PUBLICIDADE

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Forno de Micro-ondas – Ter ou não?

O micro-ondas chegou para ficar, não dá pra negar. Mas será que ele é assim tão essencial quanto aparenta ser?

Eu tive um micro-ondas por alguns meses e confesso que me ajudou bastante, mas depois acabei vendendo por conta da minha mudança para Curitiba e quanto menos tralha para levar, melhor.

Desde então, consigo viver muito bem sem um. Confesso que no início achei que seria impossível viver sem ele, mas sobrevivi bravamente a crise e até hoje, por mais que os preços estejam atraentes, eu sigo sem comprar um aparelho novo.

Prós do micro-ondas:



  • Se você é daqueles que gosta de esquentar somente o prato de comida, é realmente uma mão na roda. Evita a sujeira de penelas e consequentemente, você terá menos trabalho.
  • É viciado em Hot Pocket? Aquele famoso hamburguer congelado sem graça, mas que ajuda horrores na hora da fome? Então você vai ter que comprar um, sem o maldito forno não dá para preparar o lanche.
  • Pipoca. Prepara tão rápido que você nem sente. Ah, mas esqueça aquelas sabor “manteiga”, só o cheiro dá enjoo em qualquer um.

Contras do micro-ondas

  • Não dá para fazer pão de queijo! A coisa vai ficar tão borrachuda e crua por dentro, que você sequer vai conseguir comer.
  • Pipoca feita no micro-ondas nunca terá o mesmo sabor da feita na panela, principalmente se você curte pipoca doce. A pipoca doce de micro-ondas é intragável!
  • Vai ser mais uma coisa para você ficar limpando. Se você não tiver uma diarista principalmente.
  • Se você é do tipo pão duro e gosta de economizar em tudo, lembre-se que este é um eletrodoméstico que consome energia, claro!
  • Tá, agora eu só me lembro desses contras!
Vale lembrar, que esta é minha opinião pessoal. Eu, acho que dá para viver numa boa sem este “acessório” da cozinha. Com certeza teremos leitores berrando aí do outro lado: mas como você vive sem micro-ondas?

Eu acho que se você tiver alguma outra prioridade em casa, esta é uma compra que você pode deixar pra depois.

 

Como economizar gás

Sabia que também é possível economizar gás e com isso ganhar uma redução na conta ou maior durabilidade no botijão de gás? São algumas dicas simples, que ajudar a economizar e agradar nosso bolso.


Algumas dicas para economizar gás são:

  • Assim como é bom evitar abrir a porta da geladeira várias vezes, o mesmo vale para quando estamos preparando um prato no forno. Cada vez que o forno é aberto, a temperatura interna cai, o que pode atrasar o cozimento, o que consequentemente, aumentará o gasto do gás.
  • Mantenha sempre os bocais do fogão limpos.
  • Utilize panela de pressão para cozinhar alimentos mais difíceis como feijão e carne de panela.
  • Não use o fogão onde exista passagem de ar, pois o ar fica “tentando apagar” a chama, o que eleva o consumo.
  • Risque o fósforo antes de acender o fogão
  • Cozinhe sempre que possível com a panela tampada.
São medidas simples, mas que podem ajudar bastante a aumentar a durabilidade do botijão ou então causar uma redução no valor da sua conta mensal de gás.

Dicas para conservar alimentos corretamente

Uma das dúvidas que assombram qualquer pessoa que precisa guardar qualquer tipo de alimento em casa, seja perecível ou não, é qual a maneira correta de convervar esses alimentos para que eles não estraguem fácil nem acabem perdendo a qualidade.

Vou procurar comentar como costumo guardar alguns alimentos por aqui, se você tiver uma dica e quiser compartilhar com a gente, o formulário de comentários está aberto!



  • Carne (frango, boi, porco) – Geralmente eu congelo em embalagens Ziploc (os sacos plásticos mesmo). Eles são ótimos pois não ocupam espaço no freezer. Se você não tiver freezer, na geladeira a carne só deve ser conservada por no máximo 3 dias após o corte.
  • Peixe – Gosto de comprar e consumir no mesmo dia. Peixe estraga muito rápido. A exceção fica por conta daqueles filés congelados que vendem no mercado. Uso o mesmo esquema das carnes. Coloco no Ziploc e deixo no freezer. Duram pelo menos uns dois, três meses.
  • Verduras – Outra coisa que sou chata. Compro e uso no máximo no dia seguinte. Acho que depois disso elas começam a perder o sabor e não são a mesma coisa. Lavo sempre na hora de utilizar. Quando deixo guardadas de um dia para o outro, ficam na gaveta específica da geladeira.
  • Queijos e Frios em fatias – Guardo em potes que compro especialmente pra isso e não deixo passar de dois dias na geladeira.
  • Queijos e Frios em pedaços – Guardo embalados em filme plástico. Geralmente não passam de quatro dias na geladeira.
Estes são apenas alguns exemplos de conservação que eu costumo fazer e aproveitei para relatar aqui no blog. O macete pra mim é sempre comprar tudo em pequenas quantidades. Claro que em alguns casos como quando rola aquela promoção de carnes ou frango no mercado e dá pra congelar, aí abuso e compro para outros dias também.

Mas aí, separo as porções em Ziploc para só descongelar o necessário. Felizmente perdi a vergonha de entrar no horti fruti e comprar apenas duas maçãs, quatro bananas, etc. Diga não ao desperdício.
E você, faz como para guardar os alimentos em casa?

Cuidados para contratar uma diarista

Não é todo mundo que tem tempo de fazer uma faxina ou uma arrumação na casa. Até porque conheço muita gente (myself included) que simplesmente não gosta de faxina, produtos de limpeza e afins.

Mesmo trabalhando em casa, nunca sobra tempo para gastar com limpeza. Claro que minha pia não fica lotada de louça suja e se rola algum imprevisto com sujeira, a gente resolve na hora. Mas aquela limpeza pesada tem que ser feita por uma profissional.

Na hora de contratar uma diarista, é preciso muito cuidado. A grande maioria trabalha fora e a pessoa trabalharia sozinha na sua casa. Por isso, uma pessoa de confiança é fundamental. Eu não confio nem em agências, pois sabe como é, fico sempre pensando no dia em que se precisar dispensá-la, não correrei o risco de sofrer uma represália.



Pesquise entre as suas amigas, colegas de trabalho e nos primeiros dias, tente não deixar a pessoa totalmente sozinha na sua casa. É sempre bom manter um pé atrás nessas horas. Mas, nunca deixe transparecer que você está ali “tomando conta”. Nem preciso dizer que todos os valores e quantidade de dias trabalhados devem ser combinados previamente e se possível, o faça por escrito.

É necessário criar uma relação de confiança e caso não esteja satisfeita com o serviço, converse e mostre os pontos em que a diarista está errada. Se não houver acordo, não tenha medo de dispensá-la e procurar outra profissional.

Dicas para acabar com as formigas

Tem coisa mais irritante do que uma cozinha cheia de formigas? Em cidades quentes, é fácil encontrá-las. No meu antigo endereço, bastava deixar um grãozinho de açúcar para a festa começar. E não adianta, só sumiram com muita detetização. Mesmo assim, uma ou outra ferozmente aparecia para infernizar.

Hoje resolvi procurar por algumas dicas para acabar com as formigas. Estarei compartilhando aqui com vocês, não cheguei a testá-las, porém se alguém já o fez, sinta-se a vontade para dizer se funcionou ou não.



Dica 1: Separe água, detergente e vinagre. Em um recipiente, prepare uma mistura de 500ml utilizando 80% de água, 10% de vinagre e 10% de detergente. Coloque a mistura em um borrifador e espalhe nas áreas afetadas. Dizem que o efeito é imediato.

Dica 2: Espalhar ácido bórico misturado com querosene e açúcar em  locais onde as formigas costumam passar.

Mas, a dica principal para manter as formigas longe é manter a casa sempre limpa e se houver acidentes e restos de alimentos caírem no chão, coisas que em casa com crianças acontece demais, deve-se limpar imediatamente. Não deixe pra depois!




Como evitar a dengue


O verão está chegando a chance de termos no nosso país uma nova epidemia de dengue, existe. Por isso, não somente no verão, mas durante todo o ano temos que tomar algumas medidas simples, para evitar a proliferação do mosquito da dengue.


As dicas para acabar com a dengue que todos deveriam saber são: evitar deixar água parada em qualquer ambiente, seja externo ou interno, manter caixas d’água cobertas o tempo todo e fazer a manutenção e limpeza da mesma no tempo determinado, evitar deixar em áreas externas qualquer objeto que possa acumular água.
A dengue é uma doença que mata, por isso cabe a nós brasileiros fazermos a nossa parte para ao menos evitar a proliferação do mosquito.

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Como remover manchas de roupas brancas


Quem tem roupas brancas sabe o trabalho que dá mantê-las brancas. Então, abaixo vão algumas dicas para manter suas roupas brancas com cara de propaganda de sabão em pó.

Em primeiríssimo lugar: nunca - NUNCA - utilize cloro para branquear suas roupas. É incrível como muita gente acha que se trata roupas brancas na base do "manchou? tasca quiboa nela". O cloro pode amarelar a roupa além de estragar o tecido.


Manchas de frutas, molhos ou café
Sempre que percebo esse tipo de mancha nas minhas roupas eu uso o Vanish. É o método mais rápido e eficaz contra a maioria das manchas.

Limão
As roupas brancas costumam perder a brancura depois de um tempo de uso. Não chega a ser mancha ou encardido, elas simplesmente vão ficando acinzentadas ou com uma cor mais para o creme do que para o branco. Para manter a roupa com a cor branca, ferva a roupa branca em água com pedaços de limão. Fazendo isso periodicamente, as roupas brancas vão sempre ficar com um ar de novinhas.
Algumas pessoas trocam o suco de limão por vinagre de álcool.

Lingeries e peças delicadas
Se lingeries ou outras peças brancas delicadas apresentarem manchas amarelas, deixe-as de molho em solução de água e bicarbonato de sódio e depois lave a peça normalmente.

Mofo
Sal, vinagre e suco de limão. Parece tempero, mas é uma eficiente mistura contra manchas pretas de mofo e algumas outras manchas que aparecem em nossas roupas brancas. Faça uma pasta com os ingredientes citados acima, esfregue essa pasta na roupa e deixe ao sol por uma hora. Depois, lave normalmente.

Terríveis manchas amarelas (colarinho e axila)
Essas são manchas horríveis: parece que a roupa foi usada a semana inteira sem lavar ou que a pessoa que usou a peça estava suja. Argh!
Solução: pasta de vinagre de álcool branco e bicarbonato de sódio. Espalhe a pasta na área afetada e deixe agir por uma hora. Depois lave normalmente. Repita a operação, se necessário.
Outra opção é o Vanish Crystal White: fazer uma pasta com o Vanish e um pouco de água quente e pôr sobre as manchas. Deixar agir por uma hora e lavar.

Quarar a roupa
O que é isso? Bem, quarar a roupa nada mais é do que lavá-la com sabão de coco (sem enxaguar, deixando a peça toda espumada) e pôr a roupa para tomar sol o dia inteiro e tomar sereno por uma noite. Algumas pessoas colocam a roupa em um saco plástico para deixá-la na rua. A eficiência desse método deve residir no tempo em que o sabão fica agindo sobre as manchas.

Mancha de roupa colorida


Aquela sua blusa maravilhosa pegou uma mancha horrível de uma meia vermelha que você comprou no balaio? Pare de chorar, existe solução.
Coloque a roupa manchada na panela de pressão, cubra com água e ligue o fogo. Quando começar a chiar, desligue o fogo, tire o ar da panela e abra a tampa. A mancha terá sumido.

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Como desentupir a privada

A privada entupiu? Saiba aqui alguns métodos eficientes para desentupir o vaso sanitário.
 
Subir na privada
Como fazer
1) Abra a tampa da privada (só a tamba de cima, deixe o assento abaixado)
2) Cubra o assento com um saco de lixo e jornal velho ou apenas com uma grossa camada de jornal velho de forma a tampar totalmente o assento.
3) Feche a tampa e fique de pé sobre a privada de forma a vedar completamente a entrada de ar.
4) Aperte/puxe a descarga.

Quando você dá a descarga, parte do ar que está dentro da privada normalmente sai por cima. Como essa abertura estará vedada, o ar, juntamente com a água da descarga sairá pelo cano da privada, empurrando seja lá o que estiver trancando. A pressão exercida pelo ar e a água da privada é bem forte. Esse é um dos métodos mais eficientes e simples de se desentupir uma privada.

2. Água quente
O método número 2 é jogar água quente na privada até ela desentupir. Geralmente é eficiente, mas pode demorar a fazer efeito.

3. Desentupidor de privada
Não gosto muito desse método por exigir um pouco de força do operador e também porque até hoje não me empolguei de comprar esse trambolho (o desentupidor de privada).
Posicione o desentupidor de forma a vedar a saída da privada. Pressione e puxe. Aperte a descarga para verificar se deu certo. Repita a operação.

4. Soda cáustica
Bastante eficiente: jogue um pouco de soda cáustica na privada e pressione a descarga.

5. Coca-cola
Não é todo mundo que tem soda cáustica em casa, então a coca-cola resolve. Joque uma garrafa inteira na privada. Esse método também ajuda a prevenir a celulite. heheh

Tirar cola de adesivos ou etiquetas de vidro ou inox


Ontem fui no supermercado e comprei, por uma bagatela, uma linda panelinha de inox com tampa de vidro. Linda! Foi paixão à primeira vista. Quando cheguei em casa, tirei ela da caixa e vi que o fabricante havia colocado uma enorme fita adesiva para manter juntas a tampa e a panela. Tirei a fita com todo o cuidado, mas, para meu desespero, a fita saiu e a cola ficou. Lavei a panela com o lado macio da esponja e a cola continuou lá. Lembrei, então, da dica de uma amiga para tirar resíduo de cola daqueles copinhos decorados de requeijão: passar acetona.
Isso mesmo: embebi um algodão em acetona e passei na tampa e na lateral da panela. Sem esforço, sem esfregação: fácil, fácil. Depois é só lavar com água e sabão para tirar a acetona e pronto!