pêra, pique e misture aos outros ingredientes no liquidificador.
Suco para melhorar a imunidade
Ingredientes: ¼ de cenoura crua; 200 ml de água; 1 colher de sobremesa de mel de abelha ou açúcar mascavo; Meio talo de salsão; Meio dente de alho.
Modo de preparo: limpe bem os vegetais, pique a cenoura, o dente de alho e o salsão. Bata tudo no liquidificador e sirva.
Suco recheado de vitaminas
Ingredientes: Meia maçã vermelha; ¼ de cenoura crua; 3 colheres de sopa de espinafre refogado; 1 colher de sopa de gérmen de trigo tostado; 1 copo de água.
Modo de preparo: Higienize os vegetais e reserve, em seguida, raspe a casca da cenoura e pique. Corte em pequenos pedaços a maçã e o espinafre. Depois disso, bata tudo no liquidificador e, para finalizar, acrescente o gérmen de trigo.
Suco rico em nutrientes
Ingredientes: 5 morangos médios; ¼ de mamão papaia; ¼ de uma maçã vermelha; 1 colher de sobremesa de mel de abelha ou açúcar mascavo; ¾ de um copo médio de água.
Modo de preparo: Pique as frutas, junte no liquidificador e bata por alguns instantes.

Curso de gestante grátis

Nem todas as futuras mamães podem se dar ao luxo de cuidar exclusivamente do bebê que estar por vir durante toda a gestação, a maioria delas precisa trabalhar em tempo integral e quase não sobra tempo para descansar e buscar terapias e cursos que a ajudem a passar por essa fase sem nenhuma complicação. Entretanto, hoje já é possível acompanhar cursos para gestantes sem precisar sair de casa. No site indicado em seguida, você encontrará um curso de gestante online com uma série de 21 aulas em vídeo totalmente gratuitas.
Além de dar todas as informações necessárias e esclarecer as principais dúvidas das gestantes sobre a gravidez, o conteúdo elaborado com a colaboração de renomados especialistas da maternidade do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, dá mais segurança para as mulheres na hora do parto. As aulas podem ser assistidas a qualquer momento e ao final de cada vídeo, é possível imprimir um resumo e formar uma apostila e ler sempre que precisar.
Ao final das aulas também há um teste para avaliar o que as mamães aprenderam, as que acertarem pelo menos metade das questões receberão um certificado de conclusão ao final do curso. Confira o conteúdo programático do curso recomendado e aproveite.


Curso para gestantes online grátis

Aula 01 – Os sintomas da gravidez
Aula 02 – As transformações na primeira metade da gravidez
Aula 03 – As transformações na segunda metade da gestação
Aula 04 – A gravidez de gêmeos
Aula 05 – A atividade física na gestação
Aula 06 – Alimentação na gravidez
Aula 07 – Relaxamento e alongamento
Aula 08 – Diabete na gestação
Aula 09 – A prematuridade
Aula 10 – A pré eclampsia
Aula 11 – O parto normal
Aula 12 – O parto cesariano
Aula 13 – Os tipos de anestesia
Aula 14 – Sinais do parto
Aula 15 – Cuidados com o recém nascido na sala de parto
Aula 16 – Os cuidados com o recém nascido
Aula 17 – A troca de fraldas
Aula 18 – O banho do bebê
Aula 19 – A amamentação
Aula 20 – A amamentação de gêmeos
Aula 21 – O pós parto

Acesse: http://bebe.abril.com.br/curso-de-gestantes

Dieta desintoxicante para limpar organismo

Quer aproveitar todos os benefícios de uma dieta desintoxicante? Pois é, além de fazer uma verdadeira limpeza no organismo, essa dieta ajuda na perda de peso, uma vez que também auxilia na eliminação organismo de alguns resquícios deixados por alimentos com poucas substâncias nutritivas. Siga o cardápio proposto abaixo, durante sete dias, e sinta todos os benefícios de estar com o organismo mais leve. Lembre-se de evitar alimentos com glúten e enlatados, carnes de porco, açúcar, mel, refrigerantes, bebidas alcoólicas, leite e café.

Dieta desintoxicante – Cardápio


07h – Café da Manhã
Copo de suco (2 frutas, 1 legume); 1 fatia de pão sem glúten e queijo magro ou peito de peru.

10h – Lanche

1 fruta com 2 castanhas

13h30 – Almoço

Acompanhamento: (Escolher uma das opções para cada dia da semana): 2 colheres de sopa de arroz integral, 2 colheres de arroz 7 grãos, 2 colheres de arroz integral com shitake, 2 colheres de arroz integral com salsinha, 2 colheres de arroz com orégano.
Prato principal: Salmão assado com manga (200 gr.), Filé de peixe, Frango grelhado, Sardinha grelhada, Panqueca de quinoa, Frango assado com legumes refogados, Peixe cru (6 unidades).
Guarnição: Milho cozido, Aspargos cozidos, Brócolis, Escarola refogada, Acelga refogada, Abóbora, Escarola refogada.
Saladas: Use Alface, acelga, cenoura, erva doce, soja cozida, tomate, caqui, ervilha torta, chuchu, pepino, agrião, abobrinha, vagem, repolho, grão de bico, cereja, milho, rúcula.

15h30 – Lanche da Tarde

Iogurte light com 1 colher de sopa de granola; 2 torradas integrais com 1 polenguinho light; 1 fatia de pão de quinoa com geleia / queijo magro, peito de peru; Tapioca (tomate refogado).
17h – Lanche 2
1 barrinha de cereais e Bananinha

20h: Jantar (Escolher uma das opções para cada dia da semana)

Wraps e salada de folhas verdes; Omelete de espinafre (2 claras, 1 gema ); Tabule de quinoa ( 2 colheres de sopa ); Panqueca de quinoa e salada de folhas verdes; Torta de quinoa e saladas de folhas verdes.

22h – Ceia

Tomar 1 xícara de chá de camomila, erva doce e erva cidreira com 1 barrinha levita.

Muay Thai – O que é, Benefícios

O Muay Thai, ou boxe tailandês, é um tipo de arte marcial criada pelo povo tailandês há mais de dois mil anos com o intuito de proteção pessoal nas guerras e como forma de exercício. No entanto, este tipo de luta é diferente de outros tipos de artes marciais, como o Jiu-Jitsu por exemplo, uma vez que no Muay Thai todos os golpes objetivam terminar a luta, não existe nenhum golpe para paralisar o adversário, mas sim nocauteá-lo. Entre as princiais características dos golpes utilizados nesta luta são as joelhadas e cotoveladas, mas outros como os que utilizam os punhos (Mhad), os chutes (Dteh), o Clinchê (Plam), as defesas (Pongkan) e os chutes, também fazem parte da filosofia básica.
Apesar de ser bastante agressiva, o Muay Thai vem ganhando cada vez mais praticantes por conta dos inúmeros benefícios que a prática traz para o corpo. Além de desenvolver um ótimo condicionamento físico e mental, concentração e auto-confiança, os treinamentos podem ajudar as crianças e adolescentes a terem um melhor desempenho nas atividades que realizam devido ao maior poder de concentração que adquirem.

Muay Thai - O que é, benefícios

Os treinos são praticados geralmente em academias, onde há profissionais capacitados para ministrar aulas e conduzir os alunos com os princípios da luta. A maior parte da aula que dura em média uma hora e meia, é dedicada a exercícios aeróbicos que são divididos por estações, semelhante ao que ocorre em aulas de circuitos. Os alunos pulam corda, fazem polichinelo, correm em volta de cones, saltitam, fazem flexões de braço e muitos outros exercícios. Assim, além do bom desempenho físico que se adquire com o tempo, também há um grande gasto calórico, sendo possível gastar 350 calorias por treino.
Além dos membros superiores, o Muay Thai exige bastante da musculatura de membros inferiores, principalmente nas atividades que envolvem os chutes. Por isso, braços, pernas, costas e a região do abdômen ficarão bem definidos.

Macarons: a guloseima da vez!


Saborosos, coloridos, diferentes e com um ar de sofisticação! Assim são os macarons, a novidade deliciosa que tem tomado conta das festas mais antenadas.
Os macarons conquistaram seu espaço nas mesas de lembrancinhas de casamentos e aniversários graças à versatilidade de sabores e de cores! E sua origem europeia confere elegância e glamour a qualquer recepção.
Eles são originários da Itália, mas foi na França que ganharam fama – sua receita era mantida sobre segredo absoluto, sendo uma guloseima exclusiva da nobreza. Ou seja, seu sucesso data de, pelo menos, 50o anos! Nos últimos tempos, o doce tem substituído os tradicionais bem-casados nas recepções de casamento.

A receita do macaron é super simples. Leva farinha de amêndoas, açúcar, ovos, chocolate em pó e chocolate ao leite. O recheio é super variado: nozes, amêndoas, avelãs ou castanhas – outras combinações surgem das mãos das doceiras mais habilidosas, sabores cítricos, com licores e outras variações. Por não levar farinha de trigo na composição, o doce é livre de glúten! Olha que maravilha!
Selecionamos uma receita básica de macaron, que rende cerca de 20 unidades. Quando você fizer, volte aqui e conte pra gente como ficou e qual foi a repercussão.

Receita de Macaron 

Ingredientes:

• 125 g de farinha de amêndoas (preferencialmente) ou farinha de castanha de caju
• 3 claras
• 3 colheres de sopa de chocolate em pó
• 30g de açúcar refinado
• 200 g de açúcar de confeiteiro
• 20 gotas de corante vermelho e 05 de corante verde (a mistura para obter um tom marrom)
Para o recheio Ganache:
• 1 colher (sopa) de manteiga
• 130 g de chocolate em barra ao leite
• 3 colheres de sopa de nata
Modo de fazer:
1. Em um recipiente, misture a farinha de amêndoas, o açúcar de confeiteiro e o chocolate . Passe a mistura por uma peneira para obter um pó fininho e reserve.
2. Aqueça as claras no microondas por 30 segundos, mexa até perder um pouco da viscosidade. Se necessário coloque por mais 30 segundos. Só tome cuidado para não deixar cozinhar.
3. Bata as claras numa batedeira até formar clara em neve, depois misture aos poucos o açúcar refinado.
4. Assim que formar um creme firme acrescente o corante, misturando bem.
5. Desligue a batedeira e acrescente a mistura que você peneirou aos poucos misturando com um batedor. Quando tiver bem homogêneo coloque a massa num saco de confeiteiro.
6. Forre uma forma com papel manteiga e unte-a com farinha e manteiga, esprema o saco de modo que sejam dispostas na forma 40 bolinhas, macarons.
7. Deixe descansar por 20 minutos (as bolinhas ficarão achatadas e devem ter aproximadamente 2 cm de largura cada), não esquecendo de deixar um espaço entre cada macaron.
8. Leve ao forno pré-aquecido a 170 graus por aproximadamente 15 minutos. Nos últimos 8 minutos, deve se deixar o forno entre aberto com uma colher de pau nos últimos 8 minutos
9. Deixe esfriar os macarons.
10. Se estiver difícil de tirá-los da forma sem quebrá-los, umedeça a forma com um pouco de água para que o papel manteiga absorva essa água soltanto mais facilmente os macarons.

Recheio: 

1. Derreta o chocolate no microondas, leve os ingredientes do recheio ao fogo baixo misturando bem até formar um creme liso
2. Recheie uma face do macaron e feche com outro macarron como se fosse um biscoito recheado.

Verão cheiroso: saiba como escolher perfumes para esta estação do ano


Que perfume usar no verão? Essa é a dúvida de muitas das nossas leitoras – e leitores! Muita gente acha que perfume não combina com clima quente, mas isso é uma grande inverdade. As mais famosas marcas do mundo sempre lançam edições especiais de suas fragrâncias justamente pra quem procura algo diferente para usar na estação mais gostosa do ano.
Mas usar perfume no verão requer uma série de cuidados, de pontos a que se deve estar atento, para não cometer excessos – e continuar sendo marcante, no bom sentido!
Existem algumas regras básicas para acertar na medida o uso do perfume no verão. Vamos lá!
1. “Gosto de apenas uma fragrância e sou fiel a ela, não abro mão de usá-la nem no verão!”
Neste caso, o ideal é trocar a versão EDP (Eau de Parfum) pela EDT (Eau de Toilette). As versões Eau de Toilette possuem menor concentração de óleo perfumado, portando são mais leves. Mas isso não significa que o cheiro será exatamente igual, pode haver diferenças nas notas e nas concentrações das mesmas.
2. Quais são as notas mais indicadas pros perfumes de verão?
Opte por fragrâncias mais leves, mais frescas – no caso, os florais leves (flores combinadas com notas secas de talco), os verdes (com notas de gálbano, notas verdes, capim, grama cortada), aquosos (notas marinhas e aquosas, incluindo o papiro) e os frutais (notas de melão, melancia e as berries). Notas aromáticas de lavanda, alecrim e tomilho agradam muito no verão!
Notas borbulhantes, frisantes e energizantes também são uma boa pedida no calor: a Champagne, o grapefruit, notas de  bebidas geladas (do tipo ice ou frozen), e o gengibre.
Notas calmantes e de efeito cooling também são bem exploradas em dias quentes, como o capim cidreira, o chá verde e a menta; perfumes com notas solares, minerais e que lembram de certa forma o verão também combinam muito com a energia da estação.
3. “Eu acho que verão não combina com verão”
Uma boa opção pra ficar cheirosa no verão são as colônias, as águas após o banho (para elas) e after shaves (para eles).
4. Onde aplicar o perfume no corpo durante o verão?
Aplique o perfume nos pulsos e na dobra do cotovelo ao invés de aplicar atrás da orelha ou nuca. Desta forma a fragrância fica mais distante da região nasal, aumentando a região de difusão e distanciando o foco de evaporação.
Ah, e lembre-se: PERFUME NÃO COMBINA COM SOL! Então, vai pegar um bronzeado? Nada de passar perfume, pois a reação com o sol pode deixar manchas na pele!

10 dicas sobre o uso de protetor solar pelas crianças


Esses são dias de muita praia, muita piscina, muita atividade ao ar livre! E o cuidado com a exposição dos bebês e das crianças ao sol tem que ser redobrado, afinal a pele deles é super sensível.
A exposição ao sol na infância tem sido apontada por especialistas como um dos maiores fatores de risco para o desenvolvimento do câncer de pele. É que cerca de 80% da exposição solar de toda nossa vida ocorre nos 18 primeiros anos – e essa radiação na pele é cumulativa, ou seja, não estar devidamente protegido por filtro solar adequado desde cedo pode acarretar maiores consequências no futuro.
O uso de protetores solares em crianças exige consideração especial, a pele delas tem características bem peculiares, mas os 10 princípios listados abaixo são os principais, que todo pai deve saber. Confira:
  1. Até os 6 meses de idade, não é recomendado o uso de protetores para o bebê, e justamente por isso as mães devem evitar ao máximo a exposição dos filhos ao sol. O bebê só pode tomar um pouco de sol antes das 9h da manhã e, mesmo assim, nunca diretamente, devendo estar na sombra, com camiseta e chapéu. Além disso, a pele sensível do bebê absorve mais as substâncias do protetor solar, por isso mesmo não é recomendado o seu uso nessa fase.
  2. Após os 6 meses, a criança já pode ser exposta ao sol, mas sempre em curtos períodos.
  3. O protetor ideal é aquele que reúne  proteção contra raios UVA e UVB e substâncias que hidratam a pele.
  4. Não passe no seu filho o mesmo protetor solar que você usa, pois pode causar irritação. Opte por  marcas especializadas em produto infantil.
  5. Protetores com fator de proteção 30 são os mais indicados para crianças, mas isso depende do tipo de pele. Quanto mais clara for a pele, maior deverá ser o fator de proteção.
  6. Não utilize marcas desconhecidas e dê preferência aos dermatologicamente testados.
  7. Repasse o protetor a cada duas horas.
  8. Se seu filho molhar o corpo na água, reaplique o protetor, mesmo que não tenham se passado as 2 horas desde a última aplicação.
  9. O ideal é que o protetor solar seja passado meio hora antes de expor o bebê ou a criança ao sol.
  10. Evite o sol das 10h às 17h, sendo 12h o pior horário.
Se tem uma coisa que todo mundo tem dúvida é: qual é o fator de proteção solar ideal pra minha pele? Acompanhe a relação entre o FPS e a porcentagem de proteção proporcionada pelo protetor solar.
FPS                                          % de Proteção
   2   ——————————–     50
   4  ———————————     75
   8  ———————————    87,5
  16 ———————————    93,8
  32  ——————————–     96,5

Óleo de Argan: o aliado precioso dos cabelos femininos


Foi descoberto o segredo do cabelo sempre lindo e impecável das celebridades: o Óleo de Argan!
Também conhecido como Óleo Marroquino ou Líquido de Ouro ou ainda Marrocan Oil, o Óleo de Argan é o produto do momento – a referência quando o assunto é hidratação e cuidado com os cabelos, inclusive aqueles mais judiados por químicas, alisamentos e calor excessivo. Sabe tudo aquilo que parecia sem solução? O Óleo de Argan chegou para resolver. Na primeira utilização, o resultado aparece mesmo. É o milagre líquido…
Ele acaba com a opacidade e com o frizz, funciona também como protetor solar pro cabelo, além de acumular função antioxidante e ser riquíssimo em vitamina A. Ele pode ser utilizado em todo o tipo de cabelo, inclusive nos oleosos.
Extraído da semente de um frutinho típico do Marrocos (que mais lembra uma castanha), o óleo traz maciez e brilho para os cabelos. Ao contrário do que a palavra “óleo” pode sugerir, os fios não ficam gordurosos. O cabelo absorve rapidamente a substância (por isso os resultados aparecem logo na primeira aplicação).
Conheça mais vantagens do Óleo de Argan:
  • Fecha a cutícula do fio já na primeira passada.
  • Pode ser usado como finalizador, ajudando a prevenir pontas duplas.
  • Elimina o arrepiado (o famoso frizz), diminui o volume e recupera o balanço natural do cabelo.
  • Revitaliza o cabelo com luzes, reflexos e/ou com fortes processos químicos.
  • É um hidratante natural, por isso é melhor absorvido pelos cabelos.
  • Dá força para a fibra capilar, então é ideal para cabelos muito finos ou quebradiços.
  • Rico também em vitamina A e ácidos graxos.
  • Acelera o processo de fazer escova no cabelo pois, quando aplicado antes, diminui o tempo de secagem do cabelo.
  • Combate os efeitos da umidade e repele a água – o que significa cabelo bonito, sem frizz, até em dias de chuva.
  • A hidratação dura cerca de 20 lavagens!
Você pode pedir pro seu cabeleireiro usar o óleo de Argan em algum tratamento, mas você também pode utilizá-lo em casa. Não tem segredo, é só seguir algumas orientações:
Faça um tratamento noturno: antes de dormir, espalhe algumas gotas do óleo de Argan no comprimento dos cabelos e nas pontas (nunca coloque no couro cabeludo). Se o seu cabelo foi oleoso, enxágue pela manhã.
Use antes da escova: use algumas gotas no comprimento dos cabelos e nas pontas (evite o couro cabeludo) e escove normalmente.
Use depois da escova: se optar por usar depois da escova, como finalizador, aplique algumas gotas apenas nas pontas.
Hidratação com Óleo de Argan: com o cabelo lavado, ainda úmido, aplique algumas gotas no comprimento e nas pontas e deixe por 10 minutos. Enxágue. Aplique um leave-in e reparador de pontas da mesma linha e finalize.

Azeite – a gordura do bem



A participação do azeite de oliva no cardápio da família brasileira ainda se resume à condição de tempero das saladas ou surge para realçar o sabor de massas. Nas mesas dos melhores restaurantes o produto já foi alçado à condição de ingrediente indispensável. Todo fundo de frigideira é regado com azeite de oliva e as carnes grelhadas, antes de dourar ao fogo, são mergulhadas numa mistura de azeite.

A Associação Dietética Americana apresenta evidências de que as dietas ricas em gorduras mono-insaturadas, predominantes na composição do azeite, estão diretamente associadas à redução do risco de desenvolvimento de doenças degenerativas. Entre elas estão os problemas coronarianos derivados do entupimento das artérias que irrigam o coração, mais comuns nos países ocidentais e partes da Europa que seguem dieta semelhante à dos norte-americanos. Se nos óleos comuns a fração dessa gordura chega a 50%, no azeite de oliva ultrapassa 73%.
O caminho da saúde, não exige o corte de toda a gordura da alimentação, mas que a maior parte seja fornecida por fontes vegetais e, de preferência, com predominância do azeite.
O motivo da preferência está na composição do produto, que contém substâncias capazes de melhorar a relação entre as frações de colesterol do organismo. Elas reduzem o chamado colesterol ruim (LDL, do inglês Low Density Lipoprotein) e aumentam o bom colesterol, o HDL (High Density Lipoprotein).
As gorduras saturadas são sólidas à temperatura ambiente e provem de fontes animais (manteiga, creme de leite, banha de porco e gordura contida nas carnes), com exceção apenas para o óleo de coco (com 92% de gordura saturada na composição) e palmeira.
São também as mais daninhas, pois favorecem o aumento da fração LDL do colesterol, que tende a se acumular nas paredes dos vasos e artérias, formando as placas de ateroma, geradas pela deposição de gordura e cálcio, que diminuem o calibre das artérias. Já o colesterol HDL limpa artérias favorecendo a eliminação da parcela nociva.
As gorduras insaturadas são originárias de fontes vegetais e líquidas à temperatura ambiente. Subdividem-se em poli-insaturadas (milho, soja, amendoim, girassol) e mono-insaturadas (azeite e canola).
Os poli-insaturados reduzem o colesterol bom e o ruim ao mesmo tempo. Já os mono-insaturados atacam só o colesterol ruim, elevando a presença do outro.
Os benefícios do azeite também não são imediatos: podem vir a médio e longo prazos e variam de acordo com o metabolismo. Alguns estudos mostram, por exemplo, que sinais de melhora da imunidade e do colesterol podem começar a surgir em 30 dias. Outras pesquisas indicam que a proteção do azeite de oliva reduz a incidência de artrite reumatóide após 27 semanas seguindo com uma alimentação baseada em mono-insaturados. Não custa lembrar: azeite ajuda a diminuir o número de casos, mas não cura artrite reumatóide.
O acréscimo de azeite significa também controlar a presença das outras fontes de gordura, como leites e queijos. Não custa lembrar que esses produtos não impedem a ação do óleo de oliva, mas aumentam o colesterol ruim. Seguir uma dieta pobre em gorduras originárias de fontes animais, moderar nos óleos e enriquecer com azeite aumenta a expectativa de vida.
Quanto mais gorduras ingerir, mais testosterona o teu corpo produz. A melhor gordura que funciona como fonte para a produção de testosterona, é o azeite. Foi demonstrado que o azeite faz com que seja absorvido mais colesterol para a produção de testosterona.